9 abril 2012 2 Comentários Postado por:

Coisas dela, Relacionamento »

Por: Gabriela Coiradas

Quando você tem um relacionamento duradouro, é natural que a família dele vire a sua família também, que haja aquele comportamento típico da vovó te tratar como se fosse noiva do netinho, que te chamem pra madrinha de casamento, pra almoços… e que os pais (com certeza mais o pai que a mãe) te adotem como filha.

Isso tudo é muito legal, muito bonito… Até que você termine o relacionamento.

Em um estalar de dedos, toda a família esquece tudo de bom que você fez e passou com o querido filho e te transforma em uma bruxa.

Eu sempre tive essa natureza superindependente, decidida. Então, quando eu percebi que daquele mato não saía mais nem sequer um tatu-bola, quanto mais um cachorro, e resolvi sair de casa (sim, quando se mora junto com o namorado, todos os sentimentos que já disse ali em cima são duplicados, afinal, você está “abandonando” seu “marido”), eu me tornei a pior pessoa do mundo, por mais que o ex em questão não tivesse nem um pouquinho de raiva. E não se iluda que o ex vai te defender, isso é bem pouco provável, o máximo que se consegue nessa situação é o silêncio.

reunião de família
Na foto, uma família comum. Na prática, guerreiros contra VOCÊ!

O que fazer quando você percebe que a família começou a operação “maldita ex”?

1. Foco na tua decisão e porque você a tomou. Se você entrar na “pira” da família, pode ser que comece a nutrir sentimento de culpa que não há razão alguma pra existir. Vocês dois sabem porque acabou e, evidente, a família sempre vai achar que o ex é a vítima.

2. Por mais que seja chato no começo, não force contato. Evite ligações, e-mails e redes sociais. Se alguém fizer algum contato primeiro, corresponda, mas sem achar que eles vão ser seus melhores amigos.

3. Não procure saber por terceiros se estão falando mal de você, isso causa dor, decepções e mágoas que não são necessárias na sua vida pós-término.

4. Sempre deixe claro que o término é DE VOCÊS e da conta de vocês, que sabem o que aconteceu e porque aconteceu.

Com sorte, a tormenta passa e todos sobrevivem. E com mais sorte ainda, você consegue ter um relacionamento saudável com todos, com o ex-namorado, com o ex-namorado e com a ex-família.

2 Comentários      Postado por Ele / Ela
8 abril 2012 2 Comentários Postado por:

Coisas dele, Relacionamento »

Existem exceções e para esses eu já aviso: Esse texto não cabe a todos. Mas se você é um cara bacana, que tem alguns amigos e principalmente amigas e para de falar com eles por estar namorando, fica a dica. Não seja babaca. E vou explicar o porque disso.

Eu tenho um pensamento simples sobre namoros: Eles servem para somar coisas boas a sua vida, não excluir ou tirar de você coisas que você gosta. E é por isso que eu jamais vou concordar com o fato de que uma namorada acha que pode mandar em você, nas suas amizades ou com quem você conversa. Claro que estamos falando de coisas saudáveis, amizades simples e que não tenha segundas intenções. Mas eu acho bizarro alguém achar que pode ou deve MANDAR em você. Não é pra isso que um namoro existe.

amigos-casal
Existe um jeito de ficar em paz com todos, não frustre seus amigos!

Resumindo, funciona assim: Se a sua namorada MANDAR você parar de falar com alguém, você tem duas possibilidades. Uma delas é seguir a vontade dela e ser um completo babaca, por estar se afastando de seus amigos e amigas por causa dela e de teorias de achismo puro, que só existem na cabeça dela. E a outra é não parar de falar com as pessoas, desde que claro essas amizades não atrapalhem o seu relacionamento. Veja bem, não estou falando de você ter free pass para ficar de conversa mole com a mulherada, estou falando sobre amigas. Todos têm amigos e isso não deve ser um problema pra ninguém.

Existem exceções, como eu disse. As vezes a sua namorada cisma de graça com alguma amiga e isso não é motivo para parar de falar com ela. E você, que é um cara do bem e não pretende trair sua namorada, não deve cair nessa. É tudo uma questão de confiança, portanto. Ou você – e ela, claro – confiam um no outro ou começa a parte triste do namoro onde um manda no outro, proíbe de falar com alguém, dá chilique quando você sai com alguém e por aí vai. Repito, não caiam nessa. E se você é desses que ainda dá motivos para sua namorada reclamar, aí o problema é com você e eu sou obrigado a concordar com ela. Evite-as.

Seja um bom namorado, tenha suas amizades e conviva na paz com seu par. É simples, não dá o direito de nenhum dos dois “mandar” no outro e todos ficarão felizes, inclusive seus amigos e amigas. Essa é a dica que deixo hoje pra vocês.

