3 outubro 2011 3 Comentários Postado por:

LoveBeats »

A partir de hoje faremos uma seleção musical toda semana e postaremos aqui para vocês. Obra da mente iluminada do grande amigo Maurício Zane. Todas as segundas, aqui no DdC!

Love Beats #001

Refletir é necessário.

Tire alguns minutos do seu dia, hoje, para ouvir com calma as músicas que virão a seguir. É com elas que você vai conseguir pensar naquelas coisas que são realmente importantes, aquilo tudo que te move enquanto você segue o caminho junto do seu amor. Você tem se esforçado o bastante pelo seu relacionamento? Você tem feito seu par feliz? Você acha que poderia ter feito algo melhor? Pois vamos pensar um pouco nisso agora.

As vezes, a correria da vida moderna nos faz deixar de lado as coisas que realmente importam. Sabe aquele elogio gratuito, porém honesto, que deixamos de fazer as vezes por estamos preocupados com uma nota que não saiu, com algo do trabalho que não teve o resultado esperado ou qualquer outra coisa que roube nossa atenção? Pois então, não deveríamos deixar passar essa oportunidade. Nem sempre elas serão únicas, mas cada atitude importa e soma pontos.

Você já disse, de maneira sincera, o que sente por quem está ao seu lado? Você já se arrependeu de algo e gostaria de poder explicar com calma e com todas as palavras para seu par sobre o porque de ter feito algo que não foi bem recebido? Você já tirou alguns minutos que sejam num dia, recentemente, para pensar em como tem agido perante a alguém tão importante na sua vida?

Vale lembrar que o tempo não para, ele continua passando… e cabe a você, unica e exclusivamente a você, tomar atitudes que sejam marcantes de forma positiva para quem quer que esteja ao seu lado. E se por um lado você ainda tem coisas das quais não se orgulha sem ter tido a chance de se explicar de forma conclusiva, atitudes sempre dirão muito mais do que as palavras. E hoje, apenas hoje, eu convido você a fazer isso. Tome uma atitude diferente, surpreenda, faça algo que seja bonito e que fará com que as lembranças desse dia fiquem vivas na mente e na alma dessa pessoa que está ao seu lado.

Hoje, finalmente, você terá a chance de fazer algo positivo. Hoje é o dia que você esperava!

Esqueça o medo de errar, esqueça as dificuldades que você tem de se expressar e, definitivamente, esqueça que algo pode simplesmente dar errado. Hoje é o dia que você vai fazer algo. E será bonito. E dará certo. E você ficará feliz ao fazer alguém feliz. Hoje, somente hoje, é o dia certo para a atitude certa. Que essas músicas inspirem você a buscar as respostas que existem dentro da sua própria mente e te guiem pelo caminho da surpresa e da felicidade.

E não deixem de compartilhar essa inspiração, tragam os resultados para cá e veremos como tudo ficará. Estarei aguardando ansioso.

Quer fazer parte do Diário de Casal e compartilhar a sua história com o mundo inteiro? Saiba como participar e não deixe para depois!

3 Comentários      Postado por Rafael R
3 outubro 2011 6 Comentários Postado por:

Coisas dela, Histórias »

*por Jennifer

Minha vida amorosa nunca foi das melhores. Relacionamentos vieram e foram e eu sempre me fazia a mesma pergunta: “o que há de errado comigo?”. Quero dizer: bonita, inteligente, sempre dei conta do recado… Nunca entendi o porquê de, não poucas vezes, levar um fora do tipo “não quero compromisso” e dali a algumas semanas o sujeito engatar um relacionamento sério com outra.

Na última das minhas fossas, uma amiga me empurrou um livro de autoajuda para mulheres solteiras (aka encalhadas que não sabem como laçar um homem). Juro que fiquei com vergonha de lê-lo, e sempre o carregava escondidinho.

Problemas na relação
Você tem várias qualidades, mas… será que não está afastando as pessoas?

Nele identifiquei várias características minhas que funcionavam como autossabotagem. Sempre fui muito carente, reclamona, dramática, me apagava fácil e falava tudo da minha vida nos primeiros cinco minutos. Convenhamos, que homem gosta disso? Coloque-se no lugar do cara: gostaria de ouvir alguém dando chilique, fazendo doce e querendo DR o tempo todo?
Confesso que ri de várias partes, e vários conselhos ali eu simplesmente joguei no lixo. Mas fiquei curiosa. Um livro tão vendido não poderia ser pura balela.

