Home » Relacionamento

A teoria do achismo nos relacionamentos

21 novembro 2011 Comente!       Postado por Rafael R

Hoje durante a viagem de volta da casa da namorada vim pensando numa conversa que tive com uma amiga dias atrás. Ela veio cheia de dúvidas sobre o que estava rolando no namoro dela e a cada 3 mensagens ela mandava um “e se…” completando com alguma hipótese, umas inclusive bem absurdas. Amiga, se você viver do “e se…” você vai se dar mal.

Eu acho que
Eu acho que… eu acho que… o que eu acho?

Não é estranho que no começo de um relacionamento você tenha dúvidas. Será que você está indo rápido demais? Será que ele está mesmo a fim de você? Todas essas são perguntas válidas, tudo o que é novo gera essa ansiedade de saber onde vai dar, mas você não pode começar a deixar sua mente muito fértil nesse momento. As atitudes que surgem depois disso podem ser desastrosas.

Porém, acontece também em namoros já consumados, eventualmente até em alguns casamentos, a falta de conversa não te dá uma visão completa de determinada situação. E essa parcialidade te faz começar a imaginar coisas. E se ele… e se… e se… e você começa a surtar. Já vi acontecer, mais de uma vez.

Vamos ser práticos e simples: É claro que em uma conversa você pode entender, descobrir e saber exatamente o que o outro quer. Mas nem sempre é fácil ter esse tipo de conversa tão sincera, as pessoas têm dificuldade de expressar seus sentimentos e dúvidas. A má notícia é que você precisa aprender a fazer isso.

No geral, dá pra dividir os “E se…” em três tipos distintos e dependendo da sua situação, é melhor pensar bem nisso aqui:

1. E se… ele não sabe o que quer? – Pode acontecer, as coisas são recentes ou mudaram bastante com o passar do tempo e as dúvidas surgem. Pressionar por uma decisão nem sempre é inteligente, mas vale a pena tentar conversar. Se vocês estão juntos nessa, pode acreditar: Um deve para o outro algum tipo de satisfação, nem que seja pra afirmar que realmente está com dúvidas.

2. E se… ele está só me enrolando? – Nesse caso, a coisa é mais complicada. Se ele realmente estiver te enrolando, enganando e tal, então deu certo e ele conseguiu. Você está desconfiando de algo, mas como ele provavelmente prefere você em dúvida, ele está ganhando. Mas quer uma certeza agora? Se ele está assim, é certeza que ele não quer você. Então fuja disso.

3. E se… ele quer mas não consegue ou sabe falar? – Todas as opções não precisam ser ruins, as vezes as coisas estão bem e tudo o que você precisa é ter essa certeza, que pode não ter sido conversada por pura falta de oportunidade. Por isso que eu sempre digo, uma boa conversa costuma resolver todos os mal-entendidos existentes no mundo dos relacionamentos.

Então ficamos combinados assim: Vocês param de fantasiar situações e imaginar os “E se…” da vida e começam a conversar, perguntar e abrir o jogo com seus pares. Não dá pra voar numa dessas sozinho e se for pra ser assim é melhor que esteja de fato sozinho, para não criar mais expectativas e se preparar para a próxima. Concordam?

Agora, se o “E se… ele não gostar mais de mim” for o que estiver acontecendo, é melhor que você descubra o quanto antes. Que seja ruim no começo, mas que seja pelo menor tempo possível que você fique dentro disso, né? Não vai te levar a nenhum lugar mesmo.

Related Posts with Thumbnails
Comente!      Postado por Rafael R
­
­

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>