Home » Especial

Noiva Neurótica: Como fui pedida em casamento!

10 junho 2010 11 Comentários       Postado por Ele / Ela

When you realize you want to spend the rest of your life with somebody, you want the rest of your life to start as soon as possible. (When Harry met Sally)

Não sei se é sonho de todas mesmo, mas fato é que, desde que me dou por gente, eu SEMPRE quis MUITO casar.

Não, eu não me lembro o primeiro casamento em que fui. Mas lembro de que com 3-4 anos, já casava todas as minhas Barbies, usava fronha na cabeça para brincar de noiva e anel de doce para usar de aliança enquanto brincava de mamãe-filhinha.

Provavelmente mereça uma terapia, eu admito. De qualquer forma, nunca fui a louca que queria casar a todo custo e com qualquer um. Durante a adolescência, os únicos resquícios visíveis da minha compulsão eram as comédias românticas, o namorado (passei a adolescência toda namorando o mesmo carinha…) e com ele a crença absoluta de que nos casaríamos um dia, teríamos nossos apartamento, uns 10 filhos e ele me amaria mesmo gorda, mal-humorada e para todo o sempre.

O romance que deveria durar ad aeternum terminou junto com o meu primeiro semestre de faculdade. Anos solteira, viagens, muito trabalho e estranhamento o sonho continuou latente. Quero dizer, não sei se aconteceu com mais alguém…mas eu SEMPRE soube que iria casar e ponto.

Verdade seja dita, concomitantemente eu não tive lá muita paciência com noivas. Eu acho gente que acha que o casamento dela é tão importante para os outros quanto é para ela. “Ninguém pode ver meu vestido. É surpresa!” Claro querida, não vou nem dormir pensando que só vou ver seu vestido no dia do casamento.

Não sei como, mas sei que eu e o Gustavo começamos a falar sobre o nosso casamento no dia em que começamos a namorar. Nada de neuroses, foi uma conversa divertida, num daqueles momentos românticos em que a gente é capaz de falar sobre nome de filhos e viagens em família. Parecia a coisa mais certa do mundo que deveríamos ficar juntos.

Foi com essa naturalidade que compramos nosso apartamento, que discutimos se iríamos morar juntos e que decidimos que era hora de começar a organizar, de fato, nosso casamento. Tudo isso em cerca de um ano.

Não, ele não é um grande fã de igrejas. Na verdade, fica até mal-humorado dentro de uma. Não, ele não morre de amores pela ideia de pagar uma fortuna na festa e manter o apartamento financiado. Mas ele sabe o quanto é importante para mim…e comprou a ideia. É a NOSSA festa.

De qualquer forma, eu disse que gostaria muito de um pedido romântico…e ele me decepcionou dizendo que o faria até meu aniversário. “Mas está muito longe…”

Em um sábado em que eu não trabalhei, ele me acordou de manhã (eu havia dormido na casa dele) com uma pressa fora do comum. Veja bem, amigo/a: ELE é o cara que quer dormir até tarde, que odeia acordar cedo, que eu tenho sempre que esperar tirar o cansaço da semana agitada acordada, no computador…rs Disse que eu estava dormindo muito e que ele queria passear pela Paulista comigo porque o dia estava lindo.

Não, eu não desconfiei. Nem quando ele não me deixou pegar o metrô para ir do Paraíso à Consolação, onde costumamos almoçar. “O dia está lindo, Neném. Vamos andando…” Hein? Andando? EU?

De repente ele parou (antes mesmo de chegar à Brigadeiro, ali perto do shopping Paulista), fez uma “casinha” com as mãos porque eu não o via por causa do sol e começou a falar. Falar que queria o que ele mais queria era casar comigo, que ele sabia que eu era meio fissurada com essa coisa de festa grande, pedido grande…que eu teria a minha festa, mas que eu tinha deixá-lo fazer o pedido simples, do jeito dele. Disse um monte de coisas lindas e repetiu: QUER CASAR COMIGO? No que eu disse “claro que eu quero, você sabe..” achando que era mais um dos pedidos informais dele, ele me pegou pela mão e me empurrou para dentro do Shopping: então vamos comprar as alianças AGORA!

Hein?

Noiva neuróticaNunca nos casamos antes e achamos que as alianças ficavam prontas no mesmo dia. Ledo engano. A vendedora da loja deu 20 dias de prazo… Não, ele não ia deixar barato. Ele não é assim. Colocou uma condição: eu não poderia contar para ninguém, além da minha prima-irmã.

Como assim????????? Eu PRECISO gritar para o mundo que vou casar COM VOCÊ!

Numa tarde de sábado, aqui em casa, enquanto eu fuçava a internet para saber como ir para Bauru visto que a minha afilhada tinha acabado de nascer, ele colocou minha mãe sentada no sofá do lado do meu pai e começou a falar.

WTF?! Ele vai falar com meu pai sem a aliança? Mudou de idéia? O que esse doido está fazendo??????

E aí ele tira uma caixinha do bolso, vira pra mim e pergunta: “Seu pai deixou. E você, quer casar comigo?” – alianças na mão!

Alguém aí já teve a impressão de estar vivendo uma coisa que sempre quis viver e na hora h nem acreditar? Pois é. Não sei nem por onde começar a listar as felicidades que o Gustavo me dá todos os dias.

No dia seguinte, fomos com a minha família almoçar num lugar lindo…Foi provavelmente o domingo mais lindo da minha vida. Na primeira semana de julho vamos comemorar com a família dele, em BH. Assim, tudo do jeitinho que eu queria: nada de festa de noivado, mas com todas as comemorações às quais temos direito.

