Home » Coisas dela, Histórias

“Meu vício e minha cura”

21 maio 2012 10 Comentários       Postado por Ele / Ela

Por: Priscilla

O amor no início é inexplicável, as coisas parecem que precisam acontecer daquela forma para tudo se encaixar. E não adianta não querer. O destino dá um jeito de acontecer. É pra ser!

Três anos, três meses e três dias JUNTOS. E coloco “JUNTOS” em caixa alta mesmo, porque desde o primeiro dia, estamos JUNTOS de verdade. E nunca houve dúvidas. Ele estava no meu caminho, e eu? Eu estava no dele há muitas outras vidas atrás. Nos conhecemos em situações completamente desfavoráveis ao amor. Se naquele dia me contassem que teríamos uma história juntos, eu cairia na gargalhada. Éramos diferentes. Somos diferentes. Mas algo nos une. E une com tanta força e persistência… Que é difícil explicar.

Amor cura

No primeiro ano de namoro, é perfeitamente possível dizer que só brigamos uma vez. Estranho? Não sei. Mas foi perfeito! Hoje, com mais de três anos, todas as brigas que tivemos compensaram o primeiro ano sem. Poderíamos ter evitado? CLARO, sempre podemos evitar. Porém, se não tivéssemos brigado todas as vezes, não teríamos a certeza que temos hoje, de amor inabalável. Amor esse que já suportou muito. Amor esse, que ainda há de suportar mais.

Basta ser amor.

Problemas? Sim, nós temos. E muitos! Por mais que a gente queira, não podemos nos enganar. Ele me faz bem, mas ao mesmo tempo me arranca lágrimas. Eu sei isso não faz sentido, mas é assim que acontece. E sejamos sinceros, NENHUM relacionamento é perfeito. Há seus momentos de crise. Quem namora e não os viveu, prepare-se, vai viver. Porque se não viver, o relacionamento não vai durar. Se eu posso viver sem ele? Sim, eu posso! Mas não quero abrir mão de alguém que cuida de mim quando preciso, alguém que me mostra com atitudes todos os dias o enorme amor que sente, que me tira os melhores sorrisos e me proporciona os melhores momentos. Então, eu posso sim seguir sem ele. Confesso, seria dificílimo, porém, não impossível. Mas a necessidade de manter a felicidade atual é maior do que qualquer coisa. Pois é, isso se chama AMOR.

O amor? Amor é não querer se desligar nunca da presença. É sentir saudade todos os dias, inventar assunto pra não ter que desligar o telefone. É dividir o edredom e planejar o futuro debaixo dele. É cuidar quando estiver doente, sentir falta na hora de dormir. Sentir medo, ciúme, ser cúmplice, ter coragem. Amor é saber esperar. É não saber explicar. É dar gargalhadas, provocar, fazer pirraça, chantagem. É agradar. Não ter medidas. Amor é não cansar, ser forte e superar. É ter alguém, uma fonte, uma base, um amigo, uma força.

Se estivermos juntos no futuro ou não, ele sempre será minha imortalidade. Com ele vivi e aprendi tanto que hoje percebo o porquê de não conseguir ser o que era antes de conhecê-lo. Eu não sou mais a mesma pessoa. Eu mudei, e isso vai me acompanhar pra sempre.

O futuro? Eu consigo ver nossas manhãs de inverno. Passaremos todo o tempo embaixo do edredom, lá tem todos os nossos sonhos. Ele não irá cozinhar, eu muito menos. Então vamos pedir comida pelo telefone, claro que não vamos querer sair do quentinho. Quem iria? Reclamaremos com a atendente para não demorar demais, e pedir para ela caprichar na batata frita. Ficaremos com nossos travesseiros beijos e abraços, assistindo todos os tipos de filmes. Nas quartas-feiras e aos domingos vamos assistir aos jogos, acompanhar os campeonatos, mesmo que seja só pra secar o outro time. Eu gostaria de me enganar e dizer que nossas discussões só irão se basear em quem ama mais. Mas não, seria ilusão. Elas vão ser tristes e desgastantes, mas e o amor inabalável, lembra? Com certeza ele vai dar um jeito nisso. No futuro, além de tudo, vejo ele e eu juntos. E isso… Isso já basta!

