Home » Coisas dele, Família, Relacionamento

Seremos o espelho do amanhã?

13 janeiro 2014 Comente!       Postado por Diego Fávero

Graças a Deus nasci em uma família bem estruturada em termos de “o que é formar e ser família”. Adorava dormir na casa dos meus avós e ouvir histórias de como eram as coisas antigamente. Até hoje acho bizarro e ao mesmo tempo me sinto feliz em saber que ela ia cedinho na fila do pão, antes mesmo que a padaria abrisse, e lá acabou conhecendo o grande amor de sua vida. Três filhas, sete netos e um bisneto.

Em casa, tinha a referência de meus pais, casados desde a época em que meu pai tinha cabelos no ombro e usava caças xadrez. E minha mãe se apaixonou por toda essa “estranhidade”. De tantas histórias que conheci das décadas de 60, 70, cheguei a conclusão de que a comunicação, naquela época era muito fraca. Você tinha um grupo de amigos que carregava pela vida toda e quando conhecia alguém em que despertasse seu coração, provavelmente àquela seria a mãe de seus filhos. Nada de internet, de telefone, de tecnologia e de possibilidades mil de conhecer diversas pessoas no dia a dia o qual temos hoje. Ouço amigas dizerem que todos os dias se apaixonam por uma pessoa diferente que conhece. Mundo moderno.

Com todas essas informações acabei criando um modelo e meus pais serviram de espelho para que eu procurasse ser pelo menos um pouco do que eles foram e fizeram para formarem uma família. A minha família, que pra mim, é um modelo exemplo. Já não era tão sólida quanto meus avós, mas foi e é algo intenso e bonito de se ver.

espelho-quebrado-amor

Contudo, minha geração vêm estragando tudo isso. Ou pelo menos grande parte disso. Pense: quantos amigos você tem que namora há muito tempo e/ou casou-se e mantém uma relação saudável? Que programou filhos, que têm uma situação financeira boa e planejada? E quantas casaram-se antes dos 30? Eu posso contar em uma mão e na outra, os que tentaram e terminaram antes de começar a próxima copa do mundo.

Hoje há muita, mas muita opção e se não der certo com um, qual é o problema? Tem tantos à sua espera, não é mesmo? Brigou com o namorado? Termina, chora e logo aparece outro “melhor”. Enfrentar crises no relacionamento pra que, se podemos trocar de parceiros tão fácil quanto trocamos de roupa?

Nasci em época errada.

E mal posso imaginar como nossos filhos verão toda essa história de família e se é que até lá vão existir famílias para servirem de modelos. Se éramos pra ser um espelho pra eles, qual exemplo que estamos gerando? Mães solteiras já não assustam mais a sociedade; talvez eu me assustaria com uma que mantém o mesmo homem por uma década sem idas e vindas no relacionamento. O espelho rachou e dificilmente sobrará cacos para nossos filhos se espelharem.

Related Posts with Thumbnails
Comente!      Postado por Diego Fávero
­
­

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>