Diário de Casal - O melhor e o pior da vida a dois

24 outubro 2018 Comente! Postado por:

Histórias, Reflexões »

Chega um momento na vida em que você consegue olhar para trás e entender o motivo de ter vivido cada erro e acerto da sua vida. É quase que uma compreensão plena da sua vida, se você quiser ver dessa maneira. E pode ser que você não tenha feito esse exercício nos últimos tempos então hoje é o dia que você vai tirar alguns minutos para pensar em tudo o que passou.

Certa vez você ficou com alguém muito diferente de você. Durante essa relação, o esforço sempre foi enorme para conciliar a paixão que você sentia com a falta de entendimento entre vocês dois. Era preciso muita força para continuar juntos e em algum momento tudo parou de fazer sentido, embora o sentimento ainda existisse. Você consegue lembrar quem foi a pessoa com quem você dividiu uma história assim?

Em outro momento, deve ter existido alguém que te fez se apaixonar de uma forma completamente incrível. Para a sua sorte, a recíproca era verdadeira e vocês dois estavam unidos de uma forma única. Mas pode ser que a distância física entre vocês fosse a maior barreira e isso acabou fazendo com que ambos seguissem em frente, tendo ou não experiências traumáticas no decorrer do período. Parece familiar?

E, é claro, não podemos esquecer do nosso relacionamento mais recente. Ele acabou a essa altura mas parece que de alguma forma você não está tão mal assim. Você conseguiu ter maturidade para enxergar que não teria futuro por N motivos e ao ver as coisas indo de mal a pior você simplesmente preferiu não lutar. Existe uma chance enorme de você ter passado a impressão de que não se importava mais sendo que na verdade você só sabia lá no fundo que ainda não era a pessoa certa. Faz sentido?


O universo trabalha de uma forma que resolve todos os dilemas em algum momento da série!

Então, chegamos ao agora. Você pode ter certeza ou sequer imaginar isso mas esse é o momento em que você está preparado para dar um passo adiante. É chegada a hora de o universo trazer da forma mais icônica possível alguém novo para a sua vida. E você vai saber disso porque a ligação vai ser imediata, o assunto vai fluir de uma forma incrível e você vai sentir saudades poucos minutos depois de conhecer essa pessoa de uma forma totalmente aleatória. E a chance de a pessoa estar na mesma sintonia é grande, uma vez que se trata de alguém que se preparou e viveu muita coisa para estar pronta para você. E mesmo que você duvide disso, em pouco tempo vai ser capaz de olhar pra trás e perceber que isso realmente está acontecendo. É a pessoa que você sempre quis que chegou e também está pronta para você.

Não desista, não desanime. Perceba que cada uma das fases te levou a seguinte com mais maturidade, mais compreensão. Cada passo dado nessa vida te ensinou uma lição e eventualmente vai chegar a hora em que você vai dar o seu passo mais importante, ao lado de quem realmente ficará ao seu lado. Até lá, aprenda o máximo que puder, viva da maneira mais intensa e seja feliz quando puder, não deixando de lado a importância dos momentos tristes. Quando esse dia chegar, volte aqui e me diga que eu estava certo em tudo. Combinado?

Comente!      Postado por Rafael R
30 janeiro 2018 Comente! Postado por:

Presentes, Surpresa »

Hoje eu vou compartilhar por aqui uma lição que levei mais de 30 anos para entender sobre mulheres e flores. Você, com sorte, não vai precisar de tanto tempo para perceber que flores podem e devem ser suas aliadas na hora de presentar alguém. E já adianto aqui: ela pode até dizer que não gosta de ganhar flores mas… não é bem assim. E eu vou deixar tudo claro aqui.

Quando dar flores para alguém

Não existe um momento certo. Nesse caso, você vai precisar usar a sua sensibilidade e perceber o melhor momento. Pode ser por apenas lembrar dela enquanto passava em uma floricultura? Sim. Pode ser no aniversário dela? Sim, mas que não seja o único presente. Pode ser sem motivo algum? Sim, é um gesto carinhoso e não precisa de um “motivo” especial para que você o faça.

Flores: Margaridas
Rosas são legais mas… margaridas também são!