Em um livro, que agora não lembro o nome, eu li:
– E eu me pergunto: Será que é amor o que nós temos?
E sem titubear ele respondeu:
– Se eu tivesse sequer uma dúvida que não fosse AMOR, eu já teria desistido de nós.

E a minha missão eu digo: É amá-lo ainda mais, é amá-lo mais do que posso até o fim, porque ele é meu vicio, mas também é a minha cura. ∞

Related Posts with Thumbnails
10 Comentários      Postado por Ele / Ela
­
­

10 Comentários »

  • Laura Moraes disse:

    nossa CADA PALAVRA desse texto descreveu meu relacionamento! amei, e que o amor vença sempre!!! FELICIDADES!

  • Suellen disse:

    Nossa.. Hoje completo exatos 8 anos de namoro, dentre eles 3 de noivado. Todos os anos passamos por momentos de altos e baixos.. a relação dá uma esfriada até por conta da rotina corrida, a monotonia e o saber que o outro sempre está ali faz com que a gente acabe sendo relapso em algumas atitudes. Mas esses periodos baixos são como a chuva, que depois de passar vem o sol lindo. Depois de brigas sempre temos mais amor, mais carinho.. até que a monotonia tome conta de novo.. E assim somos felizes juntos! :D

    Copiei um trecho:

    “Se eu posso viver sem ele? Sim, eu posso! Mas não quero abrir mão de alguém que cuida de mim quando preciso, alguém que me mostra com atitudes todos os dias o enorme amor que sente, que me tira os melhores sorrisos e me proporciona os melhores momentos. Então, eu posso sim seguir sem ele. Confesso, seria dificílimo, porém, não impossível. Mas a necessidade de manter a felicidade atual é maior do que qualquer coisa. Pois é, isso se chama AMOR.”

  • Lorena disse:

    Lindo texto. Me fez lembrar bastante o amor que eu e meu namorado sentimos um pelo outro. Parabéns a autora do texto, por saber expressar em palavras tão lindas um amor com todas suas perfeições e imperfeições.
    O amor ao meu ver é a base de tudo,sem amor nada é bom o suficiente.

    Acho que um dos melhores textos que já li aqui.

    P.S: Veio através desse relatar que copiei um parágrafo do texto e o colei no mural do meu Facebook. ;D

  • Jacqueliine Lopes disse:

    Perfeito!

  • Bruno disse:

    Parabéns!
    o texto é foda. Lindas palavras.
    Namoro há 4 anos e amo minha namorada demais. Não sei se ela me ama tanto assim quanto a autora do texto ama seu namorado e nem se me ama o quanto eu amo. Nosso relacionamento teve altos e baixos várias vezes, ao ponto de terminar. Mas eu sei que ela é a mulher da minha vida. Não posso deixar ela ir embora assim. Não posso abrir mão do meu amor, tão facilmente, por mais que os momentos de raiva me façam desistir.
    Desistir é mais fácil….as pessoas pensam assim. DESISTIR É A PIOR COISA. voce abre mao do que tem. É a mesma coisa que dizer: Tá bom, deixa isso pra lá, me faz muito feliz, mas nao quero mais porque agora ta me irritando.
    NUNCA DESISTA DO AMOR DA SUA VIDA. NUNCA!

  • Gabriela disse:

    OMG! Perfeito esse texto! Descreve meu namoro e meus sentimentos! *-* Amei, amei!

  • Gabriela Zanella disse:

    perfeito, perfeito! *-*

  • Jacqueline Schultz disse:

    Sim, concordo. Adoro o Diário de Casal, sigo a mais de 1 ano. Já me ajudou bastante a refletir. Bjs
    (http://jacdiario.blogspot.com.br)

  • Flavinha disse:

    Estou passando por uma fase muito ruim com o amor da minha vida.
    Me identifiquei muito com o texto e ele me deu forças pra não desistir nunca! Embora ele esteja muito chateado com a nossa última briga, eu não vou desistir, porque eu o amo demais e sei que é pra sempre!
    Obrigada por mesmo sem saber, me ajudar!

  • Tati disse:

    Mandei esse texto pra ele, e ele disse que desistiu.
    Ele desistiu do nosso amor.

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>