Home » Crônicas, Relacionamento

Um flashback de vez em quando: isso é saudável?

22 fevereiro 2011 8 Comentários       Postado por Mayara Godoy

Sempre fui da opinião de que se um relacionamento acabou, está acabado mesmo. Porém, para tudo na vida existem exceções, e eu já vi relacionamentos terminarem, voltarem depois de um tempo, e os pombinhos serem felizes para sempre.

É algo perfeitamente normal, afinal, muitas vezes, é estando distante que se consegue refletir melhor sobre os problemas que levaram ao término e visualizar uma solução.

O problema é o tal do flashback. Você não está preparado emocionalmente para retomar a relação, mas a saudade aperta. O que você faz? Liga para o/a ex, convida para sair e tentar amenizar um pouco aquela angústia da ausência.

Tudo é divertido, maravilhoso, agradável. Mas… (reparem que sempre tem um “mas”!) no outro dia, o vazio volta, afinal, não foi uma reconciliação, apenas um flashback.

O perigo nesse tipo de atitude é a carga de ansiedade que ela gera. Vocês não estão juntos, mas também não estão totalmente separados. E, a cada vez que ficam juntos, tornam-se mais emocionalmente dependentes. Porém, um não pode (em tese) cobrar nada do outro. Afinal, foi só um remember sem compromisso.

Mas essa ideia de matar “um pouquinho” a saudade pode ser uma grande armadilha, se a intenção de pelo menos um dos dois não for a de reatar o relacionamento. Porque, mesmo que inconscientemente, ao tomar essa atitude, você faz com que o outro fique sentimentalmente vinculado a você – anulando toda e qualquer possibilidade de pensar com a cabeça fria.

E é aí que quero chegar: na minha humilde opinião, é uma grande crueldade ficar “cozinhando” o outro em “banho-maria” enquanto você se decide… mesmo que essa intenção seja inconsciente. Trata-se de uma atitude, acima de tudo, egoísta, pois você fica lá, enrolando o outro enquanto decide se casa ou se compra uma bicicleta. Enquanto isso, não o/a deixa seguir a vida longe de você, te esquecer e – quem sabe – encontrar um novo amor, pois está preso/a naquela expectativa da reconciliação.

Nesses casos, a melhor atitude que se pode tomar – que nem sempre é a menos dolorosa – é dar um basta na situação. É fato que nem sempre a gente resiste, que o sentimento e a história que se teve juntos falam mais alto, mas, mesmo no amor, é preciso pensar com a razão, avaliar as consequências dos nossos atos a longo prazo. E ficar nesse “chove-não-molha” só acaba prolongando e intensificando o sofrimento (de ambos).

A menos que seja algo totalmente carnal e consensual. Mas, será que isso existe, entre um casal que já teve tanto sentimento?

Related Posts with Thumbnails
8 Comentários      Postado por Mayara Godoy
­
­

8 Comentários »

  • Diego Fávero disse:

    Bemmmmmmmmm complicado isso. Graças a Deus nunca aconteceu comigo; só namorei sério uma vez na vida e aqui estou. Mas acho que flashbacks com namoro terminado há pouco tempo é uma cagada grande; os dois ainda tão na fase delicada de sentimentos, ou pelo menos um dos dois, e ter esse reencontro é aflorar mais ainda isso .. e com certeza vão querer reviver muito mais que apenas um encontro até que se juntem novamente pra tentar não errarem novamente. Raramente dá certo, mas não sei… eu acho que vale a pena arriscar ;)

  • Rose disse:

    Eu sou contra o flashback porque se a mulher tomou um pé na bunda e ainda gosta do cara, ela não vai saber separar sentimento de sexo. E se foi o cara, pode até ser que ele consiga separar, mas ainda vai nutrir alguma esperança. Ou quer ou não quer, tempo e remember são dois atrasos de vida.

    Beijo!

  • Kelciane disse:

    É bem complicado mesmo…só quem já passou por uma situaçao desgastante ou fim de relacionamento, sabe que rola maior confusão na cabeça de ambos.

    Então, as vezes, tem q avaliar com a razão mesmo, dar um tempo é saudavel pra oxigenar a relação, ver os erros, os próprios erros, e visualizar se ainda se tem amor pra recomeçar.

    Concordo q remember é uma merda…é bom, o momento, mas, o depois é uma merda…

    É quase inevitável, um mal necessário, mesmo sabendo que a necessidade não é, e nem deve ser, um hábito.

  • Patricia disse:

    Eu era contra o flashback MAS ano passado eu não resisti, fui em um aniversário com um ex e… CAI em tentação! OMG!!! Foi lindoOo, senti que ele ainda sente algo por mim mas insiste em achar que sou muito pra ele. (podre!) Então preferi me afastar para não sofrer novamente… e nunca mais nos vimos!!

  • Tony disse:

    Estou passando por isso. Terminei um namoro a quase 5 meses e ainda sou louco por ela. Não consigo tirar ela da cabeça. Já caimos em tentação, pois ela também ainda gosta de mim (pelo menos é o que ela me fala). Porém, depois do “bem-bom”, sempre fico na pior. Me confundo, pois não queria o término, então minha expectativa é sempre um recomeço, mesmo que inconsciente. Ela está em outra, quer ficar solteira, mas não quer me perder.
    Claro que isso pode acontecer com os papéis trocados. Mas em qualquer caso, eu aconselho a não deixar rolar o tal do flashback! Alguém sairá machucado, senão os dois. Claro, toda regra tem exceção. Qual é nesse caso? O consentimento. Se ambos estiverem no mesmo patamar, acho que pode não ter problema.
    Bom, comigo não está acontecendo isso. E estou arrasado.. e não desejo isso a ninguém!

    []’s!

  • Site Relacionamentos disse:

    Nada de pensar no passado. Bola pra frente. Como dizem, a fila anda.

    Parabéns eplo blog que mostra o melhor e o pior da vida a dois!

    SGD

  • fabí disse:

    estou passando por isso! namorei 3 anos terminamos e ficamos sem se falar por 8 meses..derrepente ele arrumou outra e tava noivo.. voltamos a se falar deixei meu orgulho de lado e falei tudo que sentir vir que amava esse homem mais que tudoo..então foi dai que rolou flash beck e ele ainda noivo mais como o amava demais tinha esperança de ele voltar pra mim…mais acabou ele se juntando e eu fiquei mal pra karamba..mais mesmo assim não dexei e ve-lo pq sinto que ele ainda me ama e ta balançado mais não sei se isso é certo nossa historia foi perfeita nos amamos demais ,mas agora não tenho mais forças me bate um desespero tão grande e eu só me machuco e tão decidir me afasta aos pouco para não sofrer e entragar nas mãos de Deus o que tiver que ser será..bjs

  • Sam disse:

    Terminei a pouco tempo e já vi que vai bater saudades. Fora 4 anos de relacionamento e acabou por ciúmes, mas ciúmes não é amor. E vi que flashback não é bom quando ainda existe sentimento. E que devo me afastar por pelo menos 30 dias. Sem ver. E se tiver que ser vai ser. Tentando a ideia de praticar o desapego consciente.

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>