Home » Artigos, Relacionamento

Faça seu “pé-de-meia” na casa da mamãe

21 maio 2010 5 Comentários       Postado por Diego Fávero

Você que tem seus 15, 20 anos .. ou até mais, e ainda (não criticando) mora com seus pais, esse post é pra você!

Quando eu tinha meus 19, 20 anos e, ainda morava com meus pais, só pensava no famoso “carpe diem”. Eu já trabalhava, fazia facul, achava que “me bancava”, pelo fato de trabalhar e pagar “minhas contas” e então, toda grana que eu conseguisse era minha; só minha e eu deveria aproveitá-la da melhor forma possível: torrando até o talo!

Doce ilusão. Na verdade eu não pagava conta nenhuma. Não sabia o que era sustentar uma casa, uma família. Nem fazia ideia o que era IPTU, conta de gás, luz, água, etc. E pra onde ia minha grana? Carpe diem. Baladas, amigos, barzinho, presentes, auto-realização. E no final do mês, zerado! Ah, foda-se, né? Mês que vem, tinha mais.

E mês a mês a grana entrava e saía da minha conta que eu nem via .. mas me sentia feliz e realizado. Bastava. Eu era solteiro, não tinha com que me preocupar … tinha comida toda hora, roupa passada, quarto arrumado, casa limpa, tudo do bom e do melhor.

Aí foi quando me apaixonei. Tudo o que eu menos imaginava pra mim, veio à tona. Comecei a namorar e não demorou muito pra que fossemos morar juntos. E agora? Fodeu! Aí comecei sentir na pele o que realmente era me sustentar. Contas e mais contas e mal sobrava grana pra diversão. E quando mais precisei comprar um carro, cadê a grana que eu deveria ter juntado?? Tarde demais ..

Se você não guardar uma reserva de seu salário, mesada, ou seja lá qual for sua renda, você vai começar sua vida a dois debaixo .. do quase zero. Ou você pode ter nascido com o c* virado pra lua e ter um bom paitrocínio que vai te bancar e te mimar por toda a vida (o que eu não concordo e jamais aceitei) e servir como um pilar pro crescimento de vocês.

Por isso, tente se controlar. Não torre toda sua grana; peça conselho de amigos, dos seus pais ou alguém que entenda de finanças e comece a se organizar. Um bom livro que li, foi “Casais inteligentes enriquecem juntos”. É uma boa partida para você controlar suas despesas e pensar grande.

Suponha que você ganhe R$1000 por mês. Seja disciplinado em guardar todo mês 30% disso, ou seja, R$300. Ao final de um ano, você juntou R$3900 (com o 13º salário). Daria uma viagem bem legal no ano novo, hein? Ou um presente que você queria tanto ao longo do ano, mas não conseguia juntar pra comprar.

Aproveite a fase que você está sob o guarda-chuva dos seus pais. Não veja isso como uma coisa terrível e que você “não vê a hora de ir morar sozinho/sozinha”. Morar sozinhos não é nada fácil. Nem um pouco. Veja mais ou menos os gastos:

– aluguel apartamento 2 quartos R$1000
– condomínio R$400
– iptu R$140
– água R$25
– luz R$60
– INTERNET R$100
– faxineira R$120
– comida R$300
– LAZER (hummm lazer?? sobrou algo??)

E por aí vai… No final das contas, a vontade de “sermos livres” e cuidar da própria vida é sempre grande, mas na prática isso pode ser mais difícil do que parece. Se você achar que está pronto pra isso e quiser tentar, eu recomendo e digo isso por experiência própria. Mas, antes de qualquer atitude, faça o seguinte: pegue um lápis (ok, caneta serve), um papel e comece a anotar os valores de tudo o que vai precisar pra se manter. Faça isso no mínimo 3 vezes, até entender o custo disso. Se depois disso, você ver que vale a pena e que dá pra se segurar, apertado ou não, ai vai pra cima.

Algum de vocês já fez isso? Alguma outra dica que a experiência trouxe que pode ser compartilhada?

Related Posts with Thumbnails
5 Comentários      Postado por Diego Fávero
­
­

5 Comentários »

  • Tweets that mention Faça seu “pé-de-meia” na casa da mamãe | Diário de Casal -- Topsy.com disse:

    […] This post was mentioned on Twitter by Rafael R, Diário de Casal. Diário de Casal said: Faça seu “pé-de-meia” na casa da mamãe http://goo.gl/fb/1yN88 – Post do @diegofavero hoje no Diário de Casal […]

  • Mayara Godoy disse:

    Éé, eu já estou fazendo isso faz tempo… Há quase dois anos comprei meu carro (estou quase terminando de pagar, ufa!), e NUNCA torro todo o meu dinheiro… aliás, acho até que sou meio pão-dura, mas começar uma vida a dois deve ser mesmo complicado, e se a gente não tiver algumas economias – e principalmente o hábito de controlar os gastos -, aí sim o bicho pega. E eu sou como você, odeio depender dos meus pais, então, quando eu for sair da casa deles, não quero ter que pedir mais nada para eles.. hehe
    Gostei do post!

  • Nara disse:

    Não juntei nada desde que comecei a trabalhar hahahaha muito feio :( Mas é pq ajudo mamãe em casa ^^ meu namorado que guarda um bolão, qualquer coisa gasto o dinheiro dele huhuaeuha!

  • fabiano disse:

    poderia contar a internet como lazer rsrs, bem no caso de muita gente é trabalho rsrs, estou me decidindo em qual dos lados da internet vou ficar rsrs

  • Marina Laterza disse:

    Eh Dih, eu concordo com você e me identifico inclusive.
    Eu torro toda a minha mesada, nao guardo nada, mas realmente acho que voce está certo. Ir morar junto ou casar dependendo de pai e mão não é algo que eu queira (imagino que a maioria ne) pra mim. Mes que vem 30% vai ficar guardado

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>