Home » Relacionamento

Respeito: Evite deixar as pessoas no “seu gancho”

5 outubro 2010 5 Comentários       Postado por Rafael R

Todo ser humano é carente, de alguma forma. Alguns mais, outros menos, mas todos dividimos essa necessidade que temos de receber carinho, de ter atenção ou simplesmente receber uma massagem no ego. Como meio de resolver isso, alguns de nós usamos uma tática que, após ter visto num seriado, eu concordo com o termo “deixar no gancho”. Outros chamam de Step. E isso não pode acontecer.

Step ou gancho
“Eu não posso ficar com você… agora!” | Crédito: @Leticce (Blog)

Tudo começa geralmente da mesma forma: Você está ali, precisando ouvir algo legal, possivelmente num dia ruim, tudo o que tentou fazer deu errado. Ai aparece essa pessoa, gentil e de bom papo, faz você esquecer dos problemas por alguns instantes, vez e outra te faz um elogio gratuito e pronto. Um dia ruim se encerra com uma conversa deliciosa. Ou a conversa aconteceu no meio do dia, o horário não é um fator importante aqui. Esse é sempre o primeiro passo da teoria do gancho, alguém faz você se sentir melhor, alguém te da carinho.

Até aqui, tudo bem. O problema começa quando, com o passar das conversas, você não deixa exatamente definido o que quer para essa pessoa, da mesma forma que também não deixa claro que você já tem alguém na sua vida. Com isso, fica bem fácil procurá-la somente nas horas que você quer, nas horas que você precisa. Brigou com o namorado/a? Corre pra ela. Problemas no trabalho mas o namorado/a está ocupado pra conversar? Corre pra ela. Não importa o quanto a pessoa seja bacana, legal, bonita, etc, importa apenas que ela tem aquilo que você precisa naquele momento, que é um pouco de atenção, algum carinho e boas idéias.

Mais hora ou menos hora, a pessoa vai passar a cobrar sua posição sobre aquilo, afinal de contas a essa altura da história ela já esta possivelmente apaixonada ou gostando bastante. E é ai que ocorre o grande golpe:

“Eu não posso ficar com você. Agora!”

Agora? Certo, talvez seja uma verdade, você tem um/a namorado/a e está bem com ele/a, não vai querer de maneira alguma por isso a perder. Mas também não quer perder aquela pessoa que, sempre que você precisou de alguma maneira, esteve ali por você. Mesmo que no fundo você saiba que esteja somente usando aquela pessoa, você não quer ter que abrir mão disso. Seu ego agradece, suas idéias esclarecidas agradecem, você agradece. Mas será que essa é a melhor forma de manter uma amizade, um relacionamento?

Para quem mantém alguém no gancho

Respeito, por favor. Alguém ali perto de você está alimentando esperanças, alguém ali perto está com sentimentos bons sobre você, porque não deixar claro que isso não pode acontecer? As vezes, dar esse passo pode ser difícil e estranho, mas é melhor que a pessoa sofra num primeiro momento do que continue ali, firme e forte ao “seu lado”, acreditando que terá uma oportunidade e que ela não vai demorar a chegar. Se você entende o que é gostar de alguém, deve entender que gostar de uma pessoa que definitivamente não vai te corresponder é algo ruim, então não custa tirar a pessoa dessa.

Ah, tem exceções: as vezes você tem alguém no teu gancho e sequer sabe. Você apenas tem sido legal com alguém e não tem porque mudar isso. O ideal é tomar cuidado, pois possivelmente essa pessoa não tem a menor chance com você mesmo que você venha a terminar seu relacionamento, mas ela continua estando por perto pra se certificar de que a hora dela vai chegar. E vai ser pior pra você, quando esse dia finalmente chegar e a pessoa se declarar, finalmente, quando você sabe que isso não funcionaria pra você.

Pra quem está no gancho

Relacionamentos são relativamente fáceis de se começar. Uma das coisas mais recomendadas, em todos os casos, é que não existe um problema sequer na vida que não se resolva com uma boa conversa. Então, se você gosta de alguém, quer ficar com essa pessoa mas não fez nada de diferente até o momento, FAÇA. Converse, pergunte, questione. Tente entender porque as coisas não evoluem, mesmo sabendo que vocês têm tido momentos tão bacanas juntos. Tente entender porque ela fala aquelas coisas tão bonitas pra você. Tente entender porque ela não deixa claro o que quer com você, o que quer da vida dela. E principalmente, tente entender porque essa pessoa não vê você tanto quanto você gostaria.