Como dar flores para alguém

Primeiro e indispensável ponto: precisa ser surpresa. Avisar que vai dar flores é quase como invalidar a sua intenção com isso. Você pode tanto mandar entregar num determinado horário quanto entregar pessoalmente. E, com certeza, você deve escrever um cartão. Não precisa ser longo, não precisa ser romântico, não precisa de poemas… basta algumas palavras suas e pronto.

Ah, mas ela disse que não gosta de flores…

Consultando amigas e leitoras antigas do blog eu constatei uma coisa curiosa: uma parte delas diz não gostar PORÉM se sentem felizes e especiais quando recebem. Nesse caso, o discurso delas de dizer que não apreciam cai por suas próprias palavras. O problema aqui é nosso: quando elas dizem que não gostam, podem usar como justificativa que flores “Não servem de nada” e preferem presentes úteis e práticos. E é aqui que está a pegadinha: nós entendemos isso de forma literal e passamos a desconsiderar dar flores nesses casos.

Amigos, entendam uma coisa: um ato carinhoso nunca vai ser mal visto. Lembrar dela e comprar é algo simbólico e que representa o amor que você tem pela pessoa. Ninguém em sã consciência iria ser contra isso. Pode caprichar quando for escolher o próximo buquê e depois volte aqui para me falar que eu estou certo.

Não force situações ou use como apelo

Usar flores como pedido de desculpas já está batido. Usar para forçar situações, idem. Lembre que a delicadeza desse presente deve ser utilizada em momentos leves, de carinho. Se você pisou na bola e está procurando se desculpar pense em outras formas. Talvez assim ela passe a valorizar ainda mais esse gesto. Se você quer realmente mostrar que está se sentindo mal por algo procure resolver de outra forma. Flores não são muletas para isso.

Precisa, necessariamente, ser surpresa

Já falei da importância da surpresa mas repito: é fundamental que seja em um momento onde ela não espera. Não faça disso um ato constante, não use as flores como um complemento das suas vidas. Por mais que elas digam que não, elas vão apreciar isso se for feito de forma moderada. Não tenha mesmo, mesmo.

Aliás, fica a indagação aqui para as mulheres: você realmente não gosta de receber flores? E se não, você não ficaria surpresa e feliz se alguém te desse flores sem motivo especial? Eu não duvido que nem todas que dizem não gostar realmente não gostem e não ficariam felizes com isso. Mas se lá no fundo você já disse em algum momento que não gosta mas se sentiria bem recebendo pense bem. Os homens são bem literais em alguns momentos e você pode ter levado ele a esse erro.

Quer enviar a sua história para o Diário de Casal? Entre em contato conosco e saiba como participar!

Comente!      Postado por Rafael R
29 janeiro 2018 Comente! Postado por:

Coisas dele, Reflexões »

O futebol com os amigos dele, o cinema com as amigas dela… É comum e até recomendável que as pessoas tenham um momento de individualidade enquanto estão dentro de um relacionamento. É saudável, faz bem e não existem muitas razões para que isso não aconteça. Mas também é uma verdade que alguns casais procurem atividades em comum para os momentos de folga. Aquela vontade de compartilhar de uma paixão por algo diferente e fora da rotina pode ser muito saudável para a relação. E cada dia temos mais opções para aprender algo novo e dedicar uma pequena parte das nossas vidas para um hobbie novo e divertido. Que tal descobrir o poker?

O poker se encaixa perfeitamente dentro dessa definição. E antes que você pense nisso, deixe-me te guiar por um cenário: Ao invés de fazer uma jogatina com os amigos, com cerveja e um fazendo piada com o outro, você pode – e deve – pensar numa outra hipótese. Por que não aprender o poker e jogar junto com seu par, online e no conforto do seu lar, para aproveitar aquele domingo de preguiça e frio dentro de casa? Além de ser possível e divertido, ainda pode render uma graninha se vocês se empenharem em aprender mais sobre esse esporte da mente e podem aprender diversas coisas, como lidar com a pressão, aprender a tomar boas decisões e ouvir antes de tomar uma atitude.

Claro, nada impede que vocês convidem casais e amigos para uma noite de diversão. O poker é um jogo divertido, brincar com os amigos é sempre bom e vocês podem variar a casa onde tudo acontece. E a melhor parte é que não precisa ser um jogo caro, com 10 Reais de cada (ou menos!) dá pra fazer um jogo onde as pessoas levem minimamente a sério a disputa.

