Home » Crônicas

Dizer “Eu te amo” pela primeira vez – Confusão a vista

29 novembro 2010 11 Comentários       Postado por Rafael R

Atente-se para o fato de que já faz algum tempo que isso aconteceu e com certeza eu vou esquecer alguns detalhes importantes. Mas a idéia aqui é mostrar que, em se tratando de dizer “Eu te amo” pela primeira vez de forma espontânea, as coisas podem funcionar bem. Ou não, como foi nesse meu caso.

Eu era jovem, estava apaixonado e era correspondido. E desde cedo eu sempre fui esse romântico sonhador, visualizando surpresas e criando situações para alegrar o coração da parceira. E com a Raquel não foi diferente. A minha total falta de experiência me fazia acreditar que eu estava diante da mulher com quem passaria o resto dos meus dias, era com ela que eu estava quando me via 20 anos a frente, indo pra praia de Ferrari enquanto as crianças curtiam o visual do helicóptero da empresa, que as levaria a minha mansão em Ubatuba. Era ela que eu via me ajudando (ok, trazendo cerveja, mas é uma ajuda já) enquanto eu cortava a grama do nosso quintal, aquele mesmo que era envolvido por uma cerca baixinha de 50cm de altura e que trazia ao fundo aquela casa amarela simpática.

Assim sendo, eu precisava comunicar a ela que eu realmente estava tendo todos esses sonhos e planos, que eu realmente queria ficar com ela por um tempo e que, acima de tudo, queria muito ter a chance de fazer ela feliz. E não adiantaria eu somente virar depois de um beijo e dizer as 3 palavras mágicas de surpresa, precisaria de algo um pouco mais elaborado.

O grande problema de ser um sonhador é que, na maioria das vezes, você vai estar idealizando coisas distantes demais da sua realidade. Eu não fazia idéia que duraria tão pouco tempo a história, mas aprendi bastante com ela. Se eu tivesse idéia que 2 semanas depois de dizer que a amava eu não estaria mais com ela, eu teria feito tudo diferente. Mas é como dizem, viver e aprender.

Eu ainda estudava de manhã, então a coisa teria que funcionar antes das 9:30hs, pois fazer qualquer coisa no intervalo daquele colégio seria como decretar o quão babaca eu era para o mundo todo, e no fundo eu sabia disso. Então consegui, pela primeira vez em 3 anos, acordar antes das 7hs sozinho. Me arrumei, preparei o psicológico e sai de casa. No caminho, tinha a casa da Dona Isaura, que adorava e vivia por suas flores, que faziam de seu jardim um oásis dentro de uma cidade grande como Sampa. E aquelas duas rosas que estavam com botões abertos tinham um destino que Dona Isaura não fazia idéia.

Campo de Rosas
Na minha imaginação, esse era o jardim!

Lembrem-se: Eu tinha por volta de 14 anos. E, como qualquer jovem da minha época de 14 anos, eu não tinha dinheiro pra um cartão bacana. Logo, sentei-me na porta da escola com um papel de pão e comecei a diagramar como meus sonhos estavam se realizando ao lado dela, quão bacana era poder ter alguém tão madura quanto ela ao meu lado, o quanto eu estava sendo feliz durante aqueles quase 8 dias… e tudo aquilo que saiu da minha mente fértil, que se resumiu em um simpático “Hey, eu penso que te amo, se você também me ama marque um X aqui. ( )”. Sim, eu fiz isso.

Lembrando: Duas rosas roubadas, uma pseudo-declaração num papel de pão, um eu “penso” que te amo. E isso tudo antes das 8hs da manhã.

Assim que ela chegou, eu era a pessoa mais ansiosa da história daquele colégio. Um abraço, um oi tímido, um “trouxe isso aqui pra você” e um “Oh!” expresso no rosto dela. E antes que ela pudesse assinalar o X naquela declaração original e única, as rosas. E eu finalmente descobri que ela tinha um certo tipo de alergia a flores… e a coisa ficou estranha bem rápido. Entre tossidas e o desespero dela tentando me explicar a alergia, eu fui empurrado e ela me deixou. E nunca mais falou comigo.

Isso me ensinou muito do que sei hoje, basicamente. Nem todas as mulheres gostam de flores, mas a maioria delas valoriza boas e criativas idéias na hora que falamos sobre o que sentimentos. A grande maioria adora as surpresas que preparamos, mas uma parte delas pode acabar no hospital quando não sabemos o suficiente pra arriscar algo que pode até ser bobo. E com meu primeiro coração partido, aprendi que não temos que tentar acelerar as coisas, tudo tem seu próprio ritmo e acontece no seu próprio tempo. Nunca mais falei que amava alguém só porque achava que amava.

