Home » Coisas dele, Histórias

“É você, Rafa!”

3 fevereiro 2012 2 Comentários       Postado por Ele / Ela

Por: Rafa Barbosa

Quando você sai de casa, é difícil imaginar que uma simples porção de granulados – no chão da casa de uma amiga (Oi, Belitcha! =D)- pode dar início a uma cadeia de eventos que, em alguns meses, resultará em um relacionamento com uma das garotas mais foda que conheço.

Foi basicamente assim que começou. Alguns granulados no chão e uma frase: “Relaxa, isso é coisa de Rafa mesmo. É o nome”.

Segundo uma pesquisa publicada em 2010 , uma pessoa leva apenas 0,2 segundos para se apaixonar. É algo tão rápido, que a informação provavelmente fica armazenada no seu subconsciente e só vai se manifestar de verdade alguns meses depois, no final de uma sessão de Thor, enquanto toca Walk do Foo Fighters (essa conclusão é totalmente pessoal).

Mas, entre você conhecer a pessoa, se apaixonar em 0,2 segundos e se dar conta disso alguns meses depois, vem toda uma trajetória antes. E milhões de coisas em comum que provavelmente ajudaram você (eu, no caso) a ter certeza de que ela é a garota certa.

Pra começar, o super-herói favorito dela é o Superman. Por coincidência ou não, também é o seu herói favorito. Como se não bastasse ela ter o mesmo nome que você e ser fã do Kal-el, a moça ainda tem uma paixão por pandas. Amigo, se isso não é um sinal, acredite, só uma placa, um anúncio na TV e uma fanfarra podem te mostrar que isso significa algo.

Pandas

Fora isso, milhões de outras pequenas coisinhas mostravam que vocês tinham uma, digamos, conexão. Estar pensando ou fazendo as mesmas coisas, como por exemplo comer pastel e assistir televisão, cada um em sua respectiva casa, sem ter noção que o outro fazia o mesmo. Ou então quando um sonhava com o outro, na mesma noite, com algo parecido. Quase como se fosse o mesmo sonho.

São tantas coisas que você realmente para pra pensar e chega a conclusão: tinha de ser.

Ah, e como eu poderia me esquecer? Quando vocês vão ao cinema e em determinado momento do filme toca uma música. E depois, quando vocês estão comendo um delicioso cheddar, a mesma música toca no lugar, como se dissesse: “tá vendo, Rafa? Isso é mais um sinal de que você tem que fazer alguma coisa”.

Mas ainda era cedo pra fazer algo. Ainda não tinha certeza. Até que…

Não sei se é pelo fato do cara ser o Deus do Trovão ou pelo fato de ter a Natalie Portman (era ela que cantava a música no filme citado anteriormente), só sei que ao final de Thor, quando começa a tocar Walk, dá aquele estalo e você tem certeza: “eu gosto dela”.

Você ainda não tem certeza se ela sente o mesmo e fica enrolando para fazer alguma coisa. Dá algumas indiretas no Twitter, conta dos sonhos que teve com ela, fala que está afim de alguém, morrendo de vontade de falar “é você ”, mas não consegue. Até que começa a perceber que algumas coisas que ela fala, tem muito a ver com você.

Então tem aquele primeiro momento, em que você se despede dela em frente a uma casa de shows, onde em algumas horas, uma das bandas favoritas dela vai tocar pela primeira vez no Brasil. Você se despede e a segura por mais um tempo, seu cérebro diz pra você puxá-la e tascar um beijo, mas seu corpo não responde a esse comando e você perde a chance. Ok, você já se acostumou a perder chances assim, mas com ela foi diferente. Você fica triste e pensa sobre isso.

Vocês descobrem mais e mais coisas em comum, até que, com um pouco de álcool, você cria coragem e manda, quase que diretamente, aquele recado: é você. E contrariando aquela insegurança que sempre bate nesses momentos, ela dá a entender que também sente o mesmo.

E finalmente, depois de assistir Kung-Fu Panda 2, com ela encostada no seu ombro, rola o primeiro beijo. E você percebe que não quer que aquele seja o único beijo com essa garota. Você agora tem certeza de que todo esse tempo valeu a pena, que as coisas em comum não eram a toa, que a “conexão” não poderia significar outra coisa. Você quer beijá-la mais vezes.

E, felizmente, estou tendo esses beijos até hoje. Com uma garota que, por mais tosco que isso possa parecer, é a minha versão com seios, mais magra e de cabelo maior. Tem até o mesmo nome, como eu já disse.

Pois é! Da outra vez eu não disse, mas dessa eu falo: É você, Rafa!

=)

(*) O post original está aqui.

Related Posts with Thumbnails
2 Comentários      Postado por Ele / Ela
­
­

2 Comentários »

  • Juliana Salles disse:

    Amei a história!!! De uma simplicidade cativante, recheada de sentimentos lindos!!

    Aconteceu comigo uma vez…ele falava que eu era a versão dele, mas de saia…coincidências enormes e um sentimento que brotava…

    Brotava…mas não floresceu. Desencontros, destino ou pura coincidência (novamente), só sei que perdemos o contato. Ele na Espanha e eu no Brasil.

    Poderia ter sido, mas não foi.

    Com vocês aconteceu e fico feliz de saber que está dando certo!!

    Felicidades para vocês!!

  • Solange disse:

    Que coisa mais linda!!! <3

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>