Home » Amor, Geral, Relacionamento

Pra aguentar o mau humor…

21 fevereiro 2011 6 Comentários       Postado por Rose Carreiro

…só com muito amor. Título horroroso, eu sei, mas não me ocorreu nada melhor. E já faço a afirmação com o peso de saber que, além de amor, há de se ter muita paciência se o mal-humorado em questão é esse ser simpático que vos escreve. Mas, primeiro, falemos do outro, a metade do casal que me completa: ele.

Acontece às sextas-feiras: ele, sortudo que não trabalha nos fins de semana, vira a noite no PS3; eu, parte do proletariado que dedica seus sábados ao labor, durmo cedo – quando a insônia não me acomete – pra acordar igualmente cedo e encarar meio dia de expediente. Ele, que poderia dormir até o meio dia, é cavalheiro e se levanta pra me levar ao trabalho. Vejam bem, eu disse “levanta”, porque a pessoa deve ser ligada no piloto automático enquanto toma banho e vai de casa à agência sem dizer nada. Se eu pergunto: tá dormindo?, ele só balança a cabeça positivamente. So far, so good, porque afinal de contas, eu só falo de manhã quando tenho algum sonho do tipo “mulheres matavam seus bebês com tacapes cheios de pregos” pra contar. Mas depois de meio dia de café e telefones tocando, eu já estou a duas mil RPM e, quando ele chega pra me buscar, eu quero conversar, nem que seja pra dizer que o cliente era Rui e eu o chamei de Raul. E ele, ainda dorme? Emudece aos sábados? Tá pensando em chegar em casa pra jogar de novo? Pein, terceira opção. O humor ainda tá lá no dedão do pé e eu falando pelos cotovelos. Tento exigir alguma resposta, em vão. E então eu é que fico com cara de “meh”.

Aí é que entra o amor – sem amor, qualquer um mandaria o outro pastar. E digo isso com a propriedade de saber que ele me ama, porque ultimamente eu tenho sido azeda. Desanimada, triste, chata, irritada…os meus problemas viram rugas, gastrite e eu fico de bico por qualquer coisa, daquele tipo que ouve algo engraçadinho e só solta um “Ahn”. E nesses dias deve haver um Cee-lo-Green cantando Fuck You na cabeça dele. Ou então ele liga o Assassin’s Creed mental e fica jogando enquanto eu reclamo do ar condicionado, dos cabelos brancos, das rugas, do aparelho ortodôntico. Nunca parei pra perguntar o que ele faz pra suportar tamanha falta de humor nos meus dias de TPM psicológica (pílula contínua é tudo, colega).
Eu, quando percebo aquele mau humor de sábado emanando dele, o que eu faço? Lembro que ele me aguenta, lembro que ele sorri com covinhas… mentira! Só faço isso depois que já reclamei do seu mau humor – e fico com o rabo entre as pernas, of course, porque afinal, tamo rodado de saber que relacionamentos exigem tolerância e nem tudo é comercial de margarina. Só que nem eu, nem Freud ou o Analista de Bagé, nem metade dos casais que conheço descobrimos uma fórmula efetiva pra lidar com o mau humor alheio.

Pra tentar fazer o dia dele, vez ou outra, eu mando um torpedinho romântico, deixo um bilhetinho, faço serenata ao pé do ouvido, ou tento ser a psicóloga quando o clima tá carregado, no que falho com categoria e ainda corro o risco de piorar o soneto.  Daí, meus amigos, o jeito é: (  ) dar uma fugidinha com você, o jeito é…;  (  ) fazer cócegas até ele cair; (  ) cantar Coisa Mais Linda com os agudos da Gal;  (  ) ficar de boca fechada e fingir que não notou, esperando passar? (  ) ou o jeito é dar… muito amor?

P.S.: hoje faz um ano que moramos juntos, com mau humor, mas, principalmente, com muito amor.

Related Posts with Thumbnails
6 Comentários      Postado por Rose Carreiro
­
­

6 Comentários »

  • Tônia Werste disse:

    olha, quando o namorado é alemão fica mais difícil ainda lidar com o mau-humor. TE JURO!

  • Mayara Godoy disse:

    Acho que uma boa pessoa para falar sobre como aguentar o mau humor seria meu digníssimo. Coitadinho, esse sofre! huahuahuahua

  • Leandro duarte disse:

    Pois é mau humor é uma merda não tenho muito paciência pra isso, mas entendo que devemos relevar as vzs. otimo post! bjs

  • Patricia disse:

    É meu cunhado fala que quer ver quem será o coitado a aguentar meu olhar fuzilante. rsrs Mas meu mau-humor nem sempre aparece em meus relacionamentos graças a Deus! kkkkk

  • Tamires disse:

    Aghh! eu passo por isso, mas é quando estamos perto de alguem!
    Quando estamos perto dos meus amigos ele sempre fica mal humorado… realmente o jeito é dá uma fugidinha com vc! kkkkkkkkkkkkkkk

  • planthiez@hotmail.com disse:

    Pois é eu pensava que tinha sido treinada pelo meu pai, q é um frances reclamao…. Porem fui arranjar um pior ainda pois é impossivel de adinhar o porque desse mal humor… As vezes fome… o que tiro de letra… mas qdo é outra coisa impossivel de saber… e eu uma esponja fico de mal humor e muito p***… :) Me estressa. Nao tenho obrigaçao de aturar esse mal humor… q nao é tao raro assim… Tento fazer gestos de amor, me forçando um pouquinho mas qdo nao funciona fecho a cara e fico la no meu falso mal humor… Ciclo dificil…

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>