Home » Coisas dela, Crônicas, Geral

Dê valor a quem você ama. Mas tem que ser agora!

11 setembro 2012 2 Comentários       Postado por Mayara Godoy

Sabem aquela máxima de que “a gente só dá valor quando perde”? Infelizmente é um dos clichês mais verdadeiros no que se refere às relações humanas.

Via de regra, relacionamentos amorosos são o laboratório mais fértil para comprovar tal teoria. As pessoas normalmente dão nomes variados a esse “fenômeno”: rotina, mesmice, desgaste causado pelo tempo.

Mas, o fato é que isso acontece simplesmente porque nós deixamos. Porque o ser humano, acomodado como é por natureza, com o passar do tempo se acostuma a tudo. Ao que é ruim, mas também ao que é bom.

Não perca tempo perdendo quem você ama!

Assim, as qualidades do outro parecem ir gradativamente perdendo importância, e coisas que admirávamos no começo, de repente começam a passar despercebidas. E isso vai acontecendo até o ponto em que um passa a achar que não tem mais admiração pelo outro, porque esgotaram-se as “novidades”.

Muita gente costuma confundir essa situação. Tem gente que, depois que o relacionamento se estabiliza e desaparece aquele friozinho na barriga, passa a ver o outro meio desbotado, perde o encantamento, acha que não ama mais. E aí, por mais que a pessoa continue sendo exatamente como era, com as mesmas qualidades, já não tem mais a mesma graça.

É nesse ponto que tudo desanda. Mas é difícil identificar exatamente quando isso acontece, porque normalmente vai ocorrendo aos poucos. Porém, alguns sintomas geralmente aparecem: as brigas; a falta de paciência; o desleixo para com a relação; a insensibilidade; o descaso; o diálogo que desaparece.

E com o distanciamento gerado, os problemas começam a parecer não ter mais solução. Porque um relacionamento poderia ser, de maneira bem simplista, comparado a uma planta: ou você rega, na dosagem certa, periódica e constantemente, ou, um belo dia, ela simplesmente seca. E, depois de morta, é impossível ressuscitá-la.

O grande mal nisso tudo é que geralmente as pessoas percebem isso tarde demais. Querem salvar a relação depois que ela já não tem mais salvação. Será que não seria o caso de prestar atenção, sempre, para manter o relacionamento saudável, para ser grato para com o que o outro faz por você, para não esquecer de valorizar quem você ama (e quem te ama)?

Então, se eu pudesse resumir tudo isso – e mais um pouco – em um único e direto conselho, seria: não espere perder quem você ama, para então dar valor. Valorize agora, ame agora, faça tudo o que tiver que fazer agora. Depois pode ser (e provavelmente será) tarde demais.

Related Posts with Thumbnails
2 Comentários      Postado por Mayara Godoy
­
­

2 Comentários »

  • Karine disse:

    Realmente é bem assim… Não adianta tentar salvar um relacionamento quando ele já acabou!
    Temos que cuidar diariamente. O diálogo é fundamental pra isso.

  • Ariadne Comazzetto Tabuzo disse:

    Curti! =)

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>