Home » Coisas dela

O amor próprio num relacionamento a dois

1 junho 2010 10 Comentários       Postado por Alessandra Ferreira

Não importa como tudo começou, se você era a mocinha difícil ou ele o rapaz impossível de conquistar e tirar da buatchy. Se no desenrolar da relação ela sempre teve um único ritmo “ela manda e você obedece”, “ele ameaça ir embora e você se fecha” acredite, nada disso vai funcionar.

Amor próprio
Você precisa SE amar

A primeira lição de todas que cada um deve aprender para ter um relacionamento bom e saudável é aquela dose boa de amor próprio. Aquilo que só você pode oferecer ou até mesmo o jeito com que sua mão repousa nos cabelos dela: certeira, suave, carinhosa e provocativa.

Você tem que se garantir, se sentir único de alguma forma e depois disso avaliar o retorno da pessoa que você ama.
SIM! Você tem que saber se está sendo correspondido e qual nível de satisfação seu parceiro está: Pegando fogo ou já num ponto baixo. Você precisa conhecer o momento em que o outro está, independente de você assim você conseguira contruir o nós.

Não confunda ser correspondido com: Eu faço um coração com as mãozinhas na tv pra ele e ele não. Ninguém precisa ser ridículo como você e ter as mesmas atitudes para demonstrar um sentimento verdadeiro. Talvez aquele olhar tímido dele enquanto te diz “Você está linda com esse vestido. Adoro suas unhas quando estão sem esmalte!” signifiquem muito mais do que o helicóptero jogando flores enviado por um multimilionário.

Bem é isso gata, você tem que ter vida própria. Ele tem que ter o que conversar contigo e segurança pra sair com os amigos dele. Não é segurança do tipo que envolve traição e sim que você pode se divertir sem ele, num tipo de balada que você ama ir pra se jogar na pista enquanto ele bebe com os amigos de fala sobre mulher, futebol e tudo o que ele tiver que conversar com os amigos dele.

Não deixe a rotina acomodar o sentimento e atitudes de vocês. Surpreenda-se aos poucos, tente atividades físicas / intelectuais para se atualizar. A pessoa que conhecemos no início do relacionamento, já não é mais a mesma e você também não pode parar no tempo.

Dê ao seu par todos os dias um motivo diferente para ser amado. E principalmente, pra se amar. ;D

Beijos,
Alê

Related Posts with Thumbnails
10 Comentários      Postado por Alessandra Ferreira
­
­

10 Comentários »

  • Diego Fávero disse:

    assita Sex and the city 2 .. tem umas dicas boas de como não deixar o clima esquentar de brigas e/ou esfriar de comodismo..

  • Tweets that mention O amor próprio num relacionamento a dois | Diário de Casal -- Topsy.com disse:

    [...] This post was mentioned on Twitter by Rafael R, Diário de Casal. Diário de Casal said: O amor próprio num relacionamento a dois http://migre.me/KSKs – Post de hoje no Diário de Casal (Ret pra vitória) [...]

  • heidi disse:

    Incrível é o quanto a gente muda depois de um tempo.Pq acaba mesmo, esquecendo de si mesmo e só pensando no outro.E isso é péssimo.Tem dias que me identifico perfeitamente com o que está escrito!

  • Rafa disse:

    Concordo ! Em gênero, número e grau !
    Ótimo post.

    beijos

  • Ana Júlia disse:

    mudamos mesmo! deixamos de fazer coisas que gostamos por causa do outro, e até sem perceber.. pra evitar uma briguinha!
    se não tomar cuidado, você se transforma em outra pessoa, que já não vai mais saber sobreviver sem o seu namorado .

  • Cadu disse:

    Poxa Ale, eu escrevi um post no meu blog q tem td haver com isso http://www.noimproviso.com/como-foi-seu-dia

  • Monique disse:

    Adorei o post.
    Você esta certíssima!
    Temos a mania de tentar medir o amor que o ooutro sente por nós através de atos românticos, temos que entender que as pessoas ama de diferentes formas, umas são mais românticas, outras menos, outras simplesmente não são! Não se pode medir o amor deste forma.

    Outra coisa que achei muito interessante, é quando você falou sobre ter vida própria, quando nos relacionamos, temos a mania de “ser um só”, como se fossemos colados, e ai acabamos perdendo a nossa identidade, nossa essência, isso não é saudável.

    Beijos em todos!
    Nique.

  • tauam disse:

    eu quero enloquecer a minha molher como que eu faso para acomtecer isso de verdade beijokas gustavo

  • andreza disse:

    parabens é muito boa essa mensagens

  • Gilson Melo disse:

    Sim, sou mesmo.

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>