Maria Lampropoulos
Maria Lampropoulos e Ivan Luca ganharam 200 mil Euros em um torneio recentemente

Tome como exemplo esse casal: recentemente, ela ganhou 1 milhão de dólares jogando poker. Mas em um torneio na Europa, eles ficaram com a primeira (ele) e segunda (ela) colocação, ganhando 200 mil Euros no total. É um casal de jogadores profissionais que roda o circuito mundial mas ainda assim é uma grande inspiração para quem quer se inspirar em algo. Talvez o que recomendo aqui não seja algo desse nível mas com certeza o céu é o limite quando você descobre ter habilidades que não imaginava possuir. E, bom… quem não gosta de ganhar dinheiro enquanto se diverte?

E você, já joga poker?

Como podem ver, as vantagens são inúmeras. Vocês podem permanecer conectados por uma nova e divertida rotina, podem ganhar algum dinheiro dessa forma e no mínimo darão boas risadas no processo. E como não pode deixar de ser, vocês ainda podem assistir filmes, documentários e séries onde o poker é uma parte importante da trama. As opções são enormes. E sabemos que na correria do dia a dia nem sempre conseguimos pensar em novidades que possam unir ambos em busca de alguma coisa que os una mais. Que tal aprender a jogar poker hoje mesmo?

Comente!      Postado por Rafael R
24 janeiro 2018 1 Comentário Postado por:

Amigos, Amor, Coisas dela, Coisas dele, Relacionamento »

Quantas vezes você encontra posts no Instagram e Facebook de alguma amiga dizendo “Noite das Meninas” e, por outro lado, os homens: “Noite dos Meninos“?

Esse termo da-se às saídas só entre amigas (mulheres) e entre amigos (homens). Algo que faz bem para qualquer relacionamento, seja um caso, um romance, namoro ou casamento. Veja porque é importante para uma relação ter uma noite das meninas e noite dos meninos.

Ter um relacionamento não é você dar as costas para tudo o que você construiu ao longo da sua vida: sua família, seus amigos, seus colegas de trabalho e há momentos na vida em que precisamos da liberdade de sair pra passear, pra tomar uma cerveja, pra ir no cinema com quem você bem entender.

Claro que há limites; há respeito nessa relação. Não é porque você está livre que pode abusar e sair para paquerar por aí. Se não há respeito, não há relacionamento e então é melhor parar por aqui.

Noite das Meninas

Como é a noite das meninas?

A noite das meninas é quase igual a dos meninos. Geralmente se reúnem na casa de uma delas, em um restaurante, barzinho após o horário do trabalho. A fofoca rola solta! É hora de botar os assuntos em dia, falar de filmes, novelas, ex-namorados e comentar de homens bonitos. Sim! Mulher também fala de outros homens e isso não é pecado algum. Muito menos traição.

As mulheres tendem a se soltar mais para falar de determinados assuntos envolvendo sexo do que até com seu próprio parceiro. Portanto, não se assuste se sua parceira não se abre muito com você. Treine isso e vá ganhando a mesma confiança que as amigas dela ganharam com ela.

Ah, e se ela chegar bêbada em casa, não assuste. Não brigue com ela e trate como qualquer dia normal. Se precisar, cuide dela para levar ao banheiro vomitar e dê um banho antes de dormir. Nós homens também damos vexame em casa e gostamos quando somos tratados assim. Direitos iguais, sempre! :)

Noite dos meninos

Como é a noite dos meninos?

Como já disse, é quase igual a das meninas, com assuntos um pouco diferentes. Fala-se muito de futebol, trabalho, mulheres que passam pelas ruas, viagens, etc. Histórias passadas sempre são contadas dezenas de vezes e mesmo assim todo mundo ri da mesma piada. Porém, nós homens somos mais reservados em contar sobre nosso atual relacionamento para amigos. Isso só acontece, às vezes, com o melhor amigo. Sempre bebemos muito. Muito! Mesmo que no outro dia a gente tenha que levantar às 6 da manhã e enfrentar um dia de trabalho, com ressaca. Estar com os amigos “das antigas” é muito bom e a “noite dos meninos” sempre é muito divertida.

