Home » Coisas dele, Relacionamento

As aventuras de juntar as escovas de dentes

5 Março 2009 10 Comentários       Postado por Diego Fávero

Certo dia estava pensando … queira ou não, a vida tem um roteiro pré estabelecido. E chega a hora que você resolve dar mais espaço na casa pros seus pais e toma seu rumo; sai pra morar “sozinho”. No meu caso, eu saí pra morar sozinho/junto com minha namorada.  Ou melhor, fomos morar “em galera”, meio que uma república de uma única estudante: ela!

No começo você, que acaba de sair da casa dos pais, continua a frequentar muito sua ex-casa. Come lá, leva as roupas pra lavar e passar  e só volta pra sua cas apra dormir. Com o tempo você acaba não aceitando mais essa idéia e quer se desprender totalmente.  Eu já não aceitava mais a idéia de ficar dependendo de favores/mimos de minha mãe. Não era por mal negar tudo isso deles, mas sim uma forma de subir mais um degrau na vida. Lá foi eu aprender a usar a máquina de lavar, que é algo muito simples. Roupas brancas separadas das pretas que separam-se das coloridas, lençol, peças íntimas, taca um amaciante no reservatório e sabão em pó no outro e liga. Nenhum bicho de 7 cabeças. Mas na hora de passar … todas as vezes é um saco! Eu até gosto, o foda é quando junta muita … aí tenho toneladas pra passar. Sempre digo que adoraria se a moda mudasse e as pessoas começassem a usar roupas sem passar. Ah! Que maravilha seria!

E quando a questão é comida? O que comer? Miojo? Nãããão!!!
Lanche todo dia, é um saco.
Macarrão já não é tão gostoso quanto antes.
Carme, arroz, feijão, etc. Cada dia é uma aventura em pensar no que fazer pra jantarmos. Sei pouca coisa, aos poucos vou aprendendo com amigos, familia, etc. Esses dias vi uns videos no youtube muito bons ensinando a fazer pratos deliciosos. Quando for fazer, posto aqui a experiência. Mas voltando ao assunto, quando sai um jantarzinho bonito lá em casa, preparamos uma mesa bonita com nossos pratos pretos quadrado, tralheres vermelhos e nossa famosa taça “namorado perfeito” e “namorada perfeita”. Só falta as velas. Tudo muito lindo e delicioso. Próxima aventura: a louça. Quem lava? Eu ou você? Dividimos.

Na hora de dormir, o quarto tá daquele jeito …. daquele que saímos pela manhã pra trabalhar e ficou: cama desarrumada (arrumar pra que, se vai desarrumar de novo a noite?) e coisas espalhada spor todo o canto. É assim que vivemos, assim que nos amamos e aprendemos a dividir a mesma cama, o mesmo espaço e tudo.

Vejo muita gente que mora com os pais falar “não vejo a hora de sair de casa e morar sozinho”. Veja bem, nada é tão fácil quanto parece. Fora as contas que você DEVE pagar sozinho (não adianta sair da casa dos pais e depender de tudo deles) tem todas essas tarefas domésticas que você precisará fazer. Ou você faz, ou você faz. E ainda tem que sobrar tempo pra se curtir, pra diversão, pros amigos, pro futebol, pra novela, enfim, viver.

Juntando tudo, a experiência de juntarmos as escovas de dentes está sendo um “estágio” muito bom antes do casamento. Assim temos a certeza que nos damos bem e teremos uma vida pela frente, juntos, com muito amor e felicidade!

Related Posts with Thumbnails
10 Comentários      Postado por Diego Fávero
­
­

10 Comentários »

  • Matheus disse:

    Poisé. mas é algo que todos passamos na vida. Pra mim acho que vai demorar um pouquinho ainda. Mas creio que me virarei bem sozinho. Só não gosto de lavar louça. Lavar roupa, passar, cozinhar…. nisso eu me viro bem.

    Maths

  • Juliana disse:

    Olha que esse é exatamente o assunto principal do meu blog! Comecei querendo ir morar sozinha, mas eu e o namorado resolvemos ir fazer esse “estágio” também. Não vejo a hora! Tenho plena conciência de todas as tarefas domésticas, até porque sempre tive que fazê-las na casa dos meus pais. Nada é novidade. Mas pra quem não está acostumado, imagino que seja um baque. Boa sorte à todos que irão se aventurar por esse caminho!

