Home » Histórias, Presentes

Um par de alianças

3 setembro 2012 14 Comentários       Postado por Leandro Duarte

Senhores, bom dia. Antes de mais nada, permitam-me apresentar quem vos fala… Bléé! Então galera, prazer, Leandro Duarte. Esse é meu primeiro post, então sejam amiguinhos.

Bom, quando pensei em algo para escrever na estreia do DDC, o primeiro tema que me veio à cabeça foi o momento que passei recentemente em meu casamento – A troca de alianças.

algemas
Será que precisa ser assim?

Desde cedo, somos influenciados a seguir diversos costumes, um simples arco de metal precioso é a garantia de lealdade do casal e blá blá blá. Bicho, eu nunca havia usado aliança de quaisquer status – namoro, compromisso, noivado – nada! Como 9 entre 10 mulheres brasileiras, a minha mulher também sempre gostou desse lance de bambolê no dedo. Malandro que sou (aham…), sempre soube escapar pela tangente das investidas da senhora Duarte em me laçar o dedo. E ela apelava, heim! Dizia que sem aliança os homens se sentiriam mais à vontade para, eventualmente, cantá-la. Dizia, ainda, que eles podiam simplesmente não acreditar que ela era casada (Tu não vai acreditar é na minha mão na sua cara, mermão!).

Apesar do jogo sujo, consegui deixar meu anelar esquerdo a salvo por exatamente 11 meses de casamento, mas eu sabia que uma hora seria inevitável a coleirinha, só não pensava, amigos, que a minha hora viria sem massagem e com requintes de crueldade.

Estava eu trabalhando tranquilamente quando recebo uma mensagem no Whatsapp. Uma foto de um par de alianças, e a mensagem: “Amor, chegou”. Sim amigos, minha mulher foi lá no bagúiu e comprou ela mermo o par de alianças. A cretina sempre falou que preferia alianças mais discretas, fininhas, e me aparece com o anel do Frodo e coloca no meu dedo, sem dó. E não pensem que ficou só nisso, na semana seguinte, ainda teve a coragem de, em um encontro de amigas, se vangloriar do fato de ter comprado ela mesma as alianças, e depois voltar pra casa e me contar tudo, dizendo que as amigas aplaudiram seus métodos. Lastimável.

Ainda estou me adaptando a essa nova vida e a esse novo peso em minha mão esquerda. Quase prendi o dedo algumas vezes na maçaneta da porta, sofri bullying dos colegas de trabalho, para os quais costumava me gabar de ser casado sem aliança, mas no final das contas, acho que estou encarando bem a história. Sinceramente, não acho que um pedaço de ferro (caro bagarai) vai ser de alguma forma a garantia de fidelidade entre nós, nem que a ausência dele nos deixaria mais vulneráveis a eventuais talaricos. O ponto é que também não faz nenhum mal. Se isso de alguma forma deixa a pessoa que amo feliz, por que não usá-las? É simples, não dói e com o tempo até consigo achar legalzinho. Fácil.

Pois é, após escrever em um blog dedicado a solteirice, volto a tal blogosfera de aliança no dedo. O mundo dá voltas.

Bom, é isso. E assim acaba o belo sonho de um casamento sem algema de dedo. Sintam-se à vontade para compartilhar como foi a troca de aliança nos relacionamentos de vocês, vou ficar bem feliz lendo a desgraça alheia.

Abraço a todos.

Related Posts with Thumbnails
14 Comentários      Postado por Leandro Duarte
­
­

14 Comentários »

  • Kariny disse:

    Não sei que medo é esse de um anel, que não é algemas, e sim um sinal do compromisso, não é pra impedir infidelidade ou traição, mas um respeitoso sinal do compromisso que vc assiumiu com a pessoa que está com vc! E homem que é homem, tão macho, não devia temer….kkkk Depois dizem que são machos…kkkk tenho minhas dúvidas!!!

