Home » Coisas dela, Relacionamento

“Sobre as coisas que fazemos quando jovens”

10 outubro 2011 3 Comentários       Postado por Ele / Ela

Por: Janaina Santos


Para ler ouvindo U2 – I Still Haven’t Found What I’m Looking For | Aperte o play acima

Quando eu olho para trás às vezes eu vejo todas as memórias que desperdicei em momentos que não eram exatamente, assim, tão especiais. Fico tentando pescar nos arquivos dos meus ficheiros de memória o rosto do primeiro menino que beijei. Seu rosto está apagado, seu nome eu não lembro com exatidão. Sei que podia ter esperado e escolhido um momento melhor, uma pessoa que significasse mais. Mas eu era tão jovem…

Penso da mesma maneira do meu primeiro beijo, do primeiro passeio de mãos dadas, do primeiro “eu te amo” que disse quando amor não parecia aquilo que eu sentia pelos meus pais e irmãos, das primeiras lágrimas de saudade, da primeira transa, a primeira noite dormida de conchinha. Penso em todas essas memórias hoje e acho que desperdicei minhas primeiras coisas em dias como outros quaisquer com pessoas que não deveriam ser como outras quaisquer.

Hoje se eu voltasse no tempo eu guardaria meu primeiro beijo com as duas mãos, cadeados, cofres e travas eletrônicas. Essas pequenas coisas são tão especiais, mas é uma das coisas engraçadas da vida nos dar conta disso só quando o tempo passou e o creme anti-rugas já está batendo na porta. A vida tem um timing que só alguma força superior entende e que eu ainda sou muito jovem para compreender.

Se algum dia eu tiver filhos eu gostaria muito de ser capaz de transmitir a importância dessas coisas. Eu sei que quando me disseram eu não ouvi, mas eu gostaria muito de um dia ser capaz de transmitir isso aos filhos que terei de uma forma que eles escutem, diferente de quando eu era menina e achava que entendia tudo da vida. Eu não entendo nada ainda hoje.

Eu sei que de alguma forma todos os erros que cometi e todas as oportunidades que desperdicei nos momentos errados fazem de mim quem eu sou. E eu gosto muito de ser quem sou. Mas esses pequenos tropeços me dão aquele sentimento de uma nostalgia fora dos esquadros, de sentir que algumas memórias preenchem lacunas que não deveriam preencher, com sujeitos que não deveriam estar nas minhas frases construídas com tempos passados.

Sim do amor
Aquele dia que o sim será definitivo e que vai gerar uma bela lembrança…

Se for certo que existe mesmo um tempo e uma hora certa para tudo, sei de uma memória da minha vida que ainda falta preencher as lacunas e que talvez possa consertar todas as outras memórias que preenchi errado até hoje.

Eu nunca aceitei um pedido de casamento.
Eu nunca disse um “sim” que significasse tanto.

E quando a hora chegar eu quero dizer “Sim, quero ser feliz com você para o resto da vida” sem nenhum arrependimento de todos os amores errados que amei até hoje.

Quer participar do Diário de Casal e dividir a sua história com o mundo inteiro? Saiba como participar e não deixe para depois!

Related Posts with Thumbnails
3 Comentários      Postado por Ele / Ela
­
­

3 Comentários »

  • Natália disse:

    Há tempos não lia um texto tão bem escrito e tão emociante. Parabéns.

  • Juliana Salles disse:

    Lindo texto!!
    De uma sensibilidade enorme!!Amei!!

    Sobre minhas primeiras vezes, acho q meu primeiro beijo teria escolhido mais…meu primeiro “eu te amo” não teria esperado tanto…

    São “quases” e quase as vezes atrapalha…rsrsrs

  • elisa disse:

    È hoje, olhando pra traz vejo como o tempo passou, como cresci e evolui, apesar de muitos erros e alguns acertos, tudo o que vivi, ganhei como experiência, até mesmo as lágrimas que até hoje caem, não pela mesmo erro de antes e sim pela incerteza da escolha que fiz. Mas a vida fica sempre nesse ciclo vicioso, conhecer, se apaixonar, viver como se não existisse amanhã e por fim toda a angustia, ador, sofrimento e impressão que o mundo vai acabar….

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>