E se no relacionamento não houver a liberdade de saírem sozinhos?

Se você acha que no seu relacionamento vocês “não precisam” de momentos sozinhos com os amigos… que do jeito que está, “tá bom”, prepare-se para uma futura crise. Ninguém nasceu grudado um com o outro e quando aceitaram um ao outro como casal, foi para somarem aquilo que já tinham construído sozinhos. Namoro ou casamento é a soma de qualidades, defeitos, personalidades e de duas pessoas que vieram com uma história. Essa história não pode ser interrompida. Não deixe com que seus amigos se afastem de você, por conta de sua falta de tempo para eles. Assim como você terá que arrumar tempo para sua família, seus amigos também contam com seu tempo para eles. É saudável pra você e para seu namoro/casamento.

Se você é casada, o ideal é que a noite das meninas e a noite dos meninos sejam no mesmo dia. Agora, se você namora e mora com os pais, não faz tanta diferença, se a saída for durante a semana. Só não vai marcar no final de semana e “perder um dia” ficando longe de quem você ama. ;P

E com o seu relacionamento, como é essa história de noite das meninas e noite dos meninos?
Deixe seu comentário abaixo!

1 Comentário      Postado por Diego Fávero
22 janeiro 2018 Comente! Postado por:

Reflexões, Relacionamento »

Você sabe o que é namorar? O conceito de namoro ganhou várias conotações e diferenças com o passar dos tempos e em 2018 ele pode significar várias formas de relacionamento distintas. Desde as mais conservadoras, onde um homem e uma mulher se relacionam de forma monogâmica enquanto esperam o momento para se casar e constituir uma família até as menos ortodoxas, onde 3 ou mais pessoas estão unidas em um relacionamento com regras próprias e ares de liberdade.

Não é incomum encontrar pessoas que cedem, pessoas que exigem e diversos tipos de acordos diferentes entre as pessoas, que buscam com isso fazer seus relacionamentos darem certo. Existe toda uma variedade de motivos que levam a imposição de regras, desde as mais bizarras como proibir ou dificultar que o parceiro tenha uma vida própria e seus próprios momentos fora da relação até as que dizem que é ok sair com outras pessoas, desde que seja devidamente comunicado e aprovado pelo parceiro.

Você já sentiu estar em algum lugar ou situação onde não encontra aquilo que procura ou necessita? Então reflita bem sobre isso. Você é realmente feliz sabendo que seu par não te permite encontrar e sair com seus próprios amigos? Você se sente bem sabendo que seu par tem um encontro com alguém enquanto você fica em um outro lugar? Vale a pena para você ficar com alguém sem saber no que vai dar, continuando e vivendo um dia de cada vez? São questões que surgem em nossas mentes e vale a pena ter a calma de analisar tudo para saber o que você realmente quer para a sua vida.

casal conversando
Antes de ficar com alguém, descubra o que você realmente quer para sua vida…

Em nosso blog recebemos diversos emails nos últimos anos. Muitas dúvidas que as pessoas enviam já possuem a resposta no próprio relato da pessoa, que lista um problema que tem e o que sente em relação a ele. Seja um namoro onde um dos dois vai viajar para trabalhar/estudar, um problema com alguma amizade de uma das partes ou até o fato de que o par está saindo com alguém que a pessoa não gosta muito, a maioria dos casos encontra a resposta no que a pessoa quer para si. Os relatos onde as coisas dão certo também estão cheios de vontades de cada um em relação ao seus namoros e é exatamente assim que todos deveriam agir quando sabem o que querem.

No final, vale uma única coisa: se te faz feliz, continue. Do contrário, reveja o que você realmente quer e sente e busque algo nesse sentido. Nem sempre temos coragem para seguir em frente mas posso garantir que ficar infeliz em uma situação não deveria ser uma opção para ninguém nesse mundo. Enquanto continuamos evoluindo como pessoas, temos que nos cercar de gente que nos faça sentir bem e feliz. Todo o resto é perda de tempo.

O que é um namoro para você? Entre em contato conosco e deixe a sua opinião.

Related Posts with Thumbnails
Comente!      Postado por Rafael R