Coincidentemente, na semana em que terminei de ler conheci um cara, na internet mesmo. Resolvi que ele seria a vítima dos conselhos que a autora enfiou em minha cabeça. Comecei a mudar as atitudes negativas de antigamente, fui misteriosa, simpática, parei de falar dos problemas e reclamar (guardei essa parte para descontar nas amigas, um beijo!), deixei ele pensar que tinha o controle da situação e ao mesmo tempo sentir que não me tinha na mão. Duas semanas depois fui para a cidade dele, saímos e tivemos uma noite maravilhosa. Por eu ter ido para a cama no primeiro encontro, cogitei a possibilidade de ele não me dar mais bola (sim, ainda existe esse tipo de gente). Mas, ao contrário, ele foi um fofo e nos falamos todo dia cheio de mimimis – e eu continuando a seguir os conselhos do livro.

Contei essa história para algumas amigas, e de repente virei guru do amor. Justo eu, que não namoro há 4 anos e só me ferro nessa vida amorosa. O fato é que o tal livro de autoajuda foi divisor de águas na minha existência como mulher. Me abriu os olhos para algumas atitudes e manias que não eram saudáveis, nem para mim, muito menos para meus relacionamentos, me mostrou que eu posso ser mais interessante e que existe uma maneira X de lidar com os homens. Sim, o relacionamento homem vs. mulher acaba sendo um grande jogo, mas também todos os nossos relacionamentos o são.

Não acredito que devemos mudar quem somos por outros. Não concordo em fazer cu doce pra conquistar homem. Se fazer de difícil e morrer de angústia não vai ajudar. Não acredito em manipulação do outro. Ler milhões de livros não vai resolver todos os problemas.

Acontece que eu li um bom livro, olhei pra dentro de mim, identifiquei coisas que eu devia mudar e que consequentemente influenciaram o modo como lido com a minha vida amorosa.

De vez em quando vai bem uma autoanálise. Relacionamentos saudáveis são feitos de pessoas saudáveis. E é preciso aceitar que, sim, às vezes o problema está com a gente.

6 Comentários      Postado por Ele / Ela
30 setembro 2011 1 Comentário Postado por:

Coisas dela, Histórias »

Por: Camila*

A maneira como começou foi a menos pensada por mim, em qualquer dos meus sonhos.

Nos conhecemos num estúdio de tatuagem de um amigo em comum, enquanto eu sentia as dores entre um traço e outro da minha nova tattoo, ele ficou ali, parado o tempo todo, esperando terminar como se nos conhecêssemos há tempos.

No outro final de semana nos encontramos numa festa de aniversário e sem nenhuma pretensão ficamos. De lá para cá os dias só foram ficando melhores, os abraços, os beijos, os carinhos, os SMS constantes, as fotos, os encontros, o sentimento que a cada dia crescia.

Amor

O que eu sinto por ele é algo inexplicável, ele entrou na minha vida no momento em que eu mais precisava e me tratou como sempre sonhei em ser tratada.

Mas em algum momento, no melhor dos contos de fadas, algo aconteceu. Por um mês ele “sumiu” disse que não estava bem, com problemas no trabalho e que precisava pensar. Eu, de alguma forma compreensiva, disse: Quer minha ajuda? E ouvi um: Não, por favor, preciso só colocar minha vida em ordem. Eu respeitei e dei espaço para que ele se acertasse, estaria (como sempre estive) no mesmo lugar esperando sua volta.

Porém, desde seu retorno as coisas foram ficando estranhas, os beijos cada vez mais “sem gosto”, os carinhos sem sentimento da parte dele, os SMS já nem existiam mais.

E de um segundo para o outro uma amiga me diz: Ele falou que gosta da ex-namorada, vai sair com ela e tentar voltar.

Nesse momento já não sabia aonde me segurar, nem em quem me apoiar. Quem construiu um “mundo” ao meu redor o fez desmoronar por cima de mim.

Foram os melhores meses da minha vida. E agora já nem sei mais o que pensar. As lágrimas cessaram, pois não me permiti ficar mal.

Não queria, mas tem horas que só consigo pensar: O que aconteceu nesse caminho, pois em algum lugar nossa história se perdeu e eu nem percebi.