  • Kally disse:

    Acho essa experiência fundamental antes do casamento. O processo de separação da díade filho-mãe (que não é tão rápido quanto parece) o processo de apatação homem x mulher morando juntos. Quero muito morar sozinha, sair de casa. Já tenho a minha renda, me viro bem, mas ainda moro sob o teto dos meus pais e irmãos. Claro, é muito mais cômodo. Mas, como minha família é bemmm tradicional, não tem conversa: só saio casando, e, por enquanto, eu e meu namorado estamos cada um sob o seu teto-família, sem casamento. A gente fala de passar por esse processo de morar sozinho antes do casamento, porque eu particularmente acho que suma importância, mas aqui, é muito difícil enfrentar alguns princípios rígidos de família. Esse estágio de vocês é de grande valia. =)

  • Lydia disse:

    Há alguns dias passo por aqui. E essa história de morar sozinho me chamou a atenção, não que eu não leia os outros, até me inspiro nas coisas e as levo para o meu relacionamento.
    Morar sozinho… Ah vontade incessante que insiste em mim, acho que não vai demorar, porém vai ser mais fácil fazer o “estágio”.
    O blog é show e volatrei aqui mais vezes.

  • Stefani disse:

    Seria um esquenta para o casamento! haha

  • Luciana disse:

    Olás, eu tive uma experiência mto boa qdo morei dois anos fora para estudar, hj, depois de formada, resolvi morar sozinha com meu filho de dois anos e meio. Comecei a namorar juntamente com minha retirada da casa de meus pais. Agora, com quatro meses de namoro, meu namorado veio morar comigo por um tempo e ao que tudo indica, este tempo se arrastara por um longo periodo, uma vez que nos damos mto bem, tanto emocionalmente quanto nas questões administrativa e financeira, que são os pontos mais importantes para se conviver harmoniosamente. Mas ressalto que para viver juntos com namorado, é preciso, muito respeito, amizade, confiança, carinho e amor. Nada na vida é fácil, mas não devemos ter medo de mudar e evoluir. Adorei o blog.

  • Fe disse:

    Di, to emocionada hahahahahah

  • patricialima disse:

    morei com o meu ex 6 anos e foi uma relaçao conturbadora nao tive uma experiencia tao boa,ele nao fazia nada para me ajudar so me dava trabalho,aff isso nuncamais …mais conheci o meu namorado que e totalmente diferente deele em tudo nao moro com ele mais passamos a maior parte do tempo juntos dormimos juntos ate parece que agente mora juntos e ele e maravilhoso me ajuda na cozinha,em tudo nao deixa nada a desejar sera um marido perfeito aafffff que xudades dele agora …

  • Suelen disse:

    Olha, meu filho, então sua mulher tem sorte. Pq eu trabalho o dia todo, meu namorido tb. Mas bem que ele podia dividir as tarefas mais igualmente. Ele ajuda, maaaaassss…..pouco.
    Eu trabalho fora e muito, tenho que arrumar casa, lavar e passar – detalhe só as roupas dele(ele não gosta de sair amarrotado), cozinhar, lavar a louça e, olha, minha casa não é pequena, não. E isso, pra não citar outros trabalhozinhos que tem de ser feitos vez ou outra numa casa que se preze.
    Mas, fazer o quê, né? Já briguei, já conversei, já tentei de tudo. É só mais um probleminha que a gente releva.

  • Uelber disse:

    Bom dia, pessoal!
    Acho que vou entrar nessa ai, estou com 25 anos, minha namorada vai fazer 20. Já terminamos algumas vezes, mas nunca conseguimos ficar muito tempo separados, ai a família não tem apoiado muito a gente…
    Agora estou pensando em juntar nossas escovas, dividir nossas atividades e despesas. Sei que uma hora ou outra isso tinha que acontecer.
    Dividir o mesmo teto com meu Pai está bem complicado, então acho que é hora de mudar.

    Abraço ao pessoal ai que tentou e conseguiu, vocês me inspiraram com os depoimentos!!!

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>