Zona de Conforto: Como evitar o comodismo num relacionamento

Tema sugerido pela minha irmã, que por um tempo andou reclamando que seu noivo já não era mais aquele gentleman e que talvez ele precisasse de uma sacudida pra voltar a ser. Se você passa por isso, aproveite. E se quiser uma leitura que antecede essa, leia esse artigo no TPmulheres.

– – –

Existe uma coisa na mente de qualquer mulher, me corrijam inclusive se eu tiver errado nessa afirmação, que é o seguinte: Independente da condição, situação ou momento, elas querem ser tratadas como rainhas. E não digo no sentido de estarem cobertas de jóias, terem todos os mimos pensáveis ou coisas assim, mas elas querem sentir que estão junto de homens de verdade, cavalheiros, caras que façam tudo por elas, parceiros… saca aquilo de abrir a porta do carro pra ela entrar? ISSO é o que elas querem. Sentirem-se especiais. E isso, meus amigos, é mais fácil do que a gente imagina. Tudo que precisamos é dessa sacudida, um empurrão. E hoje todos enfrentaremos essa verdade universal.

Pra facilitar a leitura, vou tentar dividir em alguns focos da vida máscula e viril dos homens e tentar encaixar boas dicas. Complete a lista nos comentários para que façamos desse um guia a ser seguido.

Amigos

Todo homem tem seu grupo de amigos. Todo grupo de amigos tem suas tradições, suas festividades, suas brincadeiras. Se por algum motivo tua cônjuge não participa das brincadeiras, lembre-se que por mais divertida e impulsiva seja sua vontade de participar, que você vai mesmo precisar dar um tempo disso por uma causa nobre. Claro, você não precisa simplesmente banir teus amigos da tua vida, e se você fizer isso, é melhor mesmo pensar se está do lado da pessoa certa, que te conheceu enquanto você era assim. Mas não custa nada pesar um pouco as coisas e fazer ela entender que ela é importante pra você e certamente merece uma parte preciosa do seu tempo livre.

Resumindo, amigos sim. Mas não o tempo todo. E eu sei o quanto isso pode ser foda, por supostamente ter os melhores amigos do mundo.

Coisas do dia a dia

Já ouvi reclamações ferozes de algumas amigas por conta de que seus namorados simplesmente esquecem que são os homens da relação e precisam cuidar das coisas. E não estou dizendo sobre entrar na mata com um facão e matar um leão que aterroriza seus vizinhos, mas de coisas simples mesmo. Abrir a porta do carro, como disse ali em cima, é simples. Trocar lâmpadas? Simples. Dar uma mão, quando estão subindo o morro? Porra, fácil. Ser educado, civilizado, carinhoso e se cuidar? É o mínimo, né. E se na teoria é simples assim, pode ser que na prática a gente acabe deixando um pouco de lado uma coisa ou outra. Então, antes de qualquer coisa, vamos ser realistas e encarar a real: qual dessas coisas ai a gente andou meio que deixando de lado por uns tempos? Uma, duas, todas?

Mulher Cerveja e Futebol, yeah!
A piada é boa.. ta, é ótima. Mas não leve a sério! :P

É aquilo, fazer funcionar é simples. E não basta isso, você precisa mostrar que ta empenhado. Garantia: Ela vai gostar.

As suas coisas

Primeira coisa: Você tem DIREITO de ter um tempo pras suas coisas. Se você não tem, apenas peça pra sair do relacionamento. É gostoso e legal se dedicar a isso, é bom ter uma parceira do teu lado, mas se ela não entende que você PRECISA do seu tempo com você, chute-a pra fora agora. Se chegou até aqui, é porque você está com alguém que entende isso, então você precisa valorizar isso. Sabe o que é mais legal que ter liberdade pra ter suas coisas, etc e tal? COMUNICAÇÃO. Ta a fim de ir tomar uma cerveja com os amigos? Avise ela, na boa. Pensando em arrumar um novo hobby? Você tem uma parceira, divida essa idéia com ela. Ela precisa e merece uma boa parte do seu tempo, mas você merece e precisa de um tempo só pra você. E ela, mesma coisa. Então exercitem o direito ao seu tempo e usem esse trecho como argumento, qualquer coisa fora disso é considerada anormal e você pode acabar MATANDO seu relacionamento se não entender esse direito a um tempo só seu. Ponto.