Quer participar do Diário de Casal e dividir a sua história com o mundo inteiro? Saiba como participar e não deixe para depois!

1 Comentário      Postado por Ele / Ela
29 setembro 2011 1 Comentário Postado por:

Coisas dela, Histórias »

Por: Carolina Oliveira

Fiquei pensado no que escrever para você, procurei silenciar o meu coração para poder ouvir o que ele diz. Não foi fácil dormir essa noite e muito menos discutir ontem com você, isso é tão ruim. Quero ficar bem com você, viver feliz ao seu lado sem brigas, só com coisas boas. Sei que é natural briguinhas de vez em quando é até bom para fortalecer o relacionamento e sei que é natural também períodos de paz, sorrisos e de muitas juras de amor.

Quero viver com você por uma vida. Meu sonho é ser feliz ao seu lado e te fazer feliz. Sonhar junto, sorrir junto, namorar bastante e amar bastante.

Carol

Pela última vez eu escrevo, nunca fiz e nem farei mal para você, pelo simples fato de te amar, de desejar construir uma família ao seu lado, me casar com você, ter filhos. Sei que precisamos passar por fazes para isso acontecer, o tempo de namoro e o tempo de noivado, que serve para termos certeza do sentimento que sentimos pelo outro, para adquirirmos confiança e para sonhar também, sonhar com uma vida feliz a dois.

Acredito que você assim como eu começou a namorar com um único objetivo ser feliz e fazer o outro feliz. Tenho consciência que várias situações aconteceram e não deixaram e não deixam ainda sermos felizes por inteiro. Se eu pudesse como eu queria voltar no tempo, certamente faria muitas coisas diferentes para melhor é claro.

Espero de coração, que essa fase acabe ou que tenha acabado ontem. Quero sim que você perca noites de sono por mim, mais pensando em coisas boas, fazendo planos, sonhando com os nossos sonhos. Por mais que as vezes não sinta, eu tenho absoluta certeza do sentimento que sinto por você. Sentimento esse que me faz uma pessoa melhor, mais feliz e humana. Me sinto feliz por sentir o amor, por ter uma pessoa para amar, me sinto uma privilegiada. Eu não quero outra pessoa na minha vida. Outros homens ricos, bonitos, inteligentes, alegres não me interessam, pois eu amo é você. Amo você do jeitinho que você é, amo cada pedacinho seu. Não quero que mude, só quero que seja feliz e me demonstre essa felicidade diariamente.

Não quero mais chorar e também não quero que você chore. O choro envelhece, faz mal para a pele e para o coração, ao contrário do sorriso e das risadas, que nos deixam mais alegres, realizados e que aumentam o brilho em nossos olhos. Viemos a esse mundo para sermos felizes. Dificuldades existem e vão continuar a existir só que elas não podem apagar a chama da felicidade em nossos corações. Quero te ver sempre alegre, com um sorriso no rosto, super orgulhoso por me ter ao seu lado. Desejo que durma e acorde tranqüilo, com a certeza de que está ao lado de uma mulher que te ama muito e que vai te respeitar durante o tempo que estiver ao lado dela, que seja para sempre.

Quer participar do Diário de Casal e dividir a sua história com o mundo inteiro? Saiba como participar e não deixe para depois!

1 Comentário      Postado por Ele / Ela
28 setembro 2011 Comente! Postado por:

Coisas dele, Relacionamento »

Por: Adriano Cesar de Oliveira Santos

Um dos grandes sentimentos que existem no ser humano, se não o maior, é a admiração. Muitos podem dizer que o maior sentimento é o amor, mas eu arriscaria dizer que o amor vem depois da admiração, pois nasce através dela.

A forma de admiração mais comum que conhecemos é a admiração física, pois ela se faz presente no primeiro contato que uma pessoa tem com a outra que é o visual, exceto no caso de portadores de alguma deficiência visual, mas aqui estamos falando da grande maioria da população.

O chamado ‘amor à primeira vista’ na verdade deveria se chamar ‘admiração à primeira vista’, pois o amor só nascerá de fato muito depois. Quando olhamos para uma pessoa do sexo oposto, ou não, e a admiramos profundamente tendo por base nossa concepção particular do que é belo, chamamos a isso erroneamente de ‘amor’.