2 Comentários      Postado por Rafael R
3 abril 2012 10 Comentários Postado por:

Coisas dele, Relacionamento »

Por: Rafael Fagundes

Amor não seria apenas o fato de que ele exista apenas em momentos bons, pessoas esquecem do amor em momentos ruins, momentos de dificuldade. Esta falta de habilidade entre duas pessoas é que fazem com que o amor não siga em todo o momento da vida.

Porque brigar com a pessoa que você gosta ao invés de ajudar? Ensinar! É isso que devemos fazer, não critique, faça com que aquela pessoa possa ser melhor do que ela possa ser. Então você deve se perguntar, mas o que ganhamos com isso?

Um dia essa pessoa que você ajuda vai fazer o mesmo por você! Esse é o ponto!

Escutei uma vez que um dos motivos que fazem com que o relacionamento sofra um desgaste grande é o dinheiro. Mas pense bem, para mostrar que ama alguém, você não vai precisar do dinheiro, garanto isso a você. Vejo casais ficarem felizes com um simples beijo na bochecha.

casalfeliz

Mulheres falam que homens não prestam, homens falam o mesmo das mulheres, mas isso que acontece é idenpendente do sexo, isso que acontece se chama respeito e isso vai além de qualquer sexo. Cada um tem que cuidar do coração do outro.

Faça uma loucura por essa pessoa, talvez você não saiba o quanto é bom fazer isso, apesar de que no começo dá aquele frio na barriga, mas depois vem o sorriso gratificante da outra pessoa.

Então a base do relacionamento é ajudar! Isso faz bem, em qualquer momento, desde quando a pessoa que você ame deixe cair um papel no chão e você fazer a gentileza de juntar, até ficar abraçadinho com ela na cama quando ela estiver com uma dorzinha de cabeça!

Fale que você a ama, mas antes de tudo demonstre primeiro. Isso é mais importante.

Quer participar do Diário de Casal e dividir a sua opinião com o mundo inteiro? Saiba como participar e não fique de fora!

10 Comentários      Postado por Ele / Ela
2 abril 2012 1 Comentário Postado por:

Coisas dela, Histórias »

Por: Jéssica Paula

Hoje venho aqui agradecer uma pessoa maravilhosa que entrou em minha vida a quase dois anos e me faz muito feliz e que me fez acreditar em amor verdadeiro! Me lembro como tudo começou, foi de uma maneira estranha. Nos conhecemos pela internet, através de uma amiga que ele estava meio “enrolado”, no entanto me apaixonei a primeira visita, uma coisa sem explicação e que eu nunca havia sentido antes, um tempo depois esta amiga estava namorando ao perceber, pensei em dexá-los em paz, mas descobri que não era com ele.

Foi então que descobri que era reciproco o interesse que tinha em conhecê-lo, marcamos e de uma forma inusitada nos conhecemos, ele me chamou para assistirmos o ultimo jogo do Brasil na copa de 2010, o Brasil perdeu para Holanda e eu ganhei um presente, meu amor!

Vivemos em uma época diferente, onde acreditamos em um amor único e que não permite traições ou mentiras e que vai ser para sempre e resistira ao tempo!

Minha vida mudou completamente, me sinto amada e protegida. De começo brigamos um pouco, tinha muito medo de perdê-lo – ainda tenho mas aprendi a confiar mais nele – e ele por ser mais novo saia um pouco, o que me chateava. Tinha medo de perdê-lo, sempre fui muito insegura! Ainda havia outros motivos, meninas davam em cima dele e ele achava que não pois não entendia que o que elas queriam. Não era só amizade. Terminamos uma vez por isso e naquele dia meu mundo virou de ponta cabeça, percebi que apesar do pouco tempo que tinhamos ele já tinha um lugar que era só dele em minha vida e o tornava insubstituível e sem ele já não dava mais.

Mas passamos por muita coisa juntos, já choramos, rimos, andamos na chuva, brincamos, “histórias,nossas histórias”, tudo junto o que fortalece cada vez mais nosso amor. De lá para cá muita coisa aconteceu, muita gente não acreditou que fosse dar certo, muitas histórias tentaram nos separar, mas como ele mesmo fala “nosso amor é mais forte e supera TUDO!”. Sabe, hoje percebo que apesar da diferença de idade que temos ele me faz sentir a mulher mais amada e desejada do mundo!

casal-guarda-chuva

Ás vezes sou meio ciumenta sim, mas aqueles olhos azuis e aquele amor que único é só meu e de mais ninguém, não suporto nem pensar em dividir ou perde-lo. A pouco tempo quase o perdi de novo, por bobeira, briguinhas e alguas outras coisas que o motivaram a terminar nosso namoro, pensei e resolvi não insistir ,não ir atras, o que geralmente eu fazia, mas achei melhor deixar ele pensar e perceber se realmente me amava, machucou. Foram longos e interminaveis 6 dias que me machucaram muito e mais uma vez nosso amor venceu e ele percebeu que realmente me ama, agora nosso amor esta tatuado em nós para sempre!

