14 outubro 2011 4 Comentários Postado por:

Coisas dela, Histórias »

Por: H.a.H

Bom, estou estou aqui para contar minha história de amor. Sei que muitas de voces vao se identificar com muitas das coisas que escreverei aqui.

Um belo dia, uma amiga do Rio Grande do Sul me apresentou um gaúcho, após conversarmos vimos que ambos tivemos muitos desencontros na vida amorosa. Começamos a conversar e aí começou uma grande amizade. Começamos a nos conhecer, a falar de nossas desilusões (rs) e nos identificamos em muitas coisas, inclusive em nossa religião – ambos somos evangélicos. Tínhamos uma amizade especial, pois até então não tínhamos coragem de firmar nada, apesar de sabermos que ambos eramos pessoas especiais. Era medo de se envolver e sofrer novamente, era medo da distancia, medo do desconhecido… Enfim, muitos medos circundavam nossas cabeças.

Fomos levando essa amizade, mas sempre mantendo contato seja por MSN, e-mail, orkut…. O coração já estava batendo mais forte, porém nao queríamos apostar nesse AMOR Á DISTANCIA. Nos conhecemos no final de 2008, porém não deixamos de conhecer pessoas interessantes em nossas cidades, pois não tinhamos um compromisso até entao… Eu namorei meninos aqui no Rj ,ele namorou meninas no Sul… e nesses momentos sempre acabavamos nos afastando um pouco. Porém, sentíamos falta de falar um com o outro. Acabavamos nos frustrando novamente e sempre discutíamos esses relacionamentos frustrados, um sempre apoiando o outro em tudo.

Até que no começo de 2010, resolvemos esperar um pelo outro e nos dar a chance de ser feliz!

Deixamos os medos de lado e entao marquei minha viagem pro Sul, para outubro de 2010. Ficamos nesse tempo so orando e pedindo pra que Deus preparasse esse momento. Seria um momento difícil pois nesse tempo não poderíamos ter nenhum tipo de envolvimento com ninguém…. Pois ali se iniciava nosso compromisso diante de Deus!

E assim foi, em outubro eu entao fui conhecer Porto Alegre, deixei todos os meus medos de lado e posso dizer que foi tudo muito maravilhoso! O momento que nos encontramos no aeroporto… o momento que nos abraçamos e nos beijamos pela primeira vez…. Claro que ficamos com vergonha, sem saber se dava um beijão daqueles ou um selinho… rsss porém tudo deu certo!

Ali começou nossa história de amor. Apesar de eu morar no Rj e ele no Sul, eu sempre ia pra la vê-lo pois era mais fácil pra eu ir do que ele vir.

Em novembro ele tirou férias e ele veio conhecer minha família, todos aprovaram nosso relacionamento… graças a Deus! Eu ainda estava meio receosa pois nunca namorei a distancia, fiquei me perguntando como seria o depois, fiquei com a cabeça cheia de questionamentos, mas eu sabia que Deus iria cuidar de nós no tempo que estivessemos distantes.

Telefone com coração

No final de dezembro eu fui novamente pro Sul, passei o ano novo com ele e minhas cunhadas, viajamos bastante…e foi muito bom! Mas o momento de despedida sempre foi muito doloroso, e posso dizer que é muito difiicl conter as lágrimas… mas o que sempre me ajuda nesses momentos é saber que logo nos veremos novamente, ainda que um ou dois meses depois mas nos veremos novamente. Pensar assim sempre faz das despedidas menos dolorosas!

Temos aprendido muito com nosso namoro a distancia pois apesar de nossa distância física temos problemas da mesma forma e muitas vezes até maiores, pois a carência e saudade acaba fazendo que muitas vezes a gente procure motivos pra brigas, motivos que muitas vezes nem existem….

Descobrimos que quando estamos longe as brigas se potencializam porque na internet tudo se torna maior, há uma dificuldade de entendimento. As vezes você fala algo e o outro entende outra coisa diferente do que você quis dizer… Não existe o olho no olho. Tudo é mais dificil, não existe o pedir perdão cara a cara, não existe o abraçar, o beijar em momentos que você precisa e por aí vai. Mas com tudo isso temos crescido bastante e temos aprendido a não deixar que problemas tão pequenos causem tanto problema entre nós, aprendemos a não deixar que essas coisas façam estrago em nossa relação.

