Home » Coisas dela

Você muda de personalidade quando ta apaixonada?

26 agosto 2009 6 Comentários       Postado por Viviane Carlotti

« Seus amigos comentaram que nos últimos dias você fala insistentemente do mesmo assunto, e esse assunto é uma pessoa, e o nome dessa pessoa está presente em todas as suas conversas. E debaixo do chuveiro, lembra de uma piada legal, e dá risada, e pensa em contar pra alguém. Aí lembra que esse alguém foi o mesmo que contou a piada pra você. Você pensa se ia ser legal tirar uma xerox daquele artigo de revista pra mostrar pra ele, afinal, ele sempre gostou de tecnologia… e pronto, você abraça as almofadas do sofá e crava os olhos no teto, e imagina como ele vai ficar feliz com o artigo, e visualiza a felicidade dele ao receber as folhas de papel. Imagina repetidas vezes, até decorar o sorriso feliz e a exclamação entusiasta, e até acredita que, se imaginar dezenas de vezes, o pensamento vai ter força de prece e vai se realizar* »

Que somos bestas quando estamos apaixonados, isso todo mundo sabe. Mas como sabemos quando essa besteira ultrapassa os limites?

NOTA

Este não é um texto desmotivacional, e muito menos com intuito de acabar com o seu relacionamento. Esse texto lista apenas algumas dicas para você não deixar uma parte da sua vida ultrapassar seus planos prioritários. Lembrando, desde já, que cada caso é um caso, e o casal são as únicas pessoas que sabem de suas vidas amorosas. Nunca faça algo pela cabeça de outra pessoa.

DIRETO AO ASSUNTO

Primeiro passo: Não faça com os outros o que não queres que faça contigo.

É simples assim: você gostaria de alguém te ligando 500 vezes ao dia enquanto você trabalha/estuda/dorme? Não, né? Então aprenda a controlar sua ansiedade. Gostaria de alguém reclamando na sua orelha o dia inteiro sobre banalidades? Então aprenda a ter conversas agradáveis.
Lembre-se que tudo que o corre no seu namoro é culpa sua também. Ou porque começou, ou porque permitiu que acontecesse.

Segundo passo: Tenha pés no chão.

Não pense que só porque namora alguém há um tempo, não pode mais viver sem ela. O ser humano é acostumado a mudanças.. e se você já viveu sem essa pessoa, não pense que não podes viver novamente. Tenha sempre o sim e o não na cabeça.. assim a dor não será tão forte quanto a queda.

Terceiro passo: Permita-se.

Permita-se a ter amigos, a sair com eles e a ter uma vida social normal. Permita-se ter seu tempo livre, sozinha, para fazer as tuas coisas. Permita se gostar, antes de gostar de alguém. Continue com a sua vida, os seus planos e as suas mudanças próprias.. mais ou menos como você tinha antes do namoro.
Além disso, permita que seu parceiro também tenha esse tempo livre para ele.. lembra do primeiro passo?!
A vida fica muito chata quando cai na rotina, principalmente se você vive em função de uma pessoa só.

Quarto passo: Tudo tem limite.

E a sua tolerancia também! Há certas coisas que temos que aprender a tolerar em nosso relacionamento, mas algumas situações acabam sendo absurdas. Se você liga pra ele e ele não te atende, manda mensagem e ele não responde, expõe uma situação e ele não se importa.. tudo isso são sintomas de que algo está errado. A primeira coisa a se fazer numa situação dessas é identificar o problema.. e acho que também é a parte mais dificil. Normalmente mentimos pra nós mesmas, inventando desculpas para nos confortar.. achando que ele não viu o celular o dia inteiro, ou que está na reunião há 12 horas.. e é aí que começamos a ficar cegas.
Não tenha medo de expor sua opinião e tentar entender o que aconteceu. Às vezes, nesse tempo em que te ignorou, o cara não está fazendo nada de errado.. só quer um tempo pra ele, e você, por ter pulado o terceiro passo, não permitiu que isso acontecesse. Converse muito, e tente resolver as coisas na medida do possível.

Quinto passo: E agora?