Segurança

Mulheres são seres da natureza que sofrem de insegurança, sempre. Salvo raras excessões, ela sempre vai estar com uma trama em sua mente fértil, até para aquelas coisas que você disse sem pensar e que realmente não significam nada. E se não podemos combater isso de forma simples, temos que ser mais precisos e pensar BEM no que falamos. Eu já tive uma briga depois de ter dito algo sem a menor importância, 3 meses depois, e sequer lembrar de ter dito. Se você já sofreu com algo assim ou já viu algo parecido, cuidado. Além do que, não custa nada a gente dar risada sozinho de um bom comentário que poderia ser feito, mas que consegue evitar. Piadas são piadas, mas se você tem alguém do lado que não consegue rir delas, evite-as. É simples.

Parceria

Aqui é simples: Ou você tem ou você não tem. E se você não tem, amigo, entenda que a chance de isso acabar mal é maior que a normal. Se você não pode falar tudo o que sente, não pode fazer o que tem vontade, mesmo abrindo mão de algumas coisas, se você não sente que pode realmente confiar em quem ta do seu lado, é melhor tratar isso. E só tem um jeito de fazer isso: Conversando. Porque por mais amor que esteja unindo vocês, se vocês não tiverem claro esse sentimento de parceria, a coisa vai mal. Acredite em mim quando disso isso.

Na real, esse conjunto de ações são importantes pra manter uma relação saudável. E mesmo que um ponto ou outro não seja uma característica do que você tem, seu relacionamento pode conviver assim. Afinal de contas, quem nos dias de hoje consegue ter de verdade uma relação bem sucedida, que funcione nesses moldes? Cada um molda a sua relação conforme suas próprias particularidades, mas não deixe de pensar em tudo isso. E se tiver itens que precisam ser adicionados tanto as reclamações quanto as soluções, fique a vontade.

Related Posts with Thumbnails

11 comentários em “Zona de Conforto: Como evitar o comodismo num relacionamento

  1. Que legal, Rafael. Incorporou minha observação.
    Poxa, concordo com tudo o que você escreveu. Individualidade é muito importante num relacionamento. O parceiro tem que completar a sua vida, não moldá-la. Tentar fazer isso é um dos erros mais graves, porque um dia você pode acordar e perceber que sente falta de tudo o que era/fazia antes de se relacionar.
    Minha bronca é com o não dar satisfação, é com a falta de comunicação. Muito homem pode achar que é chato comunicar a namorada, que é uma maneira que ela encontra de controlar. Mas já cansei de repetir que COMUNICAR não é PEDIR PERMISSÃO. O fato do namorado sair com os amigos é um ponto pacífico: ele deve fazer! É bom, é saudável, e faz bem até pro relacionamento. Mas é chato pra porra, se você encontra alguém que diz: “Vi seu namorado ontem lá em tal lugar”. E você não sabia.
    Dizer que você vai sair com os amigos, faz com que a namorada se sinta importante, faz parecer que você tem consideração por ela. Posso falar, faz bem pra gente.

    É isso aê. Hahaha.

    Beijokas.

  2. Achei interessantíssimo o seu post, pois meu relacionamento entrou em crise justamente por causa da acomodação, em grande parte, do meu namorado… (e em menor parte minha, sim, que não fui mais firme a respeito do que eu queria, eu acho…)

    Eu podia comentar em cada topicozinho que você fez e de como eu tenho crises e dilemas a respeito, mas acho que precisaria de um psicólogo experiente pra me aconselhar sobre isso. Hahahaha

    Por falar nisso, sou nova aqui e estou adorando a celebração do amor. Espero encontrar ótimas dicas aqui! (e já falei pro meu namorado que é leitura obrigatória! hahaha Vamo ver se ele acata, né?)