Hoje meu maior desejo é nos casarmos, conto os minutos mesmo sem saber quando, pois ele com 18 anos(eu com 21), planeja uma faculdade, um carro e dai sim nosso casamento, mas é algo tão mágico e especial e mesmo sabendo que não é possível agora vivo nesse mundo de sonho, isso me deixa chateada ás vezes, pois queria que fosse agora porque já não consigo ficar longe dele, o que me consome é a saudade, mas entendo!

Estamos para completar 2 anos daqui a três meses e a cada novo dia renasce em mim um sentimento que só aumenta! Queria gritar para o mundo todo ouvir o quanto sou feliz ao lado dele, mas dizer que o amo todos o dias é dizer ao meu mundo o quanto ele é especial em minha vida. Porque tenho certeza que ele é o Homem da Minha Vida!

Nossa história é única e especial e pretendemos envelhecer juntos,vendo nossos filhos e netos crescer! Só quero ele saiba que: o amo de verdade e que sou muito feliz com ele e para sempre!
C e J

1 Comentário      Postado por Ele / Ela
29 março 2012 6 Comentários Postado por:

Amor, Coisas dela »

Por: Anônima*

Olá, tenho 23 Anos estou há 2 anos com meu atual noivo de 26 anos.

Conheci meu namorado no carnaval de 2010 e logo nos apaixonamos, começamos a namorar e no início eu não tinha exatamente certeza se gostava dele ou não, se o amava mesmo ou não.. mais com o passar do tempo fui me apaixonando cada dia mais, depois que completamos um ano de namoro o namoro começou a ficar desgastado, começou a ficar estranho, sempre me dediquei ao Maximo e nunca tive o mesmo em troca, fui traído e acabei descobrindo, depois disso nunca mais foi igual antes, sempre brigamos, sempre tem desconfiança é um verdadeiro inferno.
Quando estamos separados (normalmente durante a semana pois trabalhamos e estudamos) ele não me liga, liga no Maximo para falar que vai a tal lugar com não sei quem, ou pra dar bom dia ou boa noite, não temos muito dialogo por telefone, ele mal responde minhas msg, nunca consegue vim me visitar durante a semana, mesmo que seja rapidinho depois do trabalho já que ele tem carro e chega em casa em 20 minutos, quando conversamos no MSN ele demora pra responder, sempre inventa alguma desculpa. Já peguei ele de papo com outras pessoas no Inbox do face, por e-mail… convesas que não são exatamente traições, pois não chega a marca nada, acho que é mais aquele jogo de conquista, coisa que todo homem parece que tem a necessidade de fazer, talvez eu esteja com alguma paranóia por ele já ter me traído, mais não sei, fico desconfiada

Em fim, AMO muito, disso eu não tenho duvidas, sei que eu preciso confiar mais no que ele fala, mais o que me falta de verdade, até para tentar confiar mais no que ele me fala, é carinho, atenção.. isso me faz muita falta, ele é meio seco, meio estranho, no começo do namoro não era assim.. nos viamos todos os dias, nos falávamos toda hora, ficávamos horas e horas no telefone conversando e nunca faltava assunto, sinto falta disso

Quando passamos o final de semana juntos é maravilhoso, super carinhoso, atencioso, faz tudo para me agradar, mais quando estamos longe é um parto p/ conseguir falar com ele, para conversar. uma vez fiquei de passar na saída do trabalho dele para nos encontrar, ele falo que tudo bem, mais eu demoro uma hora e meia para chegar lá de ônibus, e ele chega em casa em apenas 20 minutos de carro, então acabei ligando pra ele e falando pra ele passar em casa, que era mais fácil, ai ele falo que já que eu não ia p/ lá, que era melhor agent se ve outro dia que ele ia aproveitar para ir na academia.

Não sei mais o que fazer, estou pensando seriamente em desistir de tudo pois conversar não adianta, já conversei, já expliquei e nada funciona, ele é cabeça dura, acha que ele já faz o bastante mais mesmo assim fala que vai melhorar mais essa melhora dura um mes, depois volta tudo ao normal.

Não sei se ainda continuo tentando, se deixo de lado toda essa minha necessidade de receber carinho, receber atenção, de sentir que tem alguém que me ama o tempo todo e não só quando estamos juntos, ou se jogo tudo pro alto e corro o risco de me arrepender e depois não ter volta.

Já tentei terminar varias vezes, mais ele sempre fala que não, que me ama, que não vive sem mim, já me pediu em casamento. mais depois disso não falo mais nada.. nunca mais toco no assunto… me chama de noivinha mais não sai disso.. tenho medo dele não me amar de verdade, só estar acomodado com nosso namoro e com isso acabar ele mesmo confundindo os sentimentos.

Quer participar do Diário de Casal e compartilhar a sua história com o mundo inteiro? Saiba como participar e não deixe para depois!

Related Posts with Thumbnails
6 Comentários      Postado por Ele / Ela