Home » Relacionamento

E quando o trabalho toma 110% da vida dele?

14 janeiro 2009 9 Comentários       Postado por Rafael R

O que pode ser pior que uma fase ruim no relacionamento?

Pior do que uma fase ruim num relacionamento é: Uma fase boa que é atropelada agraciada por uma avalanche de “jobs” direcionados ao seu parceiro. Que lógicamente não consegue se desgrudar da cadeira da agência, a não ser quando o meliante consegue enfiar tudo numa pendrive e trazer pra “terminar” em casa (ou seja, ele vai até as seis da matina no tectectec e você dorme sozinha, é claro!)

Nestas situações o que não fazer?

Ficar perguntando pro dito cujo se ele acabou, feito burro do Shrek não vai adiantar! Portanto ser insistente só vai fazer ele ficar com uma raiva mortal do toque de celular personalizado que ele põe pra quando você liga pra ele (é capaz dele mudar de “I’ll aways love you” para “Psicose”).

Marcar coisas com ele durante o período impossível de se cumprir um maldito horário, então, não marque nada com ele, dexe o dito cujo em paz.

Ficar comparando ele com o namorado da amiga que prestou concurso público e entra as dez da manhã, tem mil horas de almoço, e sai as 16:30 pra não pegar trânsito. Ninguém mandou você se apaixonar por um cara que(geralmente, assim como você) vive no mundo da “publicidade”.

Afinal, o que é permitido?

É super permitido, dar força para o cara, afinal se ele está se esforçando, e se há um motivo para ele atropelar sua vida por alguns anos dias, você como parceira não pode ser uma fonte de energia negativa, ranzinza que só faz reclamar. Ligue para dar bom dia, pergunte se o projeto está saindo como ele gostaria, deixe claro que você está ansiosa para ver o resultado.

Cuide da sua vida, e coloque em dia as coisas pertinentes somente a você: Unhas, novela, viagem/happy hour com amigas,  um check-up no armário, qualquer coisa dessas! E esteja 100% livre para vocês dois quando o projeto dele terminar.

E por fim, prepare algo legal para o dia da entrega do projeto, ou um dia depois. Se estiver calor, um fim de semana num clube ou praia com café-da-manhã reforçado, espreguiçadeiras e tudo oque houver de melhor para relaxar. A grana está curta? Um passeio num parque perto de suas casas, com direito a piquenique e soneca embaixo de árverezes.

Se pra você não vale a pena aguentar, não siga em frente com seu relacionamento.

Amar significa ceder, sua hora de dar duro no trabalho vai chegar, ele também terá que colaborar. Afinal de que vale tanta luta, sem alguém para comemorar contigo no final? Seja um bom motivo de esforço para uma melhora de vida e perspectivas, vale a pena!

Related Posts with Thumbnails
9 Comentários      Postado por Rafael R
­
­

9 Comentários »

  • Diego Fávero disse:

    Perfeito seu questionamento! Relacionamento é equilibrio das duas partes .. é saber respeitar pra ser respeitado .. é amar na alegria e na tristeza. Sei bem como é esse mundo da publicidade .. já fiquei esperando ela chegar de madruga, mesmo assim entendi o lado dela, dei o maior apoio!

  • Rosângela Martins disse:

    Super fofo o seu texto, ótimo tema para iniciar o Blog. Parabéns está perfeito e só me resta lhe desejar sorte e muito sucesso ao blog.

    Mas não podia deixar de comentar, e quando isso acontece com o casal, os dois atolados de serviços? O dois enfiados de trabalho até o ultimo fio de cabelo sem menor expectativa de comemorar os 3 anos de namoro, que por alguns instantes foram esquecidos? rsrs.
    Bom, amar é ceder, compartilhar, respeitar, tolerar, esperar, ter paciência, divertir, sorrir, chorar, ou seja, viver intensamente, mesmo que seja distante e se falando através do msn.
    Vida de publicitário não é facil, mas garanto que é divertida! rsrs

  • Bruna disse:

    Assino embaixo em tudo que tu falou… Amar significa ceder.. Afinal de contas isso pode acontecer conosco também, não só com eles né, daí os papéis se invertem e a gente quer o mesmo apoio deles!

    Abraços, Bru

  • Camila Sawagi disse:

    Oi.Simplesmente adorei o blog,gostei demais do post sobre alianças.

    Beijo e Parabéns

  • Rose disse:

    Olha, qnd meu ex tinha trabalho pra fazer (por sinal, ele SEMPRE tinha, e foi um dos motivos pra desgastar a relação), eu acabei me envolvendo e o ajudava. Ou então ficava lendo livros do lado. Foi ótimo pra minha cultura hauhauhauhaua

    Mas achei seu ponto de vista um tanto “mulherzinha” qnd vc mencionou isso: Cuide da sua vida, e coloque em dia as coisas pertinentes somente a você: Unhas, novela, viagem/happy hour com amigas, um check-up no armário, qualquer coisa dessas! E esteja 100% livre para vocês dois quando o projeto dele terminar.

    Experimente se envolver num trabalho sério tbm pra ver a repercussão q isso traz ao namoro!

    Trabalho é importante, mas tem que haver prioridades e espaço pros dois ficarem juntos também. Concordo qnd vc diz q, se não aguenta, termina. Quem cede demais, acaba se fodendo. Experiência própria.

    Um beijo

  • Murilo Netto disse:

    Concordo com a ponderação da Rose.
    A saída também passa pelo homem reconhecer que a situação é complicada para a mulher.
    Outra coisa importante: É a famosa questão do que é urgente e o que é importante… Será que esse tempo todo dedicado não é por falta de foco no planejamento? A escravidão acabou!

  • Weruska disse:

    Aiai…seu post me inspirou a ser mais paciente. Meu namorado está trabalhando 10 horas por dia e estudando na maior parte do tempo que “sobra” para a segunda fase da OAB e, confesso, de vez em quando enche muito o saco.

    Mas o jeito é respirar fundo e pensar que ele faria o mesmo por mim, aliás acho que seria até mais paciente do que eu estou sendo. Afinal, sou jornalista em começo de carreira e também terei meus finais de semana sacrificados em nome da informação.

    Parabéns pelo blog e pela inspiração para respirar fundo. =)

  • Kaléu Caminha disse:

    Obrigadão pelo post..
    Recentemente passei por algo semelhante com a minha namorada e fiquei bem perdido com a situação e chateado porque não conseguia dar atenção para ela como merecia.

    Ver o que você escreveu me ajuda a entender melhor até como nós homens devemos nos comportar e não esquecer que trabalhar muito de vez em quando é ótimo..mas é importante pra não acontecer sempre.

  • Lorrayne Borges disse:

    Haaha me identifiquei muuuuito com seu texto Alessandra, meu namorado está no último ano de engenharia, projetos, trabalhos, semana de provas, reuniões com o grupo de tcc no domingo às 8h da manhã…hahah animador?! mas vale muito a pena vê-lo cada dia mais perto de conquistar um sonho, de se formar e buscar os objetivos dele! O que importa mesmo é a qualidade do tempo que passamos juntos e não a quantidade! sou feliz…

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>