    Abraços!

  3. Rapaz, estou curiosa pra saber a sua idade, só pra ver se a maturidade mental está diretamente proporcional à idade cronológica!

    Excelentes as suas colocações. Perfeitas em todos os itens!

    Feliz da mulher que tiver a sorte de ser a sua companheira. E bem que você poderia dar uns cursinhos por aí, ensinando outros homens – de todas as idades – como é simples ser feliz sendo “casado” (entenda-se aqui o “casado” por estar tendo um relacionamento duradouro , compartilhando a vida com outra pessoa).

    Não tem porque unir a ideia de “casado” à clássica imagem de “enforcado”, desde que o respeito, a amizade e a comunicação continuem, sempre, sendo as diretrizes da relação.

    Ao ler um texto como o seu, renascem em mim as esperanças de que há salvação para os relacionamentos entre homens e mulheres. hehe

    Um grande abraço.

  4. “Piadas são piadas, mas se você tem alguém do lado que não consegue rir delas, evite-as. É simples.”
    Se você tem alguém do lado que não consegue rir de suas piadas/bobeiras, ou se incomoda com elas, termine e arrume alguém que consiga lidar com isso.

  5. Concordo plenamente meu.
    Seguindo estes passos você está perto de ter uma vida a 2 perfeita!
    Quero passar do papel pra realidade.

    Me senti mal em 17 partes do post.
    Melhor dar uma recalchutada restauradora.

  6. Gostei de saber que há quem pense em falar sobre zona de conforto, como evitar que isso se prolongue…infelismente, ela começa em algum momento, mas começa, e tem de ter um fim.
    Um recomeço de algo bom: a comunicação que muito bem lembrado acima, não é pra controle, mas ….que triste ter a sensação de ser a última a saber.
    Parceria nos negócios, ou com os amigos pode ser importante. Mas aquela pessoa que vc escolhe pra… quem sabe ficar com vc por toda a vida, dividindo o mesmo teto, e que te diz, te amo, não puder te contar as coisas, então como é que pode ser?
    Amigos melhores do mundo, pode até existir, como tb ótimas amigas, mas acredito que uma coisa pode ser acrescentada aí( vc deu a liberdade)a intimidade, que não é so cama, é pensamento, coração. Uma só carne, não é uma frase bonita que se fala na Igreja ou no “livro de capa preta”, mas tb é algo que se existe amor, existe a vontade de compartilhar o que fez, a vontade de saber do outro, apoiar, aconselhar… partilhar…e não acredito que isso afete a individualidade de cada um que pra mim é muito importante.
    mas se vc quer ser tão decidido em qquer problema dar (thau, vou procurar outra(o)), então não existe muita vontade de fazer dar certo, e de amor descartável o mundo tá cheio, acho que não precisa mais disso. Saber com quem se anda e ver se é aquela pessoa a certa pra vc td bem mas a gente tem de ter cuidado se a pessoa que está ao teu lado só precisa se recauchutar,ou simplesmmente poder falar ouvir, ser ouvido ( como disse alguém, e uma relação onde se tem amor, pode ficar forte qdo um ajuda o outro nas deficiências…ajustes todo mundo precisa.espero ter acrescentado, algo que temos procurado viver…

  7. muuito bom o post!
    concordo com tudo, e acho exatamente a mesma coisa que a menina do 1o post! “COMUNICAR não é PEDIR PERMISSÃO”
    “insegurança”: feito pra mim! hahaha

    e fique super feliz, pois meu namoro se encaixa direitinho em todas as dicas! ;)

  8. Pingback: Links em TPM |

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>