Temos certeza do nosso amor, que antes de ter nascido entre nós nasceu no coração de Deus. Então estamos certos de que ainda que haja briguinhas, discussões, não serão capazes de apagar o amor que temos um pelo outro. Creio que o namoro é tempo de aprender, de crescer, de se conhecer, de melhorar aquilo que não está bom, pra num futuro isso não atrapalhar uma futura união e é isso que temos buscado fazer!

Deixo aqui para todos aqueles que também namoram a distância QUANDO O AMOR É VERDADEIRO, NADA NEM NINGUÉM DESTROI ISSO! Hoje pode estar sendo difícil pra você aguentar, mas lembre-se que logo vocês estarão juntos pra sempre! É isso que me da coragem e perseverança de continuar, pois eu sei que o MELHOR ESTÁ POR VIR!!!!

Ano que vem se Deus permitir estamos selando nosso compromisso….valeu a pena passar todas as lutas e dificuldades…pois em breve teremos a VITÓRIA!!!! Um grande abraço a todos os leitores. Fiquem com Deus.

Quer fazer parte do Diário de Casal e dividir a sua história com o mundo inteiro? Saiba como participar e não deixe para depois.

4 Comentários      Postado por Ele / Ela
13 outubro 2011 3 Comentários Postado por:

Coisas dela, Histórias »

Por: Aczia

Estava eu assistindo pela milésima vez o filme ‘Um Amor Para Recordar’ e comecei a pensar no meu amor para recordar. Acredito que todos nós temos um amor do qual nunca vamos esquecer, aquele que por qualquer motivo nos marca para sempre, é diferente de todos os outros. Se você que está lendo esse texto no momento ainda não encontrou o seu amor para recordar saiba que você com certeza irá encontrá-lo.

Nem sempre este é aquele amor da vida toda, a pessoa com quem você ira casar, ter filhos e viver seu ‘conto de fadas’, pode ser aquele tipo de amor que se conheceram de repente, se apaixonaram e viveram algo intensamente, mas que não passou de um mês, seu amor inesquecível pode ser assim…

O meu foi algo assim: nos conhecemos pela internet, ele morava numa cidade à 2 horas da minha, conversamos algum tempo, os sentimentos começaram a mudar e ele me pediu em namoro. Namoramos por 1 mês somente via MSN e celular, depois disso a gente curtiu uns dias juntos e foi lindo, ele voltou para a cidade dele com a promessa de que em 22 de janeiro de 2010 ele iria vir até minha cidade e iria se apresentar e oficializar tudo.

Amor para recordar
Agora era só esperar…

Eu iria esperar claro, isso era dezembro de 2009, ele me avisou que estava indo para Santa Catarina com a família passar uns dias e quando voltasse nos veríamos, fiquei feliz e preocupada com essa viagem, mas continuei esperando, nos falávamos por MSN e tal, até o dia 13 de janeiro, quando recebi uma mensagem toda séria da tia dele dizendo que precisava falar comigo, que era pra eu ligar pra ela ou mandar mensagem quando eu fosse para o MSN, que ela entraria somente pra me dizer algo. Quando recebi a mensagem já fiquei preocupada, retornei dizendo que entraria no MSN pois não poderia ligar pra ela naquele momento, conectei o MSN e fiquei esperando, ela entrou e então aquele dia ficou marcado pra sempre na minha vida.

O que ela tinha para me contar era que a família do meu namorado resolveu voltar mais cedo pra casa, e então saíram de Santa Catarina naquela madrugada, porem não chegaram ao destino pois bateram o carro. O acidente foi feio, todos tiveram alguma sequela, e meu namorado acabou falecendo. Foi o maior choque da minha vida, primeiro porque não conseguia acreditar que aquilo estava acontecendo, depois porque nem poderia me ‘despedir’ dele, pois o velório e enterro seriam em Santa Catarina, onde a maior parte da família dele mora, e eu não teria condições de ir pra lá imediatamente. Sofri por muito tempo, pensei em fazer muita bobagem, não conseguia me conformar com aquilo.

Mas os meses passaram, comecei a ver as coisas não mais com dor,mas sim com saudade, percebi que nada do que eu fizesse poderia mudar o que já havia acontecido. Hoje estou bem, encontrei alguém com quem posso contar sempre, que me ama e eu amo profundamente, nunca irei esquecer dessa pessoa que passou pela minha vida, foi algo intenso, bonito e acima de tudo recíproco, apesar de ter sido tirado de mim de forma dolorosa e trágica eu sinto que depois dele eu mudei, como se ele tivesse vindo parar na minha vida só pra me dizer que eu posso ser importante pra alguém, que eu não vou estar sozinha pra sempre nesse mundo, que alguém pode me amar!