Se não há admiração à primeira vista, então pode acabar ocorrendo à segunda ou terceira, quando houver um contato mais pessoal e a admiração nascer pela forma com que o outro se expressa em gestos ou palavras, por seus pensamentos, caráter, inteligência, posição em relação a vida ou alguns temas, entre outros fatores que podem desencadear essa admiração.

Mas o fato é que havendo admiração por outro ser humano, já caminhamos mais da metade do caminho para que à partir daí se manifeste o mais básico dos sentimentos de união, a amizade. Com a amizade os laços se estreitam, novos conhecimentos sobre a pessoa o qual se admira surgem e serão talvez incorporados, ou não, à admiração já existente.

E quando surge o amor?

O amor é o clímax da admiração e é um sentimento unilateral, que pode por vezes ser recíproco. O amor não é uma tormenta de sentimento, não é um fogo, algo que te deixa sem ar, que faz tuas pernas tremerem, que causa aquela sensação de frio na barriga. Todos esses sentimentos, sensações físicas e emocionais são mais cabíveis à paixão, que é passageira, pois da forma como chega arrastando tudo como um furacão e é capaz de mudar uma vida e gerar atitudes ‘loucas’, ela vai embora deixando para trás algumas vezes uma grande decepção por atitudes insensatas, tomadas em um momento de sentimentos à flor da pele.

O amor é fogo que arde sem se ver
É ferida que dói e não se sente
É o contentamento descontente
É dor que desatina sem doer

O trecho acima da música Monte Castelo, da banda Legião Urbana, que tem como fonte original uma poesia de Luíz Vaz de Camões, na verdade retrata a paixão e não o amor.

O amor é puro, sereno, sensato e tranquilo, é o irmão mais maduro, experiente e calmo da paixão, e sendo assim é o mais duradouro. O amor é acompanhado do desejo de estar junto, de preocupação, do querer bem, querer cuidar de quem se ama, de sentir-se bem apenas com o segurar de mãos, com a simples troca de olhares. Como disse, o amor é baseado na serenidade e não na tormenta.

Assim como o amor entre seres-humanos nasce pela admiração, o amor por objetos, trabalhos, animais, causas, entre outros, também nascem baseados no mesmo sentimento. Sendo assim, é fato que o caminho inverso ao amor ocorre pela perda da admiração, por qualquer que seja o motivo.

Quando você admira alguém por seus pensamentos e a postura desse alguém muda, há a perda dessa admiração. Quando você admira uma pessoa por sua beleza e essa pessoa se descuida no trato pessoal, há a perda da admiração. Quando você admira a empresa onde trabalha e fatos internos o desagradam, há a perda de admiração. Quando você admira um animal e este passa a ter atitudes desagradáveis, há a perda de admiração. E assim por diante.

Falando especifícamente da relação entre seres humanos, há necessidade da parte de quem é amado conhecer os fatores que causam admiração em quem ama, e consequentemente manter acessa essa fonte de admiração. É na falta de conhecimento do que gera a admiração ou na falta de visão em perceber que algo mudou nessa fonte geradora de admiração, que ocorre então a grande maioria dos términos de relação.

Grande parte das pessoas que buscam conquistar alguém que de alguma forma causou admiração, apresentam o melhor de si na tentativa de que a outra pessoa também sinta a mesma admiração, e nesse momento erramos de forma grave quando nos apresentamos como alguém que na verdade não somos, como em pensamentos e atitudes.

Admiração
Ser aquele que somos ou aquele que devemos ser?!

Esse tipo de ‘mentira’ desnecessária pode ter o efeito desejado momentaneamente, porém, o que é do perfil da pessoa não muda e não se pode sustentar pensamentos ou atitudes que não condizem com a realidade, sendo assim, a decepção em ambas as partes ocorre pouco tempo depois.

Então, quando desejar conquistar o amor ou amizade de alguém, seja sincero e valorize suas qualidades que possam de fato gerar admiração, e quando necessitar manter uma relação de amizade ou amor já conquistadas nunca deixe de manter acessa essas qualidades, assim como nunca deixe de valorizar as qualidades que você admira na outra pessoa, pois assim ambas se sentem importantes.

Quer participar do Diário de Casal e dividir a sua história com o mundo inteiro? Saiba como participar e não deixe para depois!

Related Posts with Thumbnails
Comente!      Postado por Ele / Ela