Home » Coisas dela, Relacionamento

Fantasmas também amam

22 junho 2011 7 Comentários       Postado por Rafael R

Por: Meire*

É duro, é triste, é foda. Mas às vezes tomamos decisões que contrariam totalmente nosso coração porque sabemos que se as coisas continuarem como estão, os dois lados vão sofrer. “Escolhas são únicas”, e devemos respeitá-las. E dar um “fim” pode ser uma bela prova de amor. Aconteceu comigo, acontece com muita gente, de terminar um relacionamento sem que ele tenha terminado de fato. Ele continua dentro de cada um enquanto o amor não se vai. E se ele nunca se for? É porque não era mesmo pra ter ido, a história não acabou, só saberemos no final. E, quem sabe, esse final pode ser um recomeço? Esse post é em homenagem àqueles que guardam um amor no coração sem poder expressá-lo em um beijo. Praqueles que sabem que por mais que o casal não possa ser visto por aí, ele ainda vive dentro de nós.

De todos os fantasmas que me assombram, aquele que mais me assusta é o O Que Poderia Ter Sido. Não que eu sofra meus mortos, eu acabo sabendo levar a vida sem eles. Sem você, sem nós, sem aquele papo de amor infinito. Não que eu sofra por isso, e sei que você também não sofre, porque somos gêmeos na leveza. Mas é que às vezes uma saudade escapa do meu controle (agora é a hora em que você diz: não, ela não mudou nada, acha que ainda pode ter o controle) (agora é a hora que eu tento adivinhar o que você diria a respeito do que estou escrevendo se você me lesse com o raciocínio, mas estou errando, porque sei que me lê com o coração e o coração não faz comentários tão ridículos como este que eu inventei que adivinhei – sim, querido, continuo inventando o que as pessoas pensam a meu respeito, só pra achar – tola – que eu tenho o controle sobre a minha imagem).

Fantasmas
Pense um pouquinho mais…

O que mais me incomoda é essa coisa de parecer proibido te amar. O tempo passou, outras pessoas entraram em nossas vidas, e eu já não me sinto mais no direito nem mesmo de pensar em você. Mas que posso fazer se continuo não só pensando, mas também sentindo? Eu, que tanto prego a honestidade, não como uma obrigação moral, mas como a forma mais verdadeira de liberdade. Tenho sido tão desonesta ao te esconder de mim e dos outros, fingindo que te esqueci. De repente você virou meu segredo. Como se pensar em você fizesse de mim uma pessoa que tem uma vida dupla. De repente, eu não sou mais livre, porque não consigo te tirar de mim, embora eu aparentemente tenha conseguido. Ledo engano.

Não é uma reclamação, é apenas um desabafo. Sei inclusive que o que escrevo é tão secreto que chega a ser inútil escrever – mas você me conhece, sou teimosa. E, no fim das contas, ao que é inútil para os fatos ainda resta uma saída: a literatura. Sei que você não vai chegar a ler, porque eu não quero que leia. Não quero, porque se você chegar a ler, isso significaria que a porta ainda está aberta e que eu ainda olho pra trás, mesmo tendo outra vida pela frente. E não quero que saiba disso. Gostaria, eu mesma, de não me conhecer tão bem. Assim não me lembraria de você, sentiria apenas um mal-estar que não saberia explicar de onde vem. Ou teria sonhos com você, dos quais nunca me lembraria, e não seria importunada por essa lucidez violenta que me põe a escrever sobre um amor que supostamente matei, que supostamente deveria estar morto.

Não está.

Apenas incentivamos posts anônimos quando eles são de interesse da comunidade. Quer desabafar sobre algum tema específico e manter o anonimato? Entre em contato conosco e podemos fazer isso funcionar.

Related Posts with Thumbnails
7 Comentários      Postado por Rafael R
­
­

7 Comentários »

  • Juliana Salles disse:

    Costumo dizer que todas as pessoas tem um/uma ex que levam para sempre no coração…o amor acaba virando carinho…uma lembrança doce…

    E pode ser revivido ou não…depende de nossas escolhas!!

    ;)

  • Rodrigo disse:

    Bem, concordo plenamente com o termo “Fantasmas também Amam”, podemos passar a vida amando alguém secretamente. Mas seria saudável? Com certeza não. O único jeito, é ir matando um pouco a cada dia, até que chegue o momento que será uma pequena lembrança do passado.

  • Juliane disse:

    Depois de oito anos achando que a pessoa que está com você é o amor da sua vida, fica difícil não amar por mais um tempo um fantasma…ainda mais qndo não acabou por falta de amor, brigas ou coisas assim.

    Mas, uma hora passa..uma hora tem que passar.

  • Penelope disse:

    O título é realmente perfeito. Só não é saudável, apesar da dor, uma lembrança boa vai existir sempre.

  • Anônimo disse:

    Parabéns pelo post! Muito bom!! Eu acho que esse tipo de segredo nos faz pessoas duplas. Temos que seguir em frente, mas não há como se libertar de certas coisas. Não sei se isso é tão ruim… as vezes é o q nos faz diferente da maioria, ter um coraçao maior.

    Enfim… é a vida!

  • kel disse:

    Adorei o post! um dos melhores já escritos…

    Quando o amor vira carinho…

    Dói saber que estamos nessa situação.Dói mais ainda quando vc sabe que seu parceiro tbm esta nessa situação…e vc nao pode fazer nada…

    Porque machuca, mas vc compreende…

    Esquecer….A frase da Juliane ” Mas, uma hora passa, uma hora tem que passar” me relembrou outra:

    ” O tempo não cura todas as feridas….ele só tira o incurável do centro das atenções”

  • karlinha98 disse:

    Se é saudavel ou nao..isso acontece com muitas pessoas que amam secretamente alguem.: (

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>