Isso tudo no caso de você não ter certeza se a pessoa tem alguém já, porque se você já souber disso e mesmo assim insiste nessa esperança, bom… tem um texto ótimo pra você ler aqui. E se você, mesmo depois de ler tudo, achar que vale a pena, boa sorte.

Finalizando, vamos ter amigos, sim, vamos ter conversas bacanas, sim… mas não vamos deixar as pessoas se iludirem conosco, ou não vamos ficar iludidos por pessoas que a gente sequer sabe o que querem conosco.

Caso esteja preocupado/a em comentar abertamente aqui, use nosso formulário de contato para sabermos sua opinião. Todo e qualquer email que chegar por lá com o título “Teoria do Gancho” será mantido em sigilo, mas como é um assunto que preciso saber mais opiniões, conto com vocês. E a dica do dia: Aproveite pra conhecer e se inteirar de tudo o que passa no blog da Dra do Amor, o Manual das Encalhadas.

Related Posts with Thumbnails
5 Comentários      Postado por Rafael R
­
­

5 Comentários »

  • Juliana Salles disse:

    Hummm…acho que já fiquei no gancho certa vez…carinha legal…gente boa..bom papo…bonito…masssssssss (essas histórias sempre tem um “mas”) não sabia o que queria pra vida dele…imagina então pra uma vida em conjunto??
    Percebendo isso acabei por dar um basta…hoje somos amigos e SÓ!!

    Não quero generalizar…falar que homens fazem isso e mulheres fazem aquilo, o fato é que ambos os sexos acabam usando as pessoas e, feliz ou infelizmente, a atitude de romper esse gancho geralmente acaba vindo de quem foi “enganchado”…

    O negócio é ter coragem!!

    Bjos

    @JuSalles

  • Mayara disse:

    Pois é… isso é mais comum do que parece. O pior é que tem gente que faz isso e nem percebe, por pura carência!
    Assunto complexo!!

  • Daniella disse:

    A velha história do gostar de quem não gosta da gente. Eu conheço gente que, se não é mais, já foi assim, já manteve alguém no gancho. E nem tinha namorado. Simplesmente a pessoa do gancho não era “boa o suficiente” pra ela, e ela então evitava maiores contatos, mas o usava. Se por acaso arranjasse alguém, deixava de lado. Se não, aquele do gancho serviria. O pior é que esse tipo de gente nem dá trela pra quem tá preso a eles, mas na hora em que precisam, ou na hora em que se essa pessoa toma uma atitude e arranja alguém, o(a) chato(a) fica todo(a) enciumado(a). Um saco, viu…

  • Leticia disse:

    Eu estou vivendo uma história parecida… mudei de país e meu namorado ficou pra trás, um relacionamento de 2anos e meio. Eu tinha certeza q o amava, e tudo estava bem entre nós, até eu chegar aqui. Ele passou a ser ciumento de mais, de passamos 3messes brigando, quase todos os dias. Foi ai que apareceu o “outro”, ele me faz sentir bem, feliz, o que meu namorado já nào fazia mais… Senti que meus sentimentos estavam confusos, procurei amigos, e todos me disseram pra largar meu namorado, que era uma situação mt complicada.. Eu ainda estou nesse impasse, largar o namorado, que tínhamos planos juntos, que tínhamos sonhos de casamento, pelo o outro? Há claro milhões de coisas por trás dessa história, mais eu sei de algum jeito que nesse momento com o meu namorado não vai dar certo. Mais ele foi o primeiro na minha vida, em tudo, e é dificil sair dessa relação… Eu não faço por mal, mais eu não sei pra onde ir…

  • Fran_cianne disse:

    Não é fácil, eu ja fiquei no gancho, step, geladeira, e quando saí foi libertador.
    Respeito é fundamental!
    Se não ta afim, diz, se não serve pra vc, diz, muito melhor do que deixar a pessoa cozinhando a pessoa em banho maria.

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>