Eu não sei e não questiono mais o motivo pelo qual ele foi embora assim de repente, mas eu sei que ele durou tempo suficiente pra me mudar e me fazer uma pessoa melhor, com mais esperanças.

Quer participar do Diário de Casal? Saiba como participar e não deixe para depois!

3 Comentários      Postado por Ele / Ela
10 outubro 2011 3 Comentários Postado por:

Coisas dela, Relacionamento »

Por: Janaina Santos


Para ler ouvindo U2 – I Still Haven’t Found What I’m Looking For | Aperte o play acima

Quando eu olho para trás às vezes eu vejo todas as memórias que desperdicei em momentos que não eram exatamente, assim, tão especiais. Fico tentando pescar nos arquivos dos meus ficheiros de memória o rosto do primeiro menino que beijei. Seu rosto está apagado, seu nome eu não lembro com exatidão. Sei que podia ter esperado e escolhido um momento melhor, uma pessoa que significasse mais. Mas eu era tão jovem…

Penso da mesma maneira do meu primeiro beijo, do primeiro passeio de mãos dadas, do primeiro “eu te amo” que disse quando amor não parecia aquilo que eu sentia pelos meus pais e irmãos, das primeiras lágrimas de saudade, da primeira transa, a primeira noite dormida de conchinha. Penso em todas essas memórias hoje e acho que desperdicei minhas primeiras coisas em dias como outros quaisquer com pessoas que não deveriam ser como outras quaisquer.

Hoje se eu voltasse no tempo eu guardaria meu primeiro beijo com as duas mãos, cadeados, cofres e travas eletrônicas. Essas pequenas coisas são tão especiais, mas é uma das coisas engraçadas da vida nos dar conta disso só quando o tempo passou e o creme anti-rugas já está batendo na porta. A vida tem um timing que só alguma força superior entende e que eu ainda sou muito jovem para compreender.

Se algum dia eu tiver filhos eu gostaria muito de ser capaz de transmitir a importância dessas coisas. Eu sei que quando me disseram eu não ouvi, mas eu gostaria muito de um dia ser capaz de transmitir isso aos filhos que terei de uma forma que eles escutem, diferente de quando eu era menina e achava que entendia tudo da vida. Eu não entendo nada ainda hoje.

Eu sei que de alguma forma todos os erros que cometi e todas as oportunidades que desperdicei nos momentos errados fazem de mim quem eu sou. E eu gosto muito de ser quem sou. Mas esses pequenos tropeços me dão aquele sentimento de uma nostalgia fora dos esquadros, de sentir que algumas memórias preenchem lacunas que não deveriam preencher, com sujeitos que não deveriam estar nas minhas frases construídas com tempos passados.

Sim do amor
Aquele dia que o sim será definitivo e que vai gerar uma bela lembrança…

Se for certo que existe mesmo um tempo e uma hora certa para tudo, sei de uma memória da minha vida que ainda falta preencher as lacunas e que talvez possa consertar todas as outras memórias que preenchi errado até hoje.

Eu nunca aceitei um pedido de casamento.
Eu nunca disse um “sim” que significasse tanto.

E quando a hora chegar eu quero dizer “Sim, quero ser feliz com você para o resto da vida” sem nenhum arrependimento de todos os amores errados que amei até hoje.

Quer participar do Diário de Casal e dividir a sua história com o mundo inteiro? Saiba como participar e não deixe para depois!

3 Comentários      Postado por Ele / Ela
7 outubro 2011 Comente! Postado por:

Rapidinhas »

A partir de hoje, comentaremos algumas notícias nesse espaço e você pode ajudar. Envie links e matérias do que você viu por ai e achou bacana, comentaremos e daremos o crédito a você.

Por que as namoradas devem amar mais do que seus namorados?

porque as namoradas devem amar mais do que seus namorados?

Esse curta já está rodando a internet a pouco mais de uma semana, mas eu não poderia deixar de trazê-lo para cá. Afinal de contas, quem é que ama mais: O namorado? A namorada? Dá mesmo pra medir o amor?

Dizem por aí que as mulheres acabam amando mais do que os homens, mas como existem exceções e não é possível dar um volume a isso… bom, veja o vídeo abaixo e junte-se ao grupo de pessoas que adorou isso.

