Home » Coisas dela, Histórias

“Passou, mais restou”

31 outubro 2011 3 Comentários       Postado por Ele / Ela

Por: Jacqueline Evellyn

Já um tempo venho curtindo este blog, e sempre tive a idéia de um dia fazer uma surpresa para meu amor Ed, sei lá uma ocasião especial ou tornar um dia especial. Mais infelizmente a ocasião hoje é outra, não estamos mais juntos há uns dois meses, e apesar de gostar dele e querer ficar com ele, sinto que o vazio que habita entre ambos não irá permitir tamanha felicidade. Irei relatar minha história melhor para vocês entenderem.

Tudo começou quando recebi um convite para trabalhar em outra área da minha empresa, lembro como se fosse hoje 20 de setembro de 2010 Segunda- Feira, lá estava ele um simples colega de trabalho, confesso que não obtive nenhum tipo de interesse por ele , nem si quer me simpatizei, que não foi o caso da parte dele, ele sempre me disse que foi amor a primeira vista. Daí em diante veio à melhor parte a “conquista”, ele não mediu esforços, piadinhas pra lá, elogios pra cá, emails e telefonemas, sempre me convidava para ir ao cinema, mais sempre esquecia que tinha convidado, é ele têm essa característica as coisas somem da memória dele sem deixar rastro, não levei ele muito a sério. Quando um belo Domingo de sol, estávamos conversando pelo MSN, eu o convidei para ir ao shop, conversar conhecer melhor se é que vocês me entendem, ele aceitou facilmente. Foi um dia inesperado, sabe aquelas chuvas de verão? Que não tem como sair na rua por que se não morre afogado! Pois é quando anoiteceu caiu uma dessa, não tive escolha partir para o ataque, já estávamos ali mesmo por que não? Eu não acreditava muito nessa história de “pele”, mais quando eu cheguei perto e senti o cheiro dele me dei conta que estava simplesmente apaixonada, e queria ficar com ele sem pensar em nada.

Daquele dia em diante só felicidade, apesar de não ter passado as festa de final de ano com ele (tortura), terminei o ano da melhor maneira possível, passeios, cinema, praia, não tinha como ficar longe dele. Recebi flores, bombons, presentinho é apesar de trabalharmos juntos era inviável ficar sem dar um só beijo nele ao longo do dia, adorava cuidar dele, finais de semana juntos, aquela vontade de incontrolável de deixar ele bem, de estar com ele, eu sei gente papinho de apaixonada.

Aí após os três primeiros meses vieram os problemas, aquela frase que eu ouvia dele quando brigávamos ou quando eu cobrava algo “O inicio é o inicio”. Todas as vontades foram passando e o fato de trabalharmos juntos não era mais legal, presentinhos e flores? Passado. Brigas discussões sempre da minha parte, todo mundo sabe que as mulheres são mais exigentes cobram mais do que o Homem, para eles tudo está bom com tanto que ninguém perturbe a cabeça deles. Enfim desgaste total de repente veio à luz no final do túnel a ultima chance, decidimos fazer uma viagem juntos tipo “ou vai ou racha”. Foi uma boa idéia? Eu me pergunto até hoje, apesar de não me arrepender. Passamos uma semana juntos de noite brigávamos e de manhã fazíamos as pases. Através da minha infantilidade e falta de compreensão, junto com a falta de paciência e egoísmo dele, egoísmo sentimental não material, era tudo muito difícil, mais fora isso os momentos que estávamos bem foram muito bons.

Sam

Voltamos de viagem e após 23 dias, no clima frio que já estávamos brigamos, no momento achei que seria apenas mais uma briguinha boba, mais eu já estava cansada e ele muito mais, empurramos com a barriga durante duas semanas, conversamos, conversamos e conversamos ai decidi terminar mediante as condições no qual nosso relacionamento se encontrava. Arrependo-me sinto falta dele. Meu namoro de apenas sete meses, foi simples, mais era exatamente essa simplicidade que eu estava procurando.

Não sinto falta dele, simplesmente por que não estamos juntos, muito pelo contrario sinto falta, por ele ainda ser presente no meu dia, quando penso em fazer algo que gosto, o que significa tudo que fazíamos juntos, fora o detalhe de que ainda trabalhamos na mesma empresa, muito ruim, já dizia o ditado “Aonde se ganha o pão não se come a carne”.

Mais enfim aprendi que um relacionamento só acaba totalmente quando, tudo acaba, pois se ainda há vontade de ficar junto, desejo e saudade, querendo ou não você ainda se sente envolvida, através deste conceito percebi que o meu relacionamento ainda não acabou pra mim. Alguns amigos me questionam “Você ainda gosta dele?” Sempre respondo “Algum dia neguei isso para alguém?”. Apesar de não ter expectativa nenhuma ainda tenho vontade de estar com ele, algo muito estranho, pois, quando passo por ele não sinto essa vontade, vontade no qual só aparece quando me lembro do passado, do jeito que me tratava, quando me chamava de princesa. Creio eu que ainda estou muito ligada a todos os momentos que passamos juntos, a ele em sim não consigo pensar em outra pessoa do meu lado a não ser ele, na verdade queria tudo de novo. Acredito que hoje ele sabe o quando gosto dele, e se não sabe não tem mais como saber, antes ele dizia que não entendia e nem acreditava, mais quem entende o amor? Acreditar? Para que? Senti-lo é o suficiente.

Termino por aqui deixando um texto muito lindo, que mandei pra ele em uma de nossas brigas expressando exatamente o que eu queria, e o quanto eu gosto dele. Confira!

Ed, ♥
Felicidade é algo que você decide por princípio.
– E eu já decidi que vou ser feliz!
É uma decisão que tomo todos os dias quando acordo.
Mais quero ser feliz ao teu lado, mesmo se houver turbulência!
Cada dia é um presente com você, pois você sem querer é perfeito. E enquanto meus olhos abrirem vou focalizá a felicidade no novo dia, e também nas boas lembranças que eu guardo
em tudo que passamos juntos (da saudades).
Sei que na minha caminhada tem um destino e uma direção, por isso devo medir meus passos, prestar atenção no que faço, e nas coisas que fazem por mim. Eu só peço que pense sempre antes de tudo! Porque não quero te magoar, espero que também pense assim.
Eu te amo muito, é amor intenso, é amor verdadeiro isso eu te garanto do fundo do meu coração, e quando reclamo de você e por que entro em desespero em ver que você não está sendo como antes, ou melhor, você não estar sendo VOCÊ. E isso não pode deixar acontecer.
Amor, quero você pra mim, quero cuidar de você, você não está entendendo “Eu vou equalizar você numa freqüência que só a gente sabe”.
Quero que saiba que você foi feito sob medida pra mim, eu quero sempre estar com você. ♥
Quero ser igual a você uma namorada perfeita (um pouco ciumenta) mais perfeita, ainda tenho esse desejo.

Related Posts with Thumbnails
3 Comentários      Postado por Ele / Ela
­
­

3 Comentários »

  • Naty Lima disse:

    Quero te desejar-te muito Boa Sorte!
    Que todos os seus sonhos, se realizem e que Deus lhe dê tudo em DOBRO!
    Estarei sempre ao seu lado, mesmo parecendo estar distante. Sei que temos nossas desavenças mais aprendi a gostar de você!

    Sucesso!

    Bjos
    Naty Lima

  • FLORZINHA disse:

    Passeando por este blog, vi essa história e por incrível que pareça, ler isso ainda fere um pouco…tem muito a ver com a sua historia, Jacqueline….
    Namorei um cara chamado Ed conheci em abril de 2010 e ficamos juntos até Janeiro de 2011, namorávamos sério e ele frequentava minha casa e comnhecia a minha família. Um dia olhando o orkut dele,mais ou menos em outubro de 2010 vi que tinha uma menina que deixava vários recados, perguntei quem era e ele disse que era apenas uma amiga de trabalho que não a conhecia direito e que ia excluí-la do orkut, pq não queria ela lá..que ela dava mole pra ele…e assim o fez…tempos depois tivemos algumas discussões, passaram as festas de fim de ano e ele distante..recebendo telefonemas misteriosos, inclusive no reveillon, que ele estava na minha casa, mas achei que era coisa da minha cabeça e curioso que ele também tinha esse problema de esquecer as coisas, acho que temos muito em comum na nossa história . Por fim terminamos ele pediu um tempo para pensar pois estava ”doente”e dizia que era muito ruim com as mulheres, era um idiota infeliz, que não poderia amar ninguém..mas mesmo assim deixou um recado dizendo que tudo iria passar e me adorava, me chamando de Princesa (também ) como sempre…
    Eu sofri muito achando que tinha feito algo de errado, querendo ajudá-lo, pois gostava muito dele…doeu demais aquilo, me separar dele, eu não estava entendendo nada. Uma semana depois, vi fotos dele com a menina do trabalho dele na praia..e como doeu ver aquilo.. Eu até hoje não entendo porque não houve sinceridade… e como conseguiu tamanha falsidade durante esses 8 meses que estivemos juntos..mas passou…Lendo sua história , me identifiquei bastante com a minha..em alguns pontos..mas Deus sabe o que faz, Jacqueline..

  • Jacqueliine disse:

    Olá Florzinha!

    Realmente a nossa “ANTIGA” situação é parecida, e muito complexa. Eu confesso que já conhecia a sua história Rosiane, não com tantos detalhes, detalhes no qual valeriam muito há uns cinco meses atrás, hoje em dia não fazem mais diferença. Mais uma coisa preciso te falar, se ela deixava recados no Orkut dele, ligava e etc… Era por que eles tinham algo em comum, além do simples fato dela dar em cima dele, que poderia ser ao contrario, ou até mesmo recíproco. Concorda?
    Quanto à sinceridade eu costumo dizer que não podemos cobrá-la de ninguém, a não ser de si próprio, o que já é difícil. Pois nós, meros mortais costumamos fazer apenas o que nos favorece, por mais que achamos que não (infelizmente). Eu particularmente aconselharia a ele a usar e abusar da sinceridade com você, nesse caso seria importante. Mas era uma atitude e escolha que só dependia dele, os demais não tinha o que fazer.

    Enfim se isso ainda te dói, por que não procurar saber o que de fato aconteceu? Pode ajudar!
    Caso contrário você só tem mais uma escolha..Esquecer… Afinal Deus sabe o que faz!
    Na vida tudo muda em uma fração de segundos, e estamos sempre propícios a essas mudanças, querendo ou não.

    Foi bom saber que se identificou com o meu texto, esse é antigo tem outros por aí, depois pesquisa!