E você ai, lembra como foi a primeira vez que disse eu te amo? E a última vez, você lembra? Qual a última vez que você fez uma declaração bacana pra alguém?

Related Posts with Thumbnails
11 Comentários      Postado por Rafael R
­
­

11 Comentários »

  • @julianemc disse:

    hhahahaha! foi bonitinho, apesar da alergia… ;)

  • Juliana Salles disse:

    Adorei o post do dia!! Dizer “eu te amo” sempre foi muito dificultoso pra mim, nunca soube a hora certa. Acredita que namorei 6 meses uma pessoa e nunca disse “eu te amo”?? Creio que são 3 palavrinhas muito sérias e que para serem ditas tem-se que ter muita certeza do sentimento e da reação que o outro pode ter ao ouví-las. Hoje sou mais espontânea, creio que aprendi essa leveza com meu atual namorado!!

    Respondendo às perguntas:

    – Lembra como foi a primeira vez que disse eu te amo?
    A primeira vez que eu disse foi para meu primeiro namorado, aos 18 anos.

    – E a última vez, você lembra?
    Ontem a noite, ao dar boa noite pelo telefone ao meu namorado.

    – Qual a última vez que você fez uma declaração bacana pra alguém?
    Bacana mesmo, sem contar e-mails, ao vivo foi no feriado de 15/11 que meu namorado veio pra cá, nada como olhar nos olhos da pessoa que a gente ama e sentir toda a emoção que se passa com ela!

  • Catia Alessandra disse:

    Quando disse Eu Te Amo pela primeira vez pro meu atual namorado, eu tinha acabado de conhecer os pais dele. Fazia mais ou menos uns dois meses que a gente tava junto, contando ficadas e namoro.
    Ele foi me leva pra casa após a janta com os pais dele, e ele começou com uma conversa estranha. De que eu não era totalmente sincera com ele, que uma coisa eu não tinha falado, e não queria me dize o que era. E que ele queria me dizer uma coisa também mas não tinha coragem. Demorou um pouco até eu perceber do que ele tava falando. Foi uma surpresa. Eu ainda não tinha falado nada por medo. Mas mesmo com tão pouco tempo junto eu tinha certeza que amava ele. E foi o que eu disse. E ele disse o mesmo e foi um momento mágico.

  • Isabelle disse:

    Bom, ainda ficavamos, na verdade ficamos na sexta, no final de semana ele trabalhou e nos vimos na segunda, ele veio me trazer até perto de casa, e quando me abraçou eu falei bem baixinho no ouvido dele “EU TE AMO”, já nos conheciamos á algum tempo, era justificavél, e meu sentimento É realmente sincero, ele fingiu não ouvir, e pediu pra eu repetir, não tive coragem… logo depois ele me ligou, conversamos e antes de desligar disse “EU TE AMO”, eu só respondi que também, toda cheia de vergonha. Foi muito Lindo mesmo!
    Estamos juntos até hoje! faz um ano dia 17/12 ♥

    E o sentimento só tem aumentado, de vez em quando ele liga só pra dizer que me Ama, como foi na 1ª vez!

  • lidiamanoel disse:

    Adorei o post!!
    Primeira vez que disse ‘Eu te amo’ fazia +/- 6 meses que estávamos juntos,numa das nossas loooongas conversas dominicais!
    A última,foi hj quando almocei com meu maridinho,daquí à pouco,vou lembrá-lo:vou dizer boa noite,seguido de ‘eu te amo MUITOOOO’.
    A declaração bacana recente foi a que fiz aquí,no nosso aniversário de namoro.
    Bom relembrar…
    Minhas vindas aquí sempre valem a pena!!!! ;D

  • Diego Fávero disse:

    o problema é que o “eu te amo” virou um “bom dia”. As pessoas falam sem saber o que realmente é o amor; dois dias ficando já dizem “eu te amo”. COMO ASSIM??? Fico puto com essas coisas …

  • Piscean disse:

    É realmente assustador dizer “eu te amo”.
    Mas o único medo meu foi a reação.

    Já fiquei com uma pessoa que disse que me amava em três dias ou pouco mais que isso. Esse episódio me deixou confuso. Eu tentava esquivar um pouco mas acabava respondendo quando ela chamava de “amorzinho”. Aconteceu que um dia depois da gente sair ela não queria mais nada. Descobri um tempo depois que ela é assim com todos e realmente fiquei decepcionado em saber como há pessoas que banalizam o amor dessa forma.

    Atualmente estou namorando e até pouco tempo estava com aquele nó no peito. Tive que pensar um pouco para falar, porque normalmente falo do jeito que me vem à cabeça. E me veio uma cena de filme, onde o “mocinho” corre atrás da “mocinha” com um punhado de rosas, lhe dá um abraço bem apertado, se ajoelha depois e fala “eu te amo”. É… Facilidade para sonhar há. O que faltava era um pouco de realidade.

