Home » Coisas dele, Relacionamento

Curtindo o sussego

13 dezembro 2011 4 Comentários       Postado por Ele / Ela

Por: Daniel Sibille (@danielsibille)

Quando o Rafa (@justplay) me convidou para escrever para o blog pensei: Acho que para valer a pena tem que ser algo que eu esteja pensando no momento, sem muita elaboração ou elucubrações de botequim, pois a galera deve estar com o saco cheio de textos do tipo: “Respeite a quem te respeita” “Saiba compartilhar os melhores momentos da vida”, enfim…Não tenho nem tempo (trabalho 14 horas por dia) e nem gabarito para escrever demais, portanto, vou falar sobre uma situação que acabou de acontecer comigo.

Minha digníssima esposa decidiu passar 2 semanas e meia fora do Brasil para fazer um curso pela empresa (Uma das Big 4 de auditoria) e depois tirar alguns dias de férias em NY e Orlando. Pois bem, quando ela me avisou da viagem fiquei feliz por ela, mas pensei, pô, após um ano de casado, talvez seja a oportunidade de sair com os amigos, pegar uma baladinha sem hora para voltar, beber até cair, enfim. Um parêntese, sempre fui um cara que aproveitou muito a vida de solteiro, portanto, honestamente, não tive pensamentos maliciosos, mas queria curtir o sossego, se é que me entendem?!

E lá fui eu leva-la ao Aeroporto. Mal foi ela embarcar que toda aquela macheza foi por água abaixo. Saí do Aeroporto com cara de choro (chorando, admito) e fui direto para a casa dos meus pais. Que? Casa dos pais?? Pois é, senhores, o machão foi para a casa dos pais com “medo” de ficar sozinho em casa. Aí vem um amigo e pergunta: Mas vc. já não morou sozinho? Resposta: Já. Teve medo? Não! Foi nesse dia que comecei a entender que algo realmente havia mudado na minha vida.

Narrei essa situação para dizer que a liberdade que antes era fundamental e indispensável na minha vida hoje é algo completamente diferente. Será que eu quero mesmo não ter que dar satisfação? Será que eu quero chegar em casa e jogar o meu paletó em cima da mesa sem que ninguém encha o meu saco? A resposta é NÃO! E essa é a graça e a delícia do casamento.

Quando se casa aprende-se a renunciar algumas coisas em prol de sua esposa/marido para deixar a outra pessoa mais feliz ou até apenas “menos chata”, mesmo que isso seja importante para você. Mas, lembre-se que do outro lado tem uma mesma pessoa fazendo a mesma coisa por você. O que significa, em poucas palavras, que ninguém sai perdendo, os dois aparentemente ganham e perdem, mas no final, os dois ganham, pois cada um trabalha para deixar outro mais feliz!

Poker com amigos
Definição de ‘balada’: Poker com amigos

Retomando as minhas férias conjugais, o máximo que eu fiz foi reunir grandes amigos em casa para tomar um whisky (aí sim, sem hora para terminar), jogar um poker, ficar com meus pais e avós e continuar trabalhando da mesma forma, pois se nada mudou, porque as minhas atitudes mudariam. Casamento nem de perto é algo fácil, mas para quem está disposto a viver ao lado de alguém que se ama, é FODA DEMAIS!!!

Valeu galera!!
Abraços.

Quer participar do Diário de Casal e dividir a sua história com o mundo inteiro? Saiba como participar e não fique de fora!

Related Posts with Thumbnails
4 Comentários      Postado por Ele / Ela
­
­

4 Comentários »

  • Kel disse:

    Show!!!!

    Post despojado e maduro…`

    Acho que a distância num relacionamento é um termômetro. Porque implica em sentir falta do outro, implica na liberdade que ambos ganham, na confiança no que cada um pode fazer com essa “tal liberdade”, e no desafio que é ficar longe pelo trabalho e qual outro motivo for, que afeta a rotina do casal, e no desempenho do casal em fazer dar certo. Porque implica nas aspirações individuais de cada um.

    Enfim, como o próprio texto fala: casamento esta longe de ser sempre um mar de rosas. Mas, distribuir umas pétalas pela casa de vez em quando, não faz mal nenhum,rs.

  • Luana disse:

    Adorei! Esse post me lembrou muito uma frase do Fabrício Carpinejar: ”Liberdade na vida é ter um amor para se prender.”
    Parabéns pela escolha de viver esse amor e também por contar a história aqui pra gente.
    Muito amor pra vocês!

    Beeeeeijo.

  • Thaise disse:

    A-DO-REI.

    Adorei o post, o estilo, os comentários (essa vai para o espelho do meu marido: Enfim, como o próprio texto fala: casamento esta longe de ser sempre um mar de rosas. Mas, distribuir umas pétalas pela casa de vez em quando, não faz mal nenhum!)…

    Quando estávamos completando três meses de casados, fui a trabalho para Roma. Meu marido, que já curtiu a vida adoidado também (lembrar do post “Eu aceitei namorar um galinha de carteirinha? Entón….), estava ultra tranquilo. Eu estranhei, porque fiquei ARRASADA quando ele dormiu UMA NOITE em Varginha (a trabalho também) depois que a gente casou. Mas ele estava tão feliz pelo congresso e tudo mais, me dando a maior força e empolgado em ficar sozinho de novo em casa (ele morou sozinho dos 18 até o casamento, 10 anos depois…), bebendo com os meninos até tarde…

    Qual foi a minha surpresa quando ele começou a me ligar NO CELULAR ITALIANO para falar que estava com saudade? hahahaha Meu marido é daqueles que passa o dia sem lembrar que celular existe….

    Qdo voltei, a empregada me disse que nem na cama ele dormiu. Nossa cama ficou intocada! hahahahahaa Ele dormiu no sofá e fez uma Thaise de travesseiros para dormir abraçado porque não conseguia mais dormir sozinho…

    E qdo eu cheguei do aeroporto, ele estava lá embaixo já me esperando….doiiiiiiido de saudade. Até deu folga para a empregada para ficar sozinho comigo…. HAHAHAHAHAHAHHAA

    Sabe o tipo de coisa que é bom acontecer de vez em quando? É MESMO. hahahahahaha

  • Mayara disse:

    Muito bacana o texto. É engraçado como, às vezes, a gente namora anos uma pessoa, acostumado a vê-la apenas no fim de semana. Mas, depois que se casa, ficar um dia que seja longe já parece uma eternidade, a solidão é cruel.
    Quanto mais a gente fica juntos, mais quer ficar. E isso é a melhor sensação do mundo!

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>