Via Smelly Cat via Porque as namoradas

O que mais irrita os homens…

Se pudéssemos fazer uma lista de 10 coisas – e olha só, 10 ainda seria pouco – para dizer as coisas que as mulheres fazem que nos irritam… ops, não precisamos mais fazer uma. A Kel do Tramado por Mulheres fez essa lista que pode ajudar mulheres a pararem com comportamentos irritantes mundo afora.

10 coisas que irritam os homens

Confira o restante da lista direto no Tramado por Mulheres.

É possível ser feliz sem sexo?

Boa tarde, encontrei em seu site algo muito familiar que está acontecendo comigo. Namoro há quase dois anos e minha namorada tem mostrado desinteresse pelo sexo. Só fazemos quando tomo a iniciativa ou quando insisto muito. Já passamos mais de um mês sem sexo. Procurei entender e ela me disse que só transava para me agradar e que por ela o sexo tornou-se algo dispensável.
Fiquei sem palavras. Não quero terminar o namoro. Tenho certeza que ela é a mulher da minha vida. Como eu posso ajudá-la? Isso é normal?

A resposta você pode conferir aqui, direto do Malvadas.

Envie aquela notícia que você encontrou, um vídeo curioso ou uma imagem divertida sobre relacionamentos para nós. Para saber como fazer isso, entre em contato conosco. Daremos os créditos a você por isso.

Comente!      Postado por Rafael R
6 outubro 2011 3 Comentários Postado por:

Coisas dela, Relacionamento »

Por: Fernanda Feitosa

Tem uma coisa que é muitíssima complicada de entender: Os namoros ou casamentos onde um dos envolvidos tem os famosos encontros as escuras, enfim existem aqueles que justificam pelo simples fato de não encontrar no seu parceiro aquilo que procura no momento ou até mesmo aqueles que alegam que com o tempo o relacionamento caiu na rotina e com isso acabou sentindo a necessidade de buscar novos horizontes.

Tem dois lados da moeda, existem vários tipos de relacionamentos e vários tipos de pessoas, mais uma coisa temos que concordar: QUANDO É COM A GENTE, INDEPENDENTE DA JUSTIFICATIVA OU EXPLICAÇÃO CABÍVEL NÃO É ACEITÁVEL. Então chegamos sempre em um impasse, estamos em tempos modernos onde a mulher conquistou o seu espaço e enfim conseguiu se igualar ao homem, hoje não tem mais aquele clichê de que homens são safados e mulheres injustiçadas, ta tudo igual e no meio desse turbilhão de sentimentos e novidades um relacionamento duradouro é a coisa mais rara de se ver.

Vivemos na época de que a grande parte das pessoas levam a risca a frase: NINGUÉM É DE NINGUÉM. E ai lhe pergunto, será mesmo que você não quer ser de ninguém ou na verdade o ninguém que esta ao seu lado não é realmente quem lhe completa? Sim, podemos errar e errar é mais que humano e todos temos este direito, mais o mais importante do que saber disso é saber reconhecer o erro e chegar a uma conclusão do que deve ser feito para melhorar o relacionamento ou até mesmo se achar dentro da situação.

Traição

Acredito que um relacionamento começa quando existe primeiramente admiração entre ambas as partes e com isso vem junto um montão de sentimentos e o primordial de todos é o respeito, porque ele é bom e todos gostam. Encontrar um cara bacana ou uma menina legal para se ter algo sério hoje em dia não é uma tarefa fácil, vejo que todos estão sempre com medo de algo que ninguém ao certo sabe como vai ser, claro que não se deve entregar o coração ao primeiro que aparecer na sua frente a escolha do parceiro tem que ser em sincronismo: coração e mente!

Duvido que tenha alguém que fale: “Ah, o importante é ele ser legal, não ligo para fidelidade” porque todos buscam um alguém que nos respeite, então porque não podemos respeita-los também? Não ta legal, ta faltando alguma coisa, caiu na rotina? MEXA-SE!!! Somente vocês dois vão poder fazer a situação mudar e as peças se encaixarem, porque reclamar e não tomar nenhuma atitude é fácil. Resolva se o melhor é estar junto ou não.

Acredito que quando existe respeito acima de tudo o restante vem naturalmente.

Muita gente já está participando do Diário de Casal e dividindo a sua história com o mundo. Descubra você também como participar e faça parte disso!

Related Posts with Thumbnails
3 Comentários      Postado por Ele / Ela