Mesmo depois de tantas conversas seu parceiro continua dando mancadas? Será que vale a pena passar por isso? Lógico que não sou eu que vou te dizer se vale ou não a pena certas coisas que acontece no seu namoro.. a única pessoa que pode responder isso é você. Faça uma lista dos prós e contras no seu relacionamento.. ponha na balança as coisas boas e ruins.. veja qual supera e por quanto supera.
Isso acaba sendo meio dificil quando se está em estado de cegueira, como eu disse acima, achando que tudo está normal. Para isso o segundo e o terceiro passo são bem importantes. Primeiro, não ignore totalmente quando amigos, conhecidos e/ou familiares te alertam sobre certos problemas no seu namoro.. pelo contrário, escute-os e reflita sobre as alertas. Lembre-se que amigo de verdade não chega e passa a mão na sua cabeça.. ele briga pelo seu bem. Segundo: não tenha medo do imprevisto. Você não tem que ficar com alguém por comodismo, ou por medo de ficar sozinha. Já ouviu falar que a pessoa que merece tuas lágrimas nunca te fará chorar?

Sexto passo: Aprendizado

Independente do que aconteça no seu relacionamento, aprenda com os erros e não cometa novamente. Aprenda a se amar em primeiro lugar. Aprenda a relevar algumas coisas, e a brigar por outras. Aprenda que, pior que mentir para os outros, é mentir para si mesma. Aprenda a aceitar mudanças.. tudo acontece por uma razão. Aprenda que a sua vida é agora, e ninguém vai vivê-la por você.

* Parte extraida do poema de Carlos Drummond de Andrade – Amor

Related Posts with Thumbnails
6 Comentários      Postado por Viviane Carlotti
­
­

6 Comentários »

  • Nara Yoko disse:

    Graças a Deus nunca fui dessas, só em casos extremos. Desde o meu primeiro namoro eu prezei por uma certa privacidade e liberdade… Os outros namorados eram do mesmo círculo social então saímos todos juntos e todos os amigos sabiam de (quase) tudo que acontecia entre a gente. Mas já cheguei a ficar muito mal por causa de problemas na relação e desabafava muuuito com esses amigos, e eles me ajudaram bastante, acho que até pq conheciam a nós dois. Talvez eu tenha até exagerado nessa época, alguns estavam de saco cheio mesmo, euheue, mas agora já aprendi a lição!

  • Cyntia Sigmaringa disse:

    Quase toda mulher muda !!!!!! Eu mudo sim !!!!!! não sei porque? !!!!!!!!!

  • Loh disse:

    Cara é sem querer…
    Mas é meio inevitavel…
    Mas depois de ler isso vou tentar por em pratica

  • Diego Fávero disse:

    Todo mundo muda! Acho que tem gente que diz que não muda; não pra ela né, mas todo mundo ao redor percebe isso … é mto gostoso essa fase da conquista, descobertas, ne´h!

  • Links da Semana #19 | S u s p e n s a . info | 4.0 disse:

    […] 10 – Você muda de personalidade quando esta apaixonada? […]

  • Michel Silva disse:

    Mew.. achei esse blog por acaso… to curtindo pakas.. vc falow nada menos q a verdade a realidade… si pensarmos beem.. todo mundo sabe dissu… mais ngm para pra pensar o qt issu é importante.. o qt issu mudaria, e tal… claro que agente num pode levar issu como uma regra neh… cada caso é um caso, kda pessoa é de uma forma…kda um tem uma atitude diferente.. uma forma de ver as coisas, mais issu é muito importante.. faz a pessoa refletir.. issu caio como uma luva pra mim..tava num relacionamentO.. a pessoa termino comigO hoje.. to meio mal, mais li esse artigo de alguma maneira, me fez pensar aberto digamo assim… Um passo atras do outro… num tiraria uma palavra do que esta acima ;]

Participe! Deixe sua opinião.


Para sua foto aparecer nos comentários:

1. Crie uma conta no www.gravatar.com;
2. Escolha uma foto de sua preferência;
3. Certifique-se de preencher o campo 'email' com o mesmo email cadastrado lá;
4. Pronto! Sua foto irá aparecer em diversos blogs que utilizam o gravatar nos comentários!

Antes de comentar aqui, lembre-se:

* Você é inteiramente responsável por suas palavras, pense direito sobre o que vai escrever.
* Lembre-se que pessoas como você escrevem esse blog, respeito é sempre bom.
* Os comentários dependem da aprovação dos administradores desse blog, isso pode levar algum tempo.
* Nossa intenção é interação com os leitores, suas palavras aqui não serão em vão.

Assim que terminar de escrever o comentário, de um sorriso e clique em "Comentar logo". :P

Adicione seu comentário abaixo, ou retorne para os posts. Você pode comentar subscribe to these comments via RSS.

Seja simpático. Mantenha-se limpo. Permaneça no tópico. Sem spam.

Vocêpode usar as tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>