Estou noiva. Uma semana depois marcamos nossa data. E agora faltam só 376 dias para que fiquemos juntos oficialmente, perante a lei e perante Deus. Gu, amor da minha vida: Feliz primeiro e último Dia dos Namorados. Não vejo a hora de ser sua esposa.

Nós, do Diário de Casal, aproveitamos o post pra desejar toda a felicidade do mundo a esse casal que apareceu aqui por acaso, nas palavras da Ise, e que já fazem parte, de uma forma virtual ao menos, de nossos cotidianos. Uma vida longa ao casal e que sejam muito felizes com essa escolha. Outros detalhes sobre os preparativos do casamento da Ise serão compartilhados por ela no blog Noiva muito neurótica. Quem quiser acompanhar o andar das coisas, fique a vontade. – Rafael R

Related Posts with Thumbnails
11 Comentários      Postado por Ele / Ela
­
­

11 Comentários »

  • Tweets that mention Noiva Neurótica: Como fui pedida em casamento! | Diário de Casal -- Topsy.com disse:

    […] This post was mentioned on Twitter by Rafael R, Thaise Pregnolatto. Thaise Pregnolatto said: RT @diariodecasal: Noiva Neurótica: Como fui pedida em casamento! http://bit.ly/aUMI35 […]

  • Mayara Godoy disse:

    Gente, que história linda! Arrepiei… parabéns pelo casamento, que vocês sejam sempre muitoooo felizes! E não esquece de colocar as fotos do casório aqui, ano que vem :D

  • Diego Fávero disse:

    Bem-vinda ao time!!!
    Qdo eu noivei foi mara (depois procura aí no blog o post ‘noivar é mara’) .. é um dia muito especial mesmo.
    Qual a largura da sua aliança? rs .. eu sempre quis fininha e ela mais grossa, pra caber a pedrinha de brilhante .. esse foi o único ponto que “discutimos” haha .
    Parabéns, agora, encoleirados de vez!! rs

  • Ana Júlia disse:

    que liiiiiiiiinnndo ! felicidades pros noivos , tudo de bom !

  • Maya disse:

    É,thaise caiu aqui do nada nesse blog…eu até acho que lembro (hehe,olha a certeza!) que foi em post sobre amor de internet. Pois bem,acho muito fofinha a historia dela.

    Faz parte mesmo desse blog :)

    Desejo muitas felicidades! ;*

  • Thaise Pregnolatto disse:

    Sério, eu adoro postar aqui porque o povo é muito legal! Acolhedor mesmo. Olha essas mensagens lindas aí…

    Essa foto aí das mãos com aliança é nossa mesmo!! hahaha Tiramos no almoço de comemoração com meus pais. Dá para ver? Eu sempre quis aliança lisa, porque queria que ninguém confundisse com um anelzinho! hahahahahahaha neurótica é a mãe…. E nem fininha, nem grossa…algo bem intermediário, muito tradicional mesmo!

  • O Noivado « NOIVA MUITO NEURÓTICA disse:

    […] à família – terá possibilidades de execução ad infinitum. No meu caso, o pedido aconteceu assim mas o noivado “oficial” foi celebrado só com a minha família (pais e irmão), em um […]

  • Rafa disse:

    Ai que linda a história!!!!!!
    Acho que o romantismo está na simplicidade das coisas…
    Adorei o pedido dele, super romântico e nada megalomaníaco rsrsrs
    Meu namorado diz que tem medo de inovar e eu estragar…tipo, colocar na sobremesa e eu comer inteira hahahaha (bem capaz)
    Mas espero que seja assim tb, totalmente sincero e fofo…pq não há nada mais romântico do que amor verdadeiro :)

    Tb quero igreja e festa…e tudo mais que tenho direito, mas pelas atuais condições, não sei se terei festa…porém da igreja não abro mão ! Aliás, vou casar na msm igreja que casou minha vó e minha mãe :)

    beijoca
    e parabéns !!!

  • Thaise Pregnolatto disse:

    Pois é, Rafa! Eu que queria algo megalomaníaco, derreti quando ele começou a falar da simplicidade com que precisava fazer aquilo, do jeito dele…foi muito legal mesmo. Faz a gente ter certeza do que a gente quer para o resto da vida.

    E olha: existem alternativas para fazer uma festa bonita e gastar pouco. Dá para investir no bolo e champagne, por exemplo…pelo menos para pais e padrinhos! Ou pegar uma assessoria de casamento como a gente pegou: nosso limite máximo de gasto na festa está definido em contrato! Muito legal mesmo…

  • Lu disse:

    Nossa, que lindo!!!!!!!!

    Seu noivo/marido não poderia enviar um email pro meu namorado/marido não??? Ele é um gênio!
    Então, foi mais ou menos assim. Há quase 6 anos atrás nos conhecemos e no mesmo dia já começamos a namorar e falamos sobre casamento, filhos e onde moraríamos. Uns 2 anos depois eu fui morar na casa dos pais dele e no ano passado finalmente conseguimos comprar nossa casa. Combinamos que só casaríamos quando estivéssemos na nossa casa, nos mudamos no Natal de 2010 e até agora nada. Eu não quero casar na igreja e nem nada pomposo, mas a sensação é que estamos acomodados com a situação. Ficou acertado que casaríamos, não teve pedido e eu realmente necessito disso.
    Ele quer casar e vive falando pra gente dar entrada no cartório, mas assim parece obrigação. Só vou fazer isso quando for feito oficialmente o pedido e exista um anel.
    Me ajuda a fazer esse homem entender que precisa do pedido!!!!

  • natiélle disse:

    Parabens nossaachei linda a sua historia e confesso q fiquei
    ate com um pouquinho de inveja pois queria tanto ser pedida emcasamento pelo meu namorado,mas ele é daquele tipo q não ve importancia no casamento…aí fico um pouco triste e com medo de não realizar meu sonho!

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>