    Então, com pouco mais de um mês, eu falei com um discurso um pouco descontraído que não tenho ideia da dimensão do sentimento amor, mas quando estamos com quem amamos, não ligamos para o tempo, nem o lugar, nem as pessoas. Ela falou que concorda e que o amor não pode ser medido porque ele cresce cada vez mais. Então ela perguntou se eu a amava. Respirei e falei “Sim, eu te amo”.
    E ela falou baixinho que também me amava.

    Ah, foi bonito. Mesmo não tendo meu ajoelhar no chão nem as rosas cortando a palma da minha mão ou o sorriso desesperado esperando uma resposta.

    Com o tempo e os amigos aprendi que o amor é um sentimento ameno. Ele pode ser expressado com um certo drama, um certo exagero, mas é algo que merece atenção antes de ser dado a alguém.

    Para mim, quando você diz a alguém que ama esta pessoa, você está misturando sua vida com a dela. Não que os lados não devam continuar saindo com os amigos e tal, mas que agora tudo importa. Tudo pode ser compartilhado.

    É uma das bases do relacionamento sério : cumplicidade.

  • Juliane disse:

    A primeira vez que disse te amo foi ontem, estamos juntos há 4 meses e por mais que seja difícil me expressar ficou tão claro pra mim que esse sentimento é verdadeiro porque já não cabia mais dentro de mim, e eu tinha que falar. Ele já me amava antes, mas ele tinha um certo receio de me deixar sufocada com tanto sentimento. Enfim, creio que foi na hora certa! ;)

  • Sthefany Alves da Costas disse:

    legal mais ainda nao sei como dizer eu te amo para um garoto

  • Nelly disse:

    eu conheci um garoto pela internet e nunca vi ele pessoalmente,mas a gente foi se envolvendo,e hoje ele diz que me ama com todas as certezas do mundo,mesmo sem nós nunca termos se visto,eu gosto de mais dele de mais mesmo,mas não sei direito se devo dizer que o amo,acho que por medo de assumir um relacionamento assim com uma pessoa que nunca vi,mas eu fico boba quando converso com ele,ele me faz muito bem,ele quer q eu diga que amo ele,mas tenho medo…Isso tá me tormentando de mais,tenho medo que isso que acho q seja amor for mais uma das minhas fantasias,mas como ter certeza?Eu não sei,só sei que ele é especial de mais pra mim,e não quero perde-ló.

  • LIDIANE ALVES disse:

    BEM EU JA DISSE EU TE AMO UMA VEZ ISSO A 15 ANOS ATRAZ BEM EU SO DISSE EU AMO VOCE ,, DAI ENTENDI QUE ESTAVA COMECANDO MINHA VIDA DE SENTIMENTOS ERRADOS E CERTOS,,,TIVE POUCOS NAMORADOS 3 SERIOS HOJE COM 32 ANOS EU ENTENDO QUE TUDO FOI UM APRENDIZADO UM AMADURECIMENTO ONDE TIVE MOMENTOS BONS E RUIM,MAS NUNCA TIVE VONTADE DE DIZER EU TE AMO ,ATE 5 MESES ATRAZ,,EXPERIENCIA UNICA E NOVA PQ EU NAO FALEI POR FALAR EU SENTI DE CORAÇAO ,ELE BATEU RAPIDO NOSSA HORRIVEL SENTI BEM E MAL MAS ACONTECEU .SO PEÇO A DEUS QUE ESTE EU TE AMO SEJA PRA SEMPRE, DITO UMA UNICA PESSOA QUE HOJE FAZ PARTE DA MINHA VIDA,,QUE DEUS ABENÇOA NOSSO RELACIONAMENTO ,,,BEM SE VOCE ACHA QUE NUNCA VAI SER FELIZ CALMA NAO AVANCA AS ETAPAS DA SUA VIDA DEIXA ACONTECER VOCE NAO ESTAR NO SEU TEMPO O TEMPO E DE DEUS,,,E SE POR VENTURA O QUE VOCE CHAMA DE SONHO ACABAR NAO FIQUE TRISTE ,LEVANTA E RECOMEÇA PQ VOCE E ESPECIAL . QUEM TE DEU A VIDA DESTRUIU A FORMA NAO FEZ OUTRO IGUALLLL,,,SO DIGA EU TE AMO SE O SEU CORAÇAO SENTIR PRIMEIRO,NAO JOGUE PALAVRAS FORA,LEMBRE SE,, EU TE AMO E SO PRA QUEM AMA A SI PROPRIO ,,,

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>