Home » Coisas dela

Relacionamento Maduro – Você ainda viverá algo assim

15 outubro 2010 7 Comentários       Postado por Ele / Ela

Por: C. A.

Há alguns dias uma amiga se lamuriando de seus relacionamentos frustrados, me disse que gostaria de encontrar um parceiro para ter um relacionamento maduro como o meu. Na hora fiquei na dúvida se isso era algo bom ou ruim, se era coisa de gente velha ou acomodada. Liguei para meu namorado e perguntei: “Você acha que temos um relacionamento maduro?”

Ouvi uma risada gostosa do outro lado da linha e a resposta: “Minha flor, o que você acha?”. Só me veio na mente: se eu achasse algo não tinha ligado, certo?! Mas respondi: “O que é um relacionamento maduro para você?”.

Ele, sem pensar, me disse: ”Acredito que seja como o nosso. Estamos juntos porque despertamos o amor mútuo em nossos corações, temos planos de ficarmos juntos por toda vida respeitando os limites de cada um – a individualidade, a confiança que existe ente nós não desperta ciúmes nem dúvidas do que queremos. Nós somos amigos, parceiros e queremos evoluir juntos para uma vida feliz.” Ele falou um pouco mais, mas eu fiquei tão derretida com a resposta que não me lembro das outras palavras. Depois desse pequeno dialogo, compreendi o porquê do desejo da minha amiga.

Relacionamento maduro
Construir algo sólido e seguro: esse é o caminho e não existe um atalho pra isso!

Com a minha imensa curiosidade fiz uma pesquisa no Google e encontrei a seguinte definição: “No casamento maduro existem duas diferentes individualidades discriminadas com um projeto em comum: compartilhar e conviver juntos. Não há mais necessidade de fusão para a manutenção do par.”

Só para deixar claro, ainda não casamos oficialmente, mas temos uma relação sólida há 3 anos e alguns meses – sou uma das poucas mulheres no mundo que não guarda datas formais (isso é assunto para outro texto). Vamos voltar ao assunto desse post!

Encontrei minha amiga, novamente, e conversamos sobre tudo que tá ai para cima e no desenrolar do papo surgiram algumas dicas:

* As principais bases de um bom relacionamento é a amizade, carinho e sinceridade – o amor verdadeiro surge com o passa do tempo, não cai do céu nem vem embalado via Correios.

* Se ame! Se você não se amar como permitirá que outro te ame?

* Namorar não quer dizer anular sua própria vida – mantenha seu espaço e procure preservar o do outro também. Continue sendo você mesmo, afinal vocês estão juntos porque se conheceram e se interessaram um pelo outro da forma que são.

* Aceitar as diferenças – príncipes ou princesas encantados só existem em contos de fadas, por isso todos os seres do mundo tem defeitos pretéritos, aprender a conviver com esses brindes fazem parte das nossas relações em todos os ambientes da sociedade.

* Namorar é diferente de relação carnal – nem sempre com o parceiro que se tem uma afinidade sexual muito grande será a pessoa que conseguirá manter uma relação no dia-a-dia.

* Se entregar! Não é porque você teve alguns relacionamentos frutados que todos serão da mesma forma, dê uma chance a você e quem sabe aquela pessoa que menos espera pode ser o grande companheiro da sua vida.

Existem várias outras dicas, ela gostou dessas e me disse que tentará colocar em prática com o próximo pretendente, mas reforcei que o mais importante é: criar seu próprio caminho!

Você pode interagir com o Diário de Casal de diversas formas. Pode assinar o Feed RSS, seguir no Twitter, além de ser fã no Facebook ou participar da comunidade no Orkut. Além, claro, de nosso contato direto, que sempre tem uma resposta para a dúvida que te tira o sono.

Related Posts with Thumbnails
7 Comentários      Postado por Ele / Ela
­
­

7 Comentários »

  • Isabela Martinez Milanezzi disse:

    Adorei o texto.
    Concordo em número, gênero e grau. Mas também concordo com a sua última observação: Achar nosso próprio caminho. Cada casal têm a tarefa de encontrar a melhor forma de levar seu relacionamento.

    O blog é lindo gente, sempre leio.. mas nunca tenho tempo de comentar. Parabéns!

    Beijos

  • Juliana Salles disse:

    A diferença entre ter um relacionamento maduro e um que não o é, a gente só percebe quando vivenciou os dois…

    Hoje sei que ter um relacionamento maduro vai além daquela paixão momentânea, é algo maior, mais sólido, mais paupável.

    Vai além da emoção dos primeiros encontros…é um compartilhar a vida em cada momento…seja ele bom ou ruim!!

    Como você falou, um item essencial: respeitar a individualidade do outro!!!Importantíssimo!!!

    Adorei o post!!

    Beijos

  • Nancy disse:

    Ótimo post =]

    Além de todos esses fatores citados, uma coisa que faz diferença também é nosso próprio amadurecimento. Querendo ou não, acabamos aprendendo e ganhando experiência ao longo da nossa vida, então também ficamos mais preparados para um “relacionamento maduro”. Comigo foi assim.

    Boa sorte pras duas amigas e muitas felicidades! ;)

  • Diego Fávero disse:

    concordo!! um relacionamento maduro é um passo depois do “namoro”-relação carnal e descobertas de afinidades, metas e estratégias a dois! Ótimo texto!!

  • Jeff Paiva disse:

    Assino embaixo! Mais um fato que deve ser destacado é que, independente da idade, a maturidade do relacionamento vem muito mais da afinidade. Tenho 17 anos de diferença para a Lu, e é O relacionamento mais maduro que tive até hoje – com espaço de sobra para namoro, experimentações mútuas e individualidade!

  • Wille disse:

    A gentem to namorando tem um mês e umas semanas,
    sei que é a pessoa certa pra mim, e sinto que seremos muito felizes
    combinamos em muitas coisas,
    mas não consigo ficar tranquilo quando ela saí com os amigos
    quando deixa de ligar, fico inquieto, quando discutimos,
    fico logo pensando besteira, que vai me deixar, e que as coisas, vão mudar, não consigo, sei lá, acho que dar essa individualidade…
    falo tanta coisa quando a gente conversa, mas depois sei lá…
    ai meu deusss, o que eu faço?

  • Luiz disse:

    Após ficar viúvo por um tempo iniciei relacionamento a dois anos e meio com uma doce mulher, hj tenho 59 e ela 53, nos damos muito bem, passeamos na medida do possivel pq nós dois ainda trabalhamos e eu viajo muito. Moramos a uma distância de 450 Km, mas devido as minhas viagens facilita nossos encontros. Lendo este texto acabamos nos vendo em detalhes, realmente tudo que se lê é real, importante é o respeito, a consciência dos limites do outro, das diferenças por vir de mundos diferentes, mas o importante é ter aquele algo mais que atrai, se houver, 50% do relacionamento está seguro, depois a própria experiencia de vida, do orgulho de ter o outro ao seu lado, da sinceridade das palavras, a honestidade nas atitudes, passar segurança um ao outro, daí nada impedirá viver juntos até o fim. Ninguem deveria viver só.

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>