"No fim, eu via o rosto dele em todos os lugares e pessoas..." - Diário de Casal

Home » Coisas dela, Crônicas

“No fim, eu via o rosto dele em todos os lugares e pessoas…”

2 Janeiro 2018 Comente!       Postado por Ele / Ela

Por: M*

Sabe quando você se relaciona com alguém e desde o primeiro minuto é algo transformador, único e realmente incrível? Foi assim, quase que me apaixonando nas primeiras horas de conversa, que comecei a conhecer melhor alguém que já tinha visto em rodas de amigos mas que nunca tive a oportunidade de conversar. O estranho é que tudo, exatamente tudo o que eu gostava, havia feito ou pensava em fazer na vida tinha como resposta um “eu também fiz”, “eu também gostei” ou um “eu também quero fazer”. Era quase impossível não se entregar naqueles primeiros momentos.

Fato é que, justamente por não conhecer totalmente, acabou que foi uma das relações mais incríveis que já tive na vida. É como se eu realmente achasse no meio da multidão alguém que havia tido experiências e estava completamente pronto para me entender, me divertir e me fazer amar. Não consigo ver isso de nenhuma outra forma. Pela primeira vez em anos me senti completa, feliz, com vontade de fazer planos e pronta para seguir adiante.

Qualquer pessoa no mundo ficaria surpresa ao saber que com a mesma velocidade e intensidade que começou chegou ao fim. Sem explicações, sem desculpas, quase sem palavras. E então eu me vi ali, naquele turbilhão imenso de emoções tendo que lidar com o fato de que simplesmente acabou um relacionamento dos quais eu mais apostei e imaginei que daria certo por um longo tempo. Talvez, no final das contas, tenha me faltado uma explicação racional sobre aquilo, uma motivação legítima para um término inesperado. Talvez eu tivesse investido demais minhas emoções em alguém que, na realidade, não estava na mesma vibe que eu. Talvez, talvez, talvez…

Espelho vazio
Eu ando vendo você em todos os rostos…

Sabe, me dói mais o fato de que eu procurei muitos “talvez” para tentar me fazer entender que o final dessa história poderia ter sido por algo que fiz, algo que deixei de fazer, algo que poderia ter feito diferente. Mas ao mesmo tempo, eu sempre sinto que me entreguei de forma plena e fui feliz, fazendo alguém feliz nesse processo. Foram poucos meses de algo que tinha um potencial enorme e saber disso ainda me deixa chateada, um pouco.

Ainda hoje não consigo evitar de pensar nele, no rosto dele. Eu vejo o rosto dele em pessoas aleatórias na rua, com esperança de encontrá-lo e finalmente ter uma conversa séria sobre como havíamos chegado ao fim de algo tão forte. Penso nele a cada vez que vou cozinhar, porque uma única vez na vida ele disse que adorava cominho e que por ele colocava em qualquer comida que fosse. Sinto a presença dele por causa de um anel, que ele acabou esquecendo na minha casa, em uma noite onde estávamos realmente felizes. Eu realmente sinto a falta dele nos meus dias, embora tenha certeza de que será sem ele que vou seguir.

Nunca tive a chance de discordar do término. Nunca tive a chance de entender o término. Aceito totalmente que tenha chegado ao fim, mas… juro, me faltou a porra de uma oportunidade de falar um “você está louco” ou qualquer coisa assim. Hoje eu só quero parar de ver o rosto dele em tudo e seguir com a minha vida. Fui feliz enquanto durou, não me arrependo de nada mas por um tempo ainda vou sentir a falta dele. E, assim que passar, vou estar pronta para outra, como sempre estive. É o que importa no final, não é?

Quer dividir a sua história com o mundo inteiro? Não deixe para depois, descubra como participar do Diário de Casal e não deixe para depois!

Related Posts with Thumbnails
Comente!      Postado por Ele / Ela
­
­

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>