Home » Coisas dela, Relacionamento

Relacionamentos que envolvem filho(s)

12 setembro 2011 4 Comentários       Postado por Ele / Ela

Por: Fernanda Feitosa

Ola, meu nome é Fernanda (@fefeitosa) e sou leitora do DDC, e hoje eu queria abordar um tema um tanto quanto complexo: Relacionamentos que envolvem filho(a) do seu parceiro. Sei que muitas pessoas passam, passaram ou conhecem alguém que vive esta realidade e em muitos casos esta convivência ou “divisão de bens” pode ser desgastante, porém nesta vida, meus caros, somo nós quem decidimos como as coisas vão ser.

Acredito que quando você se propõe a se relacionar com alguém que tenha um filho(a) a primeira atitude que deve ser tomada é ABRIR O CORAÇÃO E A MENTE para a novidade! Isso deve ser genuinamente, você tem que ter certeza de que valha a pena, porque sem você perceber vai passar abdicar de algumas coisas para compartilhar de alguns momentos junto seu parceiro e filho(a).Não que seja uma regra, mais é natural que o casal tenha o momento de curtir a criança.

É normal que no começo role aquela fase de adaptação, para você se acostumar com a nova realidade (no casos daqueles que nunca viveram isso), a criança se acostumar com você e os três entrarem em uma sintonia e desenvolverem uma relação estável. Ciúmes nesta fase é de praxe, tanto quando da namorada(o) para com seu parceiro (afinal o centro da atenção é a criança) e também da criança em dividir a atenção com um alguém desconhecido.

Familia feliz
Relacionamento com bônus!

Tenho amigas que vivem esta situação numa boa, e também tenho amigas que se referem aos seus enteados(as) como pestinhas entre outros termos, e ai eu pergunto: Porque cargas d’água levar esta situação adiante? Um coisa é fato, você é a namorada(o) dele(a) e namoradas(os) vão e vem, mais filho(a) é para sempre, e esse papo de querer entrar em um braço de ferro (onde única e exclusivamente você participa) é a maior perda de tempo, é ruim para todos envolvidos e você com certeza não vai chegar em lugar algum.

Entendam uma coisa, a criança não tem culpa nenhuma e você como um ser maduro deve se dar a oportunidade de ser conquistada e também de conquistar, porque se o relacionamento com o filho(o) do seu parceiro não for dos melhores as probabilidades do namoro ou qualquer ou coisa dar certo é mínima.

Claro que tudo tem que ser equilibrado, você não pode deixar de ter sua vida para viver em função de seu parceiro de seu filho(a), entenda que a responsabilidade é dele(a) e não sua, e vocês dois juntos devem fazer o possível para deixar o casal em ascensão e fazer dos momentos com a criança mais um tempinho para se curtirem.

Porque no fim das contas nunca será só vocês dois!

Related Posts with Thumbnails
4 Comentários      Postado por Ele / Ela
­
­

4 Comentários »

  • Mayara disse:

    Filhos que vêmn de brinde são sempre uma complicação na vida de um casal. O problema, em geral, não é a criança em si, mas sim a forma como muitas vezes ela é usada. Conheço muitos casos em que, por exemplo, a mãe usa o filho para chantagear o ex e transformar a vida dele (e da nova namorada/esposa, por óbvio) num verdadeiro inferno.
    Há que se ter muita paciência para ter um relacionamento com alguém que já tem filho com outra pessoa…

  • Nayara disse:

    Aceitar um filho(a) alheio, é amar duas vezes, é amar por dois. É aprender a respeitar o próximo, é aprender a dividr quem vc ama. Facil não é….mas quem consegue conquistar seu espaço e conviver com isso, será muito mais feliz do que se relacionar com alguem que não tenha filhos. Uma criança ilumina qualquer lugar…a qualquer hora, é amor sincero!Vale a pena tentar….

  • Gustavo disse:

    Tem ser muito corajoso para se relacionar com alguém que tenha filho pequeno. Relacionamento por si só já é dificil, imagine com filhos. A mulher com filho tem que ser muito melhor que a maioria. Não sei se tentaria, mas nunca se sabe.

  • Celso Firida disse:

    100% VERDADE PURA!!!

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>