Home » Coisas dele, Relacionamento

Pequenas verdades sobre relacionamentos #1 – A tal flatulência

18 outubro 2011 6 Comentários       Postado por Rafael R

No começo de um relacionamento, a intimidade ainda não é plena, como todos sabemos. E nós, os meninos, usamos nosso jogo A para tentar conquistá-las. Isso inclui, evidentemente, ignorar alguns atos que pra nós são rotineiros. Resumindo: Ainda não podemos ter o comportamento ogro de costume, então evitamos isso a todo custo.

Algo que não é dito normalmente é uma coisa que todo cara já passou: Você sai com a moça, que pode já ser ou não a namorada atual. Tem pegação, tem comida, tem bebida e falta um tempo sozinho e a vontade. Com isso, acontece um certo acúmulo de gases oriundos desse festerê todo mas que não podem ser liberados naquele momento. E então, chega a hora de ir embora!

Eu tentei traduzir, com toda minha habilidade, o que acontece no primeiro minuto que deixamos a presença de vocês e estamos indo em direção a nossas casas. Sério, todo cara já passou por isso.

Flatulência
Todo cara passou por isso. E todo cara passou por isso mais de uma vez na vida!

Se você tem dúvidas sobre isso, mostre esse post ao seu namorado e pergunte quando foi a última vez que algo assim aconteceu. Claro, com o passar do tempo e a intimidade aumentando, o lado ogro de cada homem transforma o momento em que isso é liberado, mas isso demora a acontecer. Existe todo um lance de limites e respeito que podem ser discutidos aqui, também, mas é bom que todas saibam que eventualmente vão passar por isso uma hora ou outra na história.

O importante, em todo caso, é levar numa boa. E em caso de exagero puxar a orelha sem hesitar. Mas tenha em mente que por mais íntimo que você e seu namorado estejam, em algum momento da sua história isso vai acontecer ou aconteceu algumas vezes.

Dica: Se você já está a algum tempo (meses) junto com alguém e esse momento ainda não chegou, agradeça-o pelo tremendo esforço. Nem sempre é fácil manter a pose e evitar esses sonoros e desagradáveis amigos inseparáveis.

Curta o Diário de Casal no Facebook, siga no Twitter e também no Tumblr. E divirta-se!

Related Posts with Thumbnails
6 Comentários      Postado por Rafael R
­
­

6 Comentários »

  • @natacha_o disse:

    Cara, vou responder com um texto meu, nem acredito que vc escreveu sobre isso.

    http://controleremototv.blogspot.com/2010/12/liberdade-ao-pum.html

    Sem mais.

    HSUAHSUAHSUAHSUAHS

  • Fernanda disse:

    HAHAHA fabuloso

    o momento do meu namorado foi aos 6 meses de namoro e tem épocas em que realmente acho que ele está com algum probleminha intestinal, mas sem maiores mimimis. Não dá pra querer que o cara seja perfeito ao ponto de não peidar na sua frente depois de 2 anos e meio de namoro né?

  • Paula Peixoto disse:

    que horror! mas eu ri, kkkkkkkkkkkkk

  • Carol disse:

    “ai que horror”

    Como se vc não virasse as costas e se acabasse em peido também ahahahah

    óbvio que isso acontece com todos… tá ótimo esse texto.

  • Francisco Silva disse:

    E se eu te disser que consegui segurar esse momento por 4 anos e meio de relação meu amigo?

  • Famscrow disse:

    No começo é complicado… mas depois vira festa, até levanta a perninha e fala: “Olha aqui mooorrr…Prrrrrrr!”

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>