  • Denise Oliveira Venceslau disse:

    ahahah que bonitinho.. apesar de você chamar a sua amada de cretina.. aahahaha a troca de alianças é um marco no relacionamento de qualquer um, gostei da iniciativa dela.. obs.: o próximo post tem que ser + romântico Leandro..rsrs..

  • Francisco Anjos disse:

    "A cretina" morri :p

  • Leandro Duarte disse:

    Denise Oliveira Venceslau – Pois é as amigas dela tbm gostaram rsrs. Quanto a ser mais "romântico", tire o cavolinho da chuva huauhahua

    Francisco Anjos – É um apelidinho carinhoso. rsrsrs

  • Joseane Magalhães disse:

    Gostei do post e um viva a "cretina" hauhauhaa

    ps.:No meu casamento, o marido usa a aliança e eu não, estamos assim a 4 anos. =D

  • Priscila Lima de Araujo disse:

    Eu apoio tudo que dona Duarte fez, hahahahha e acho pouco… espera até o encontro de Lost, rsrsrrs E não adianta fingir que não é romântico, ok?

  • Giovanna Ciancio disse:

    Só acho que precisa ser mais carinhoso, cuidadoso ao falar da esposa, me passou a impressão que ela é desesperada por qualquer relacionamento e não pq pra ela vc é único. Na verdade pra mulher tb é complicado usar aliança por uma série de fatores, mas se mesmo assim se ela o fez é uma demonstração de carinho, amor e que realmente te assumiu para o mundo inteiro e inclusive pra ela mesmo. E quer saber de mais? pra mim o mais dificil não é usar a aliança e sim assumir a relaçÃO por inteiro com prós e contras, falo de experiência própria.
    Beijos e fica com Deus

  • Davi Ribeiro disse:

    Usar aliança no dedo não significa nada. Já usei de compromisso e noivado e até hoje contionuo solteiro. È mero costume da sociedade, pois apesar da pessoa falar que te ama e nunca vai te deixar, é pura mentira e essa mesma pessoa nem sabe o que é amar. Pelo menos comigo aconteceu assim.

  • Lalanis Ticalala disse:

    POE O DEDO AQUI… #VCNESTASO

  • Lalanis Ticalala disse:

    POE O DEDO AQUI… #VCNESTASO

  • Jacqueline Schultz disse:

    Por ser o primeiro post, está de parabéns Leandro. Porém, faço parte das 9 mulheres que curte usar aliança. Atualmente namoro e não usamos, por falta de grana… Abraços e quem quiser ler um pouco mais pode ir ao meu blog: http://jacdiario.blogspot.com.br/

  • Denise Arnoldi disse:

    hahahahahahahahahahahahaha, ri muito ao ler esse post, pq o meu namorado já andou falando que odeia usar qq coisa nos dedos..Mas não sei se teria a cara de pau dela não.. Acho que vou me conformar em não usar mesmo hahahahahaha!! (rindo muito ainda)

  • Simone Goes disse:

    Hahahaha um dia, depois de tomar banho esqueci de colocar meu pequeno bambole no dedo, foi a pior noite de sono. Levantei a noite para coloca-la.

  • Maya disse:

    Em meados de 2009 não imaginava você escrevendo um post sobre alianças de casamento ahahaha. Mas que coisas da vida! Dia desses eu tava no tedio procurando aquele seu blog cerveja&mulher ou seria cerveja&sexo (?), mas não achei. E eis que entro aqui do DdC e te encontro.

    Sobre alianças, assim que comecei a namorar, meu namorado me deu uma de compromisso. No inicio, achei estranho, achava que as pessoas estavam me olhando, eu não conseguia fazer nada com o anel, nem assinar meu nome. Mas com o tempo, me acostumei e hoje acheo linda (e ele teve bom gosto quando comprou…)

    Felicidades no casamento, agora com direito a bambolê. Você continua uma comédia como nos tempo